19/11/2023 16:01

Candidato à presidência do Corinthians é denunciado por misoginia

Candidato à presidência do Corinthians é denunciado por misoginia

Candidato à presidência do Corinthians é denunciado por misoginia

19 nov 2023 - 15h25
Compartilhar
Exibir comentários

Um dos candidatos à presidência do Corinthians , Augusto Melo está sendo acusado de misoginia pela assessora da diretoria administrativa do clube. A vitima é conhecida como Cíntia Monteiro. Ela registrou um boletim de ocorrência nesse sábado (18) contra o empresário por conta de ofensas direcionadas a ela em um áudio de WhatsApp. A informação foi dada primeiramente pelo 'Uol'.

"A Cintia, eu vou pegar ela, e deixa que eu vou falar aqui que ela cobra dinheiro para dar a b***** aqui para os velhos aqui, vou catar ela e acabar com ela aqui", disse Augusto Melo, em áudio.

Notícias relacionadas
Neto monta sua barca do Corinthians com medalhões: 'Faz a limpa'
Corinthians tem venda da joia da base Moscardo atrasada pelo Barcelona
Mosquito pede, e Corinthians não registra novo contrato do jogador
Assessora denuncia Augusto Melo por misoginia –

Por meio de sua assessoria de imprensa, Augusto admitiu que era ele no áudio e disse que não deveria ter usado os termos. Contudo, classificou a denúncia como uma ação eleitoreira orquestrada, sendo que a acusação acontece nas vésperas das eleições. Cintia diz que "tem crises de choro frequentes e que tem medo de encontrar com Augusto e que ele lhe faça mal, pois frequenta assiduamente o clube, onde o grupo político de Augusto é poderoso e influente".

No boletim de ocorrência, Cintia diz conhecer Augusto desde 2008 e que a relação entre eles sempre foi cordial. Por isso, ela desconhece o motivo das ofensas que ela considera graves e cruéis. Por outro lado, Carlos Augusto teria se sentido "traído" com o fato de Cintia passar a trabalhar com o grupo da situação nessa eleição e por ela ter difamado-o pelo clube em algumas ocasiões.

Eleição no Corinthians

Augusto Melo é um dos candidatos a presidente do Corinthians. Ele enfrentará André Luiz Oliveira. O pleito acontece no próximo dia 25. O vencedor será o mandatário do Timão entre 2024 e 2026.

A nota da Assessoria de Augusto Melo:

"A relação entre Cintia e Augusto era de amizade e envolvia até as respectivas famílias. E a discussão que tiveram aconteceu exatamente por isso. Augusto sentiu-se traído. Cintia passou a trabalhar para o grupo da situação - até aí tudo bem, cada um com suas escolhas -, mas, do nada, começou a falar mal de Augusto para diversas pessoas. Ao saber disso, Augusto a procurou para entender os motivos que a levaram a ter esse comportamento e a ignorar tantos anos de convivência e amizade. Cíntia reconheceu que errou e pediu desculpas. Chegou até a se emocionar. Porém, pouco tempo depois, voltou a difamá-lo pelo clube, fato que irritou e decepcionou profundamente Augusto e motivou a declaração maldosamente vazada. Independentemente disso, Augusto reconhece que, apesar da raiva momentânea, não deveria ter usado tais termos."

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook .

+ Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Compartilhar
TAGS
Corinthians Jogada10 Esportes Futebol


VEJA TAMBÉM
- CRITICOU! ídolo corinthiano falou sobre a atuação de alguns titulares no empate contra o Athletico
- Confira as avaliações dos jogadores em Athletico x Corinthians
- FOCO! Cacá elogia atitude da equipe no empate contra o Athletico









3756 visitas - Fonte: terra

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Dom - 16:00 - Ligga Arena -
X
Atletico Paranaense
Corinthians

Brasileiro

Qua - 21:30 - Orlando Scarpelli
1 X 0
Internacional
Corinthians
publicidade
publicidade
publicidade