28/6/2022 12:04

Retrospecto: Em território brasileiro, Boca venceu apenas 3 vezes em 10 anos e 13 jogos

Antigo carrasco dos times brasileiros na Libertadores, Boca Juniors vêm sofrendo em território nacional nos últimos 10 anos

Houve um tempo em que os clubes brasileiros se tremiam todos quando descobriam que teriam de enfrentar o Boca Juniors em um confronto decisivo da Copa Libertadores da América. Mas essa fase ficou para trás. Sem ganhar o principal torneio interclubes do futebol sul-americano há 15 anos, o tradicional clube argentino virou apenas um adversário a mais para o Corinthians, com quem inicia hoje a partir das 21h30, em Itaquera, a disputa por vaga nas quartas de final.



Afinal, nas duas últimas edições da Libertadores, o Boca foi eliminado justamente por equipes do país pentacampeão mundial. Em 2020, tomou um humilhante 3 a 0 do Santos. E, no ano passado, caiu nos pênaltis ante o Atlético-MG.

Mais que isso, os xeneizes não têm se dado bem nas duas visitas mais recentes ao Brasil. Ao longo dos últimos dez anos, só venceram três dos 13 jogos que disputaram por aqui -houve ainda cinco empates e cinco derrotas. O Boca só conseguiu derrotar Fluminense (2 a 0, em 2012), Athletico-PR (1 a 0, em 2019) e Internacional (1 a 0, em 2020). Em compensação, foi batido duas vezes por 3 a 0: uma pelo Santos e outra pelos athleticanos.

Curiosamente, foi o próprio Corinthians, seu adversário na abertura da fase final desta Libertadores, o último brasileiro a ver que o gigante argentino já não assusta tanto assim... pelo menos, quando está longe da Bombonera. As duas equipes já se cruzaram na etapa classificatória deste ano. E, quando jogou em São Paulo, lá no fim de abril, a equipe alvinegra venceu por 2 a 0 - em Buenos Aires, houve empate por 1 a 1.

Na comparação com o confronto de dois meses atrás, o time do técnico Sebastián Battaglia ganhou os reforços dos zagueiros Carlos Izquierdoz e Marcos Rojo, do meia Diego González e do ponto Sebastián Villa, que estavam suspensos. Por outro lado, perdeu o camisa 10 Eduardo Salvio, que optou por não renovar seu contrato, e com o defensor Nicolás Figal, que se machucou na partida do último fim de semana, contra o Unión Santa Fé, pelo Campeonato Argentino.

Apesar de o futebol pentacampeão mundial ter vencido as três últimas edições da Libertadores (Flamengo, em 2019 e Palmeiras, em 2020 e 2021), ele continua atrás da Argentina no ranking de conquistas continentais: 25 a 21. Como já vem acontecendo desde 2019, a final do torneio interclubes mais importante da América do Sul será novamente disputada em jogo único. Desta vez, a decisão está programada para o dia 29 de outubro, no estádio Monumental de Guayaquil, no Equador.



Corinthians, 2022, Libertadores, Boca Juniors



VEJA TAMBÉM
- Xeka no Corinthians? Veja se o português interessa
- Será que vai jogar? Corinthians vive dia decisivo para saber se terá Willian na decisão contra o Flamengo
- Prováveis retornos: Veja como está a situação do DM do Corinthians e provável escalação para enfrentar o Flamengo

LEIA TAMBÉM: Róger Guedes ou Jô? Em funções diferentes, jogadores lutam por posição no Corinthians

LEIA TAMBÉM: Insatisfação, protesto e cobranças, veja como surgiu a crise no Corinthians

LEIA TAMBÉM: Corinthians inicia Brasileirão em crise, mas tem potencial de evolução












405 visitas - Fonte: uol.com.br

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Qua - 21:30 - Neo Quimica Arena - Globo,premiere
Corinthians
Coritiba

Último jogo - Brasileiro

Dom - 18:00 - Mineirão
Atlético-MG
Corinthians
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Corinthians
2 Inter De Limeira
3 Santo André
4 Botafogo Sp
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
25 12 7 4 1 17 9 8 EVVEV
18 12 6 0 6 8 12 -4 VVVDV
13 12 3 4 5 9 13 -4 DEDVV
12 12 2 6 4 10 15 -5 DEVEE
Untitled Document
Classificação
1 River Plate
1 Atletico-MG
1 Palmeiras
1 Internacional
1 São Paulo
1 Barcelona SC
1 Argentinos JRS
1 Flamengo
2 Defensa Y Justicia
2 Fluminense
2 LDU De Quito
2 Boca Juniors
2 Always Ready
2 Racing Club
2 Cerro Porteno
2 Atletico Nacional
3 Rentistas
3 Independiente Del Valle
3 Olimpia
3 Real Esppor Club
3 Velez Sarsfield
3 Santos
3 Club Nacional
3 Santa Fe
4 Union La Calera
4 Sporting Cristal
4 Universitario
4 The Strongest
4 America De Cali
4 Deportivo Tachira FC
4 U. Catolica
4 Junior
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
7 3 2 1 0 7 2 5 EVV
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
3 2 1 0 1 4 2 2 DV
6 2 2 0 0 5 0 5 VV
9 3 3 0 0 7 0 7 VVV
6 2 2 0 0 4 0 4 VV
9 3 3 0 0 10 5 5 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 7 6 1 EVD
6 3 2 0 1 3 1 2 VVD
3 2 1 0 1 3 2 1 VD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 2 4 -2 VED
4 2 1 1 0 6 4 2 VE
1 2 0 1 1 1 3 -2 ED
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
3 2 1 0 1 4 4 0 DV
2 2 0 2 0 1 1 0 EE
3 3 1 0 2 5 6 -1 DDV
3 3 1 0 2 5 4 1 DDV
1 2 0 1 1 4 6 -2 DE
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED
1 3 0 1 2 3 8 -5 EDD
0 2 0 0 2 1 5 -4 DD
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD
0 3 0 0 3 0 10 -10 DDD
0 2 0 0 2 1 4 -3 DD
3 2 1 0 1 3 6 -3 VD
0 2 0 0 2 0 4 -4 DD
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED