8/3/2014 16:27

Em reconstrução, Timão e Tricolor colocam filosofias à prova no clássico

Jadson e Pato trocaram de lado e buscam vida nova, mas não jogam o clássico deste domingo (Foto: Marcos Ribolli)

Esqueça o Corinthians modorrento e o São Paulo cheio de dúvidas de 2013. Com ânimos e times renovados, os rivais se encontram neste domingo, às 16h (horário de Brasília), no Pacaembu, em reconstrução e com bons motivos para acreditarem em dias melhores. Com estratégias diferentes, os clubes se reforçaram sem investir tanto e utilizam o Campeonato Paulista para ganhar corpo. O Majestoso vai mostrar quem está mais preparado para 2014.

Os principais reforços de cada time no ano foram fruto de uma troca entre... Corinthians e São Paulo. Badalados, Jadson e Alexandre Pato estavam mal em seus clubes de origem e tentam se reencontrar – o primeiro no Timão, o segundo no Tricolor. Por um acordo previsto em contrato, nenhum dos dois entra em campo neste domingo.

Fora Jadson, o Corinthians procurou reforços baratos e pontuais para o ano. Sob o comando de Mano Menezes, a ordem era cortar gastos e reduzir a folha salarial. Nada dos quase R$ 60 milhões investidos em apenas três jogadores em 2013:

Pato, Renato Augusto e Gil. Agora, os nomes são mais humildes e funcionais. Fagner, Uendel e Bruno Henrique são titulares, e o garoto Luciano, em ascensão meteórica, é outro que terá chance no clássico.

Fagner foi revelado pelo próprio Corinthians em 2007 e voltou por empréstimo do Wolfsburg, da Alemanha, sem custos. Uendel, ex-Ponte Preta, e Bruno Henrique, ex-Londrina e Portuguesa, não chegaram a R$ 5 milhões de investimento. A previsão orçamentária do clube para este ano previa apenas R$ 10 milhões com gastos em reforços.



Fagner, Uendel, Bruno Henrique, Jadson e
Luciano, os reforços 'pontuais' do Timão no ano
(Fotos: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)


Por outro lado, a diretoria não se esforçou para manter alguns medalhões que não vinham rendendo e conseguiu uma economia de mais de R$ 650 mil na folha mensal. As saídas de Pato, Douglas, Ibson e Paulo André deram um fôlego necessário para o Corinthians se reorganizar financeiramente. Entre os mais velhos a exceção foi Danilo, que renovou até julho de 2015.

– O projeto para este ano previa a reformulação e ela aconteceu, está acontecendo. Temos novos nomes, talvez ainda tenha um atacante para completar o elenco, mas este Corinthians está com uma cara renovada e terá muito sucesso sob o comando do Mano – afirmou o diretor de futebol Ronaldo Ximenes.

Muricy quer, diretoria atende.

Muricy Ramalho pediu, e a diretoria do São Paulo aceitou reformular o elenco novamente. Mais do que apenas trocar jogadores, o treinador cobrou a mudança do perfil do grupo. Segundo ele, alguns atletas não se comportaram adequadamente durante a crise que fez o time brigar contra o rebaixamento no último Campeonato Brasileiro e não poderiam continuar se o clube quisesse voltar a brigar por títulos.



Antônio Carlos, Souza e Alvaro Pereira formam a base de
confiança de Muricy deste 'novo São Paulo'


A direção não economizou nas saídas. Foram oito no total: Welliton, Aloísio, Silvinho, Lúcio, Caramelo, Carleto, Rafael Toloi e Jadson. O último, aliás, foi quem mais irritou o comandante na temporada anterior por se desmotivar após perder espaço para Paulo Henrique Ganso. A troca com Alexandre Pato acabou sendo a melhor solução antes de perdê-lo gratuitamente no fim de 2014.

Sem dinheiro para fazer grandes investimentos, o Tricolor precisou de paciência para conduzir longas negociações e só conseguiu se reforçar com o Campeonato Paulista em andamento.

O clube gastou apenas para buscar o lateral-esquerdo Alvaro Pereira, emprestado por 18 meses pelo Inter de Milão por pouco mais de R$ 3 milhões, e mais R$ 1,2 milhão para trazer o lateral-direito Luis Ricardo, da Portuguesa.

Os outros reforços chegaram gratuitamente. São os casos do atacante colombiano Pabón, até então pouco aproveitado no Valencia, e do volante Souza, do Grêmio, envolvido em uma troca com o zagueiro Rhodolfo. Pato, que custou R$ 40 milhões aos cofres corintianos, é visto pela diretoria quase como um presente, já que ela gasta apenas R$ 400 mil mensais, valor referente a metade dos salários.

– Os jogadores que ficaram não querem sofrer como no ano passado. Não pode ser ficando no DM (departamento médico), no gelinho, não querendo viajar. Não tem isso aqui. O caras tem de trabalhar pra caramba, não tem chinelinho. Fizeram muita coisa errada no ano passado. Estou gostando desse grupo. O dia a dia é forte, disciplinado. Acho que temos um caminho andado em relação ao ano passado, que estava muito ruim – afirmou o técnico Muricy Ramalho.



LEIA TAMBÉM: Corinthians apresenta dificuldade ao enfrentar clubes de Série A ou estrangeiros na temporada



LEIA TAMBÉM: Mancini perde peça chave e terá que improvisar no setor defensivo do Corinthians






5502 visitas - Fonte: Globo Esporte

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Neo Química Arena - TVGlobo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Qui - 21:30 - Estádio Campeón del Siglo
Peñarol
4 0
Corinthians
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Corinthians
2 Inter De Limeira
3 Santo André
4 Botafogo Sp
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
25 12 7 4 1 17 9 8 EVVEV
18 12 6 0 6 8 12 -4 VVVDV
13 12 3 4 5 9 13 -4 DEDVV
12 12 2 6 4 10 15 -5 DEVEE
Untitled Document
Classificação
1 River Plate
1 Atletico-MG
1 Palmeiras
1 Internacional
1 São Paulo
1 Barcelona SC
1 Argentinos JRS
1 Flamengo
2 Defensa Y Justicia
2 Fluminense
2 LDU De Quito
2 Boca Juniors
2 Always Ready
2 Racing Club
2 Cerro Porteno
2 Atletico Nacional
3 Rentistas
3 Independiente Del Valle
3 Olimpia
3 Real Esppor Club
3 Velez Sarsfield
3 Santos
3 Club Nacional
3 Santa Fe
4 Union La Calera
4 Sporting Cristal
4 Universitario
4 The Strongest
4 America De Cali
4 Deportivo Tachira FC
4 U. Catolica
4 Junior
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
7 3 2 1 0 7 2 5 EVV
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
3 2 1 0 1 4 2 2 DV
6 2 2 0 0 5 0 5 VV
9 3 3 0 0 7 0 7 VVV
6 2 2 0 0 4 0 4 VV
9 3 3 0 0 10 5 5 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 7 6 1 EVD
6 3 2 0 1 3 1 2 VVD
3 2 1 0 1 3 2 1 VD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 2 4 -2 VED
4 2 1 1 0 6 4 2 VE
1 2 0 1 1 1 3 -2 ED
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
3 2 1 0 1 4 4 0 DV
2 2 0 2 0 1 1 0 EE
3 3 1 0 2 5 6 -1 DDV
3 3 1 0 2 5 4 1 DDV
1 2 0 1 1 4 6 -2 DE
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED
1 3 0 1 2 3 8 -5 EDD
0 2 0 0 2 1 5 -4 DD
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD
0 3 0 0 3 0 10 -10 DDD
0 2 0 0 2 1 4 -3 DD
3 2 1 0 1 3 6 -3 VD
0 2 0 0 2 0 4 -4 DD
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED