11/5/2024 08:43

Consultoria aponta Flamengo como exemplo para solucionar dívida milionária do Corinthians

Consultoria aponta Flamengo como exemplo para solucionar dívida milionária do Corinthians

O Corinthians pode ter pela frente uma recuperação financeira ao "estilo Flamengo". Esse é o exemplo usado por fontes da Ernst & Young, empresa responsável por prestar o serviço de consultoria para a gestão Augusto Melo, em relatório construído nos últimos meses para elucidar a situação econômica do clube do Parque São Jorge. O relatório financeiro, ainda nos ajustes finais, dá a sugestão de três direcionamentos principais para recuperar o clube financeiramente: a contratação de um CEO, como adiantou o ge; a recuperação judicial; a renegociação das dívidas de curto prazo para reestabelecer o fluxo de caixa, estratégia usada pelo Flamengo há mais de uma década. A EY calcula a dívida do Corinthians em mais de R$ 2 bilhões, incluindo os passivos do clube e o financiamento de mais de R$ 700 milhões da Neo Química Arena. Este valor é quase R$ 500 milhões a mais do que considerava a administração anterior do Corinthians, presidida por Duilio Monteiro Alves, que adotava outros critérios para mensurar o endividamento. Por estas contas, a dívida é de aproximadamente R$ 1,5 bilhão.

Gestão de Augusto Melo contratou a EY para promover uma consultoria sobre as contas
Foto: Marcos Ribolli

Por conta desse grande endividamento, o Corinthians deve pagar mais de R$ 200 milhões em juros neste ano. A possibilidade de o clube virar uma SAF também entra no estudo e chegou a ser debatida nos encontros entre representantes da consultoria e do clube, como o presidente Augusto Melo; o ex-diretor de futebol Rubens Gomes; o diretor financeiro Rozallah Santoro; e, mais recentemente, o executivo Fabinho Soldado. Porém, há um ponto positivo para a recuperação financeira do Corinthians na análise da EY. Assim como o Flamengo há dez anos, o clube possui uma fonte de receita gigante, capaz de promover mudanças de gestão sem decisões mais radicais. O clube alvinegro, em 2023, alcançou o patamar de R$ 1 bi de faturamento.

Nas reuniões semanais entre Corinthians e EY foram debatidos distintos cenários, mas com um norte parecido com o apresentado pela empresa ao Flamengo em 2013, ano em que começou o redirecionamento financeiro rubro-negro. Esse foi o cenário usado como exemplo também pela gestão Duilio Monteiro Alves, em 2021. A princípio, o relatório da EY seria apresentado nesta quinta-feira, em um evento da "semana da transparência do Corinthians". Porém, ainda faltam ajustes para o relatório ser aprovado, o que deve transferir a exposição dos números para a próxima semana. A divulgação pública da análise da Ernst & Young é um pedido da própria consultoria ao Corinthians. O clube é quem deve apresentar os dados.



VEJA TAMBÉM
- PODE CHEGAR! Corinthians observa possível reforço na Série B do Campeonato Brasileiro
- VAI RECEBER? Timão notifica casa de apostas por dívida milionária
- NO LIMITE! Treinador corinthiano chega pressionado para rodada do Campeonato Brasileiro









312 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Dom - 16:00 - Ligga Arena -
X
Atletico Paranaense
Corinthians

Brasileiro

Qua - 21:30 - Orlando Scarpelli
1 X 0
Internacional
Corinthians
publicidade
publicidade
publicidade