2/4/2014 19:12

Coação, descrédito e mistério: o drama de Elias ao fim da janela

Jogador tem crise estomacal depois das desistências de Flamengo e Corinthians e vai continuar cumprindo seu contrato com o Sporting

Coação, descrédito e mistério: o drama de Elias ao fim da janela
Elias apenas treina com o time B do Sporting (Foto: TV GLOBO)

A situação de Elias no Sporting é extremamente delicada. O fim da janela de transferências internacionais na terça-feira não teve o desfecho esperado pelo jogador. Com as desistências de Flamengo e Corinthians, ele terá que permanecer no clube português, onde vem sendo relegado ao time B, sem qualquer perspectiva de aproveitamento no grupo principal.

Contratação mais cara da história do Sporting, Elias vai precisar de paciência. Há uma ação do jogador contra o clube na Fifa, pedindo a rescisão de seu contrato por falta de pagamento de uma série de compromissos. No entanto, ainda está longe de ter uma decisão.

Pai do jogador, Eliseu Trindade está revoltado com o comportamento da diretoria do Sporting nesse caso. Ele revelou ao GloboEsporte.com uma conversa com o diretor Guilherme Pinheiro, no sábado, na qual é coagido a aceitar as condições impostas pelo clube português para que a negociação fosse concluída, mesmo sem saber o clube.

- Tenho tudo documentado no meu telefone. Acham que eu sou bobo. É uma conversa na qual entendo uma posição do clube. O Guilherme mandou a seguinte mensagem: "Preciso de sua resposta no máximo em uma hora ou não haverá tempo hábil para a negociação. Quero colocar o Elias no avião ainda hoje" - contou Eliseu.
O Elias teve um crise estomacal por causa desse estresse. Ele estava convicto de que voltaria ao Brasil. Já se preparava para comprar passagem"
Eliseu Trindade
A conversa, segundo o pai do jogador, aconteceu no sábado, por volta das 13h (de Brasília). Guilherme, depois de muita insistência, disse a Eliseu que o clube em questão seria o Flamengo. No entanto, outras versões aconteceram até segunda-feira, véspera do fim da janela de transferências.

- Mandei uma mensagem para o presidente do Sporting, pois sabia que não me atenderia. Disse o que estava acontecendo. Então, me ligou o Virgílio, outro diretor. Manteve a pressão. Senti que se não abrisse mão o negócio não sairia. Concordei. Perguntei o clube e fiquei sem resposta. Disse que seriam dois. Só depois falou no Corinthians. Até segunda-feira, ainda estava na dúvida. Tinha conhecimento das propostas. Foi então que afirmaram o nome do Corinthians. Perguntei sobre o Flamengo. Disseram que havia desistido. Questionei e só depois fiquei sabendo o motivo, que acabou sendo o mesmo do Corinthians - explicou Eliseu.

O problema no fim da negociação acabou sendo a necessidade de pagar também a parte do grupo de investidores, dono de 50% dos direitos econômicos. Com isso, o valor subiu de quatro para oito milhões de euros. Agora, Eliseu não vê mais saída em qualquer tipo de negociação com o Sporting no futuro. Elias ainda tem contrato até julho de 2016.

- Com essa diretoria do Sporting, eu só acredito vendo. Não tem compromisso com a verdade, nem com o que assina. Foi o quarto acordo que fizemos com eles. É lamentável. Me senti coagido. Pegaram pelo emocional, pela vontade do Elias de voltar a jogar futebol. Vimos que a melhor solução era não passarmos por intransigentes e aceitamos tudo, abrindo mão de salário inclusive - afirmou Eliseu.

Foi o quarto acordo que fizemos com eles. É lamentável. Me senti coagido"

Eliseu Trindade

O processo na Fifa já está em curso, mas a esperança de que seja concluído até o fim da próxima janela de transferências, em agosto, é pequena. Eliseu também cogita uma ação por coação, mas vai depender da avaliação de seus advogados.

- Expectativa sempre tem, mas a gente sabe que esses julgamentos demoram. Tem dois ou três meses que entramos com a ação e até onde sei o Sporting ainda nem foi citado - lamentou.

Para o futuro, Eliseu espera que Elias consiga manter o foco. O jogador vai seguir treinando com o time B do Sporting enquanto aguarda uma nova chance de deixar o clube português. Por enquanto, continuará trabalhando como vinha fazendo desde que deixou o Flamengo no fim do ano passado.

- Ontem (terça-feira), o Elias teve um crise estomacal por causa desse estresse. Ele estava convicto de que voltaria ao Brasil. Já se preparava para comprar passagem. Isso o abalou psicologicamente. Conversei com ele. Tem consciência de que precisa cumprir seu contrato. Vai treinar normalmente e continuaremos conversando - afirmou Eliseu.


VEJA TAMBÉM
- Corinthians se reapresenta com novas mudanças na comissão técnica após empate.
- Corinthians fecha contratação de Tadeu e mais um goleiro, revela Neto.
- VAI FICAR? Diretor do Corinthians negocia prorrogação de contrato de jogador já negociado









4803 visitas - Fonte: Globo Esporte

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Qua - 21:30 - Orlando Scarpelli -
X
Internacional
Corinthians

Brasileiro

Dom - 16:00 - Neo Química Arena
2 X 2
Corinthians
Sao Paulo
publicidade
publicidade
publicidade