17/5/2024 18:34

Corinthians iguala contrato com Brax para equiparar-se ao Flamengo.

Corinthians iguala contrato com Brax para equiparar-se ao Flamengo.

O Corinthians ampliou em R$ 90 milhões o acordo firmado com a Brax, empresa do ramo publicitário e que gerencia as placas que exibem marcas nas margens do campo da Neo Química Arena. A parceria entre as partes foi consumada no fim de 2023, ainda sob a gestão de Duilio Monteiro Alves. Na ocasião, a Brax se comprometeu a pagar R$ 209.990,000,00 por um período de seis anos. Este valor sofreu um aditivo após Augusto Melo tomar posse, e subiu para R$ 240 milhões devido a um compromisso firmado pela Brax de igualar a quantia recebida por Flamengo e Palmeiras. Agora, como a empresa assinou com o Rubro-Negro por R$ 330 milhões, o Timão teve seu acordo valorizado em R$ 90 milhões. Desde o início, nunca houve intermediário nas negociações com a empresa.

Neo Química Arena, estádio do Corinthians, tem placas publicitárias geridas pela Brax
Ettore Chiereguini/AGIF

Em janeiro deste ano, em entrevista ao 'Jogo Aberto', da Band, Augusto Melo revelou detalhes do acordo com a Brax e afirmou que o clube receberia R$ 240 milhões pelo período de cinco anos, equivalente a R$ 48 milhões por temporada. Entretanto, a Gazeta Esportiva teve acesso ao documento assinado pelo clube com a empresa e constatou que o acordo é diferente do que foi anunciado pelo mandatário. Corinthians e Brax consumaram parceria no fim de 2023 com validade até o fim de 2029. Portanto, são seis anos de vínculo, e não cinco.

No que foi tratado por Duilio Monteiro Alves, ex-presidente do clube, a Brax se comprometeu a pagar R$ 50 milhões em luvas. Esse "prêmio na assinatura" foi pago com uma parcela de R$ 2,5 milhões em novembro e outra parcela de R$ 22,5 milhões, que seria depositada em dezembro, mas, a pedido de Augusto Melo, foi postergada para 2024. Os R$ 25 milhões restantes sobre as luvas foram acordados em 12 parcelas iguais, de janeiro a dezembro deste ano.

Fora as luvas, o acordo assinado com a autorização da CBF, que intermediou as conversas junto aos clubes, prevê o repasse de R$ 6.655.00,00 pela vigência em 2024. A partir de 2025 até 2029, o Corinthians receberia R$ 30.669.000,00 por temporada, reajustado pelo IGP-M e sempre parcelado em 12 vezes. Estes valores sofreram o aditivo com a atualização do valor final do acordo, mas a forma de pagamentos foi mantida.



VEJA TAMBÉM
- PODE CHEGAR! Corinthians observa possível reforço na Série B do Campeonato Brasileiro
- VAI RECEBER? Timão notifica casa de apostas por dívida milionária
- NO LIMITE! Treinador corinthiano chega pressionado para rodada do Campeonato Brasileiro









306 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Dom - 16:00 - Ligga Arena -
X
Atletico Paranaense
Corinthians

Brasileiro

Qua - 21:30 - Orlando Scarpelli
1 X 0
Internacional
Corinthians
publicidade
publicidade
publicidade