7/11/2018 10:44

Técnico que aprovou Pedrinho no Corinthians diz: Não há no Brasil um meia como ele

Pedrinho aos poucos vem ganhando a confiança do técnico Jair Ventura no Corinthians. Titular nos últimos três jogos, ele é a principal esperança ofensiva para tirar o time do buraco no Campeonato Brasileiro.

O jogador só não tem ainda muito bem definida sua posição em campo. Em entrevistas recentes, o atleta disse que prefere atuar como meia. No entanto, também tem sido aproveitado pelas laterais do campo.

LEIA TAMBÉM: G6 XZ4: Timão sonha com G6 mas teme rebaixamento



O Estado entrou em contato com Márcio Zanardi, o técnico que aprovou Pedrinho no Corinthians, para tentar descobrir como a revelação de 20 anos pode render melhor. O cara que viu no menino magrelo de 14 anos um talento não economizou elogios para falar do jogador.

“Ele é o camisa 10 nato. É desses meias clássicos, habilidosos. Guardadas às devidas proporções, tem as características do Zico. Tem o estilo de um Maradona que faz o jogo andar. O Pedro tem essa qualidade, ele antevê o jogo, ele é muito acima da média”, analisou Zanardi que atualmente comanda a equipe sub-20 do Guarani.

Todo esse talento passou desapercebido pelo Vitória e pelo São Paulo. Depois de ter sido dispensado por esses dois clubes, Pedrinho foi tentar a sorte no Corinthians. Zanardi lembrou que ele não inspirava muita confiança. “Era muito magro e franzino. Não tinha força.”

No teste do sub-15 alvinegro, em 2013, ele foi o último a ganhar uma oportunidade. Só entrou em campo porque um atacante tinha faltado. Mas bastaram dois toques na bola para demonstrar potencial. “Ele dominou uma invertida de jogo de chaleira e chapelou o adversário”, lembrou Zanardi.

O treinador notou que um trabalho de fortalecimento muscular poderia revelar um grande talento. Foi então comentar com a diretoria que havia encontrado o meia que faltava à equipe. Os dirigentes também não deram muita atenção ao menino. Zanardi pediu que assistissem ao treino do dia seguinte. “Ele acabou com o coletivo. Uma hora depois, estava aprovado”, contou.




LEIA TAMBÉM: G6 XZ4: Timão sonha com G6 mas teme rebaixamento

Pedrinho se tornou o camisa 10 da base. Ajudou nas conquistas do Paulista e da Copa BH sub-15. Depois, no sub-17, passou a atuar também pelas pontas e foi fundamental no título mundial da categoria pelo time.

O bom rendimento chamou a atenção do profissional. Pedrinho estreou no time principal em 2017. No total, tem 71 jogos e cinco gols marcados. Zanardi sabe que o jovem ainda precisa evoluir, mas tem certeza que logo estará na lista de Tite.

O técnico da base trabalhou também na formação do atacante Malcom, atualmente no Barcelona, e do volante Maycon, que está no Shakhtar Donetsk. Na opinião dele, Pedrinho tem potencial para ir mais longe do que esses dois talentos. “Não tem um meia como ele no Brasil. Não tenho dúvida que vai para a seleção brasileira.”

Para engrenar e se tornar titular absoluto do Corinthians, na opinião de Zanardi, só falta uma coisa: “Ele precisa de um treinador que dê uma sequência para ele. Quando isso acontecer, ele deslancha”, finalizou.


LEIA TAMBÉM: G6 XZ4: Timão sonha com G6 mas teme rebaixamento


Corinthians, Pedrinho, técnico, empresário, timão, meia, valor, contrato, proposta, venda, Zanardi

726 visitas - Fonte: Estadão

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias