10/7/2014 11:27

De saída, Júlio Cesar escreve carta ao Corinthians

Júlio ficou por onze anos dentro do Corinthians

Na última quarta-feira (09), o Corinthians anunciou a saída do goleiro Júlio Cesar, jogador que mais conquistou títulos com o manto alvinegro. Revelado pelas categorias de base do Timão, o arqueiro passou onze anos dentro do clube e deixou uma carta de agradecimento, que você acompanha a seguir:



Queria agradecer o carinho de todos torcedores, jogadores, integrantes de todas comissões técnicas que já trabalhei, diretores, enfim, cada um que contribuiu e viveu comigo aqui no Corinthians.

Foram momentos maravilhosos, de muita luta, batalha, conquistas que somam onze títulos e muito aprendizado. Choro de alegria, de tristeza, dedo quebrado, suor, sangue. Cheguei menino e hoje saio um homem experiente.

Se não fosse esse clube na minha vida, tenho certeza de que não teria chegado onde cheguei. Saio do Corinthians, mas o Corinthians não sai e nunca sairá de mim.

O respeito e carinho que tenho por esse clube jamais acabará. Poderia escrever o dia todo e não conseguiria expressar toda minha gratidão. Por isso, fica o meu MUITO OBRIGADO, OBRIGADO, OBRIGADO E OBRIGADO.

Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi.



Julio Cesar





LEIA TAMBÉM:Oposição define mais um candidato à presidência do Corinthians

LEIA TAMBÉM:Grêmio não recebe pagamento por Luan e aciona Corinthians na CBF




4380 visitas - Fonte: Agência Corinthians

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Qua - 19:15 - Mineirão - Premiere
Atlético-MG
Corinthians

Último jogo - Paulista

Sáb - 16:30 - Allianz Parque
Palmeiras
1 1
Corinthians
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota