18/11/2020 18:30

Corinthians registra déficit de R$ 6,2 milhões até setembro, e dívida supera R$ 920 milhões

Timão divulga balancete com resultados do último trimestre; veja gráficos e valores

O Corinthians fechou os nove primeiros meses de 2020 com as contas no vermelho. Em balanço financeiro divulgado nesta quarta-feira, o clube apresentou um deficit de R$ 6,2 milhões até setembro deste ano.



LEIA TAMBÉM: [COMENTE] O Corinthians tem condições de brigar por uma vaga de classificação para Libertadores?


Afetado pela pandemia do novo coronavírus, o Corinthians também viu sua dívida seguir em alta. Até junho deste ano, ela era de R$ 902 milhões. Em setembro, ficou em R$ 920,3 milhões (crescimento de 38,3% em relação ao fim de 2019, quando era de R$ 665 milhões)

O Timão adota critérios diferentes do ge e considera a dívida como sendo de R$ 824 milhões. As duas contas não englobam o financiamento da Arena - a Caixa Econômica Federal cobra R$ 536 milhões na Justiça.

No primeiro semestre, "turbinado" pela venda de jogadores, o Corinthians conseguiu fechar as contas no azul em R$ 4,39 milhões. Mesmo assim, a dívida já vinha em alta.

Em nota técnica, o departamento financeiro do Timão apontou que o resultado negativo de R$ 10,6 milhões somente no terceiro trimestre foi "causado basicamente pela reversão de valores de patrocínios, afetados pela rescisão de um contrato e pela renegociação de valores de outros contratos vigentes. A situação atípica da Covid-19 no exercício de 2020 tem sido argumento frequente para essas operações."

No curto prazo (vencimento de até um ano), a dívida do Corinthians é de R$ 567 milhões. Isso engloba empréstimos, obrigações com fornecedores, direitos de imagem atrasados, encargos sociais, impostos, entre outros. Já no longo prazo, o endividamento está mais equacionado, sendo R$ 305 milhões referentes a tributos parcelados.

Em 2020, a maior fonte de receitas do Timão tem sido a venda de jogadores. Até setembro, a arrecadação com transferências foi de R$ 186,4 milhões (inclui também valores recebidos via mecanismo de solidariedade).

O Timão negociou André Luis, Clayson, Júnior Urso e Pedrinho, Pedro Henrique e Carlos Augusto além de fatias dos direitos de Claudinho e Gustagol.

A dívida do Corinthians com os direitos de imagem dos jogadores caiu. Era de R$ 116 milhões no primeiro semestre de 2020 e desceu para R$ 105 milhões. O mesmo aconteceu com empréstimos e financiamentos: baixando de R$ 88 milhões para R$ 80Por conta da pandemia do coronavírus, o Timão cortou uma série de despesas. Funcionários sofreram redução salarial de até 70%, ajudas de custos de atletas foram suspensas e equipes de algumas modalidades foram encerradas.

A paralisação no futebol aumentou as dificuldades, com quedas nas receitas de Fiel Torcedor, direitos de TV e patrocinadores.



Nesta quarta, uma das patrocinadoras do clube rompeu o contrato, tirando do Corinthians um faturamento em 2021 de R$ 6,2 milhões.


Corinthians, Déficit, Balanço, Financeiro, Milhões, 2020, Timão



LEIA TAMBÉM: Complicou? Justiça atribui prazo para Corinthians pagar R$ 22,1 milhões por indevido uso de rua e clube tenta acordo

LEIA TAMBÉM: Mais um! Jadson cobra mais de R$ 800 mil do Corinthians na Justiça; entenda






1134 visitas - Fonte: Globoesporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Qua - 21:30 - Castelão - Globo
Fortaleza
Corinthians

Último jogo - Brasileiro

Qua - 21:30 - Couto Pereira
Coritiba
0 1
Corinthians
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Flamengo
3 São Paulo
4 Internacional
5 Fluminense
6 Palmeiras
7 Santos
8 Grêmio
9 Corinthians
10 Atletico Paranaense
11 Bahia
12 Fortaleza EC
13 Atletico Goianiense
14 Bragantino
15 Ceará
16 Sport Recife
17 Vasco DA Gama
18 Coritiba
19 Botafogo
20 Goiás
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
42 23 13 3 7 41 29 12 VVDEV
39 22 11 6 5 37 31 6 EDDEV
38 20 10 8 2 31 19 12 VVVEE
36 22 10 6 6 33 22 11 EDEDD
35 22 10 5 7 31 25 6 VVDDV
34 21 9 7 5 28 21 7 VVVVD
34 22 9 7 6 30 25 5 DVEVD
34 21 8 10 3 26 19 7 VVVVE
29 23 7 8 8 25 29 -4 VEDEV
28 22 8 4 10 19 21 -2 DVVVV
28 22 8 4 10 28 34 -6 DVVVD
28 22 7 7 8 22 20 2 DDDEV
27 22 6 9 7 20 27 -7 DDEEV
26 22 6 8 8 29 28 1 VDEVV
26 22 6 8 8 28 33 -5 EEDEE
25 22 7 4 11 19 29 -10 EVEDD
24 21 6 6 9 23 27 -4 EDVEE
20 23 5 5 13 20 32 -12 VEDDD
20 22 3 11 8 22 29 -7 EDDDD
15 20 3 6 11 22 34 -12 DEDDV
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Corinthians
3 Guarani Campinas
4 Ferroviária
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 7 2 3 18 9 9 VVVVV
17 12 4 5 3 15 10 5 EEEVV
16 12 4 4 4 16 14 2 EVVDD
15 12 3 6 3 13 9 4 VEEEV
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS