2/5/2014 08:29

Timão abraça Guerrero após má fase, e atacante ganha nova sequência

Sondado por outros clubes em período de baixa no Corinthians, peruano reencontra gol e confiança para retomar vaga no time. Ele não marcava desde 22 de janeiro

Timão abraça Guerrero após má fase, e atacante ganha nova sequência
Quando aproveitou o rebote do goleiro Jairo e balançou as redes da Arena da Amazônia, Paolo Guerrero mal se lembrava de seu último gol com a camisa do Corinthians. De ânimo renovado após a vitória por 3 a 0 sobre o Nacional-AM, nesta quarta, em Manaus, o peruano vive um processo de retomada de confiança. Para isso, foi “abraçado” por jogadores, comissão técnica e diretoria na fase ruim.

Guerrero é o único atacante do elenco com características de área. Por isso, é considerado tão importante pelo técnico Mano Menezes. Mesmo quando colocou o centroavante na reserva, o técnico sempre fez questão de dizer que ele era parte fundamental do grupo. Quando houve especulações sobre uma possível saída, a diretoria fez questão de abafá-las rapidamente.

- O Guerrero sempre fez parte do grupo e tem contrato até o meio do ano que vem. Nunca passou pela nossa cabeça negociá-lo – assegurou o diretor de futebol Ronaldo Ximenes.
Nenhuma proposta chegou ao Corinthians, apesar de alguns clubes terem demonstrado interesse no jogador.

Internamente, o peruano se mostrava incomodado com a falta de gols, mas não com a reserva. Guerrero foi colocado na mesma situação de Danilo – meia experiente, hoje reserva, mas considerado “de grupo”. Diretoria e comissão técnica não registraram uma reclamação sequer do atacante durante o período de baixa.

Do banco, o centroavante viu as ascensões de Luciano e Romarinho, que passaram a formar dupla de ataque na reta final do Paulistão e início do Brasileiro. Agora, renovado, vai ganhar sequência entre os titulares, e deve ser confirmado para enfrentar a Chapecoense, domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

- O Guerrero vem trabalhando com muita intensidade, é a única receita que conhecemos quando as coisas não andam bem. Uma hora a bola entra. Os centroavantes precisam mais dos gols do que os técnicos, porque eles precisam dessa confiança para arriscar outras jogadas – afirmou Mano Menezes.

Os próprios companheiros de elenco compartilharam a emoção de Guerrero após o reencontro com o gol – o último havia sido em 22 de janeiro, contra o Paulista, na vitória por 1 a 0. O elenco o abraçou e festejou quase como se fosse gol de título. Em jogos anteriores, o peruano vinha sendo mais acionado pelos meias para tentar acabar logo com o jejum.

- Fiquei muito feliz por ele ter feito o gol, que lhe dá mais confiança. Ele é muito importante para nós e precisava disso – disse Romarinho.

Aos poucos, o herói da conquista do Mundial de Clubes de 2012 tenta se reerguer. O Corinthians não esconde de ninguém que busca outro centroavante para compor o elenco e fazer sombra a Guerrero. O peruano, porém, mostrou que continua com moral dentro do clube.


VEJA TAMBÉM
- ANÚNCIO PRÓXIMO! Nova patrocinadora máster do Corinthians quer trazer reforço midiático para a equipe
- MAIS DE 300 MILHÕES! Corinthians negocia parceria de patrocínio máster; confira os valores
- NOVO ACORDO! Corinthians renova acordo para quitar débito da aquisição de Romero









4170 visitas - Fonte: GloboEsporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Qui - 20:00 - Neo Química Arena -
X
Corinthians
Gremio

Brasileiro

Dom - 16:00 - Arena Fonte Nova
0 X 1
Bahia
Corinthians
publicidade
publicidade
publicidade