15/5/2014 14:58

Arena Corinthians: MP acredita em obras às vésperas da Copa

O prazo para a entrega da Arena Corinthians para a Copa do Mundo de 2014 já foi o dia 31 de dezembro de 2013. Depois, diante das obras incompletas, a Fifa aceitou uma nova data: 15 de abril de 2014. Porém, diante dos atrasos no estádio paulista para o Mundial, o Ministério Público do Trabalho acredita em tempo curto para que a construção seja finalizada a tempo do jogo Brasil x Croácia, em 12 de junho.

A arena passou por vistoria nesta quinta-feira, visitado pelo Ministério do Trabalho e do Emprego e pelo Ministério público do Trabalho. A intenção era verificar se as condições de trabalho dos operários eram as esperadas. Como a resposta não foi a ideal, os procuradores não descartam uma interdição parcial das arquibancadas provisórias – justamente as que serão disponibilizadas para a Copa do Mundo, ampliando em cerca de 20 mil assentos a capacidade do local.

“As obras, provavelmente, vão continuar até as vésperas até do inicio dos jogos”, aposta Roberto Pinto Ribeiro, um dos procuradores na visita. Segundo eles, uma nova interdição parcial das obras é possível caso os operários não tenham condições ideais de trabalho, embora não seja este o desejo do MP. Uma nova interdição poderá atrapalhar ainda mais as obras a menos de um mês do pontapé inicial da Copa do Mundo.

“(Uma possível interdição) não é responsabilidade do Ministério Público ou do Ministério do Trabalho. Nossa posição é fazer com que as obras prossigam sem que haja maior prejuízo à segurança”, disse Luiz Antônio Camargo de Melo, outro procurador do trabalho na vistoria. “Hoje, ninguém sai daqui com nenhuma ordem de interdição. Nossa proposta não é essa. Nossa proposta é ver que as coisas funcionam, que nenhum trabalhador se envolva em acidente”, completou.

SAIBA MAIS
Foto: Emanuel Colombari / Terra
MTST bloqueia avenida próxima à Arena Corinthians
Foto: Alan Morici / Terra
Arena Corinthians pode ser interditada após entrega à Fifa
publicidade

Segundo os procuradores, uma interdição só poderá ser definida diante de ordem de um auditor do Ministério do Trabalho. Para evitar tal cenário, os procuradores devem realizar uma nova vistoria no final do mês de maio para verificar as condições de segurança do trabalho. Detalhe: depois que o estádio for entregue à Fifa, o que, em tese, impossibilitaria o andamento das obras.

“A Fifa vai assumir o estádio a partir do dia 20 ou 21. Para entrar e trabalhar aqui na obra, os trabalhadores vão precisar de autorização. Os Elas terão autoridade com validade de três dias, renovadas a cada três dias. O Corinthians vai ser negociar isso com a Fifa”, avisou Roberto Pinto Ribeiro. “A gente precisa de um credenciamento junto à Fifa. Possível, é. A gente só precisa saber os meios que a gente tem para conseguir isso aí”, completou.

No entanto, a interdição em favor das condições de trabalho dos operários não está descartada. “Há previsão legal para isso. Sabemos disso, já houve interdição em outros estados da federação. A nossa expectativa é que as coisas funcionem corretamente dentro da lei, para que os trabalhadores prossigam no trabalho e não haja novos acidentes”, avisou Luiz Antônio Camargo de Melo.



LEIA TAMBÉM: Corinthians busca destino para Luan e mais sete jogadores e negocia renovações de Cazares e Jemerson

LEIA TAMBÉM: Conversa para a saída de Boselli e vestiário no Dérbi: SporTV lança minissérie de bastidores inéditos da 'Era Mancini'






3471 visitas - Fonte: Terra

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Campeonato Paulista

Dom - 11:00 - Arena Neo Química - Premiere
Corinthians
Ponte Preta

Último jogo - Campeonato Paulista

Qua - 19:00 - Arena Neo Química
Corinthians
2 2
Palmeiras
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Internacional
3 Atletico-MG
4 São Paulo
5 Fluminense
6 Grêmio
7 Palmeiras
8 Santos
9 Atletico Paranaense
10 Bragantino
11 Ceará
12 Corinthians
13 Atletico Goianiense
14 Bahia
15 Sport Recife
16 Fortaleza EC
17 Vasco DA Gama
18 Goiás
19 Coritiba
20 Botafogo
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
71 38 21 8 9 68 48 20 VEVVD
70 38 20 10 8 61 35 26 EDVDE
68 38 20 8 10 64 45 19 DEEVV
66 38 18 12 8 59 41 18 EVEDV
64 38 18 10 10 55 42 13 VEVEV
59 38 14 17 7 53 40 13 EVDVD
58 38 15 13 10 51 37 14 VDEED
54 38 14 12 12 52 51 1 EVVED
53 38 15 8 15 38 36 2 EEVDV
53 38 13 14 11 50 40 10 VEEEV
52 38 14 10 14 54 51 3 DEDVV
51 38 13 12 13 45 45 0 EDDEE
50 38 12 14 12 40 45 -5 DEDEV
44 38 12 8 18 48 59 -11 DEEVV
42 38 12 6 20 31 50 -19 VVEDD
41 38 10 11 17 34 44 -10 VVDDD
41 38 10 11 17 37 56 -19 DDDEV
37 38 9 10 19 41 63 -22 VEVED
31 38 7 10 21 31 54 -23 DDVDD
27 38 5 12 21 32 62 -30 DDDVD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Corinthians
3 Guarani Campinas
4 Ferroviária
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 7 2 3 18 9 9 VVVVV
17 12 4 5 3 15 10 5 EEEVV
16 12 4 4 4 16 14 2 EVVDD
15 12 3 6 3 13 9 4 VEEEV
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS