12/1/2022 18:47

Corinthians negocia com a Caixa mais um ano de carência no pagamento da Arena

Presidente Duílio Monteiro Alves explica por que contrato com o banco ainda não foi assinado

O Corinthians negocia com a Caixa Econômica Federal a ampliação na carência do pagamento do financiamento da Neo Química Arena. Em 2020, as partes alinharam acordo em que o Timão se comprometia a voltar a quitar as parcelas a partir do fim de 2022. Agora, a ideia do clube é que isso só ocorra no ano que vem.

Tal informação foi confirmada pelo presidente corintiano, Duilio Monteiro Alves, em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira.



– Está acabando o período inicial da carência, mas o Corinthians também não teve que pagar. Estamos em uma discussão amigável, não tem nada na Justiça. Estamos tendo um tempo que não é ruim para nós hoje, mas lógico que queremos resolver o mais rápido possível – declarou o dirigente.

O presidente foi questionado por que da demora em formalizar o novo contrato com a Caixa. Desde o fim de 2020 o Timão trata como certa a alteração no modelo de financiamento da obra do estádio, mas tal acordo ainda não assinado.

– Existe o acordo verbal. Eu participei de diversas reuniões com o presidente e o vice-presidente da Caixa. Hoje já existe um documento escrito, um pré-acordo sendo finalizado para que a gente possa apresentar no Conselho Deliberativo. É difícil dar prazo, dependemos de muitas situações, da Caixa e da Odebrecht. Mas, como será o formato, já está feito. Para que seja assinado, porém, depende de várias situações – disse.

– Trabalhamos nisso quase que diariamente desde o início da gestão. A conversa é boa, acordo está definido, sendo colocado no papel, mas dar prazo não consigo. Envolve um dinheiro alto, não é um banco privado, há muitos empecilhos que fazem a coisa ficar mais demorada. A realidade é que está muito bem encaminhado, mas não está no papel – comentou Duilio Monteiro Alves.

No acordo verbal feito em 2020, o banco estatal concordou em oferecer um prazo de pagamento ao Corinthians muito maior do que o anterior, até 2040, quando a Hypera Pharma pagará a última parcela dos naming rights. Inicialmente, o clube teria que quitar o financiamento até 2028.

Ficou combinado que os pagamentos serão feitos em 17 prestações, uma por ano, e não mais mensalmente, como previsto no contrato anterior.

O valor total da dívida do Corinthians com a Caixa é de R$ 569 milhões. Destes, R$ 300 milhões serão abatidos com a receita dos naming rights da Arena ao longo dos próximos 20 anos. Assim, restarão R$ 269 milhões, que terão de ser pagos até 2039.

Em 2019, a Caixa executou na Justiça a dívida do clube. Na época, o banco pedia R$ 537 milhões. Porém, com juros, multas e honorários advocatícios, a cobrança saltou para R$ 650 milhões. Após negociações, a empresa estatal concordou em reduzir a pedida em R$ 81 milhões.

Apesar de o valor da dívida ser de R$ 569 milhões, o total a ser pago pelo Corinthians será maior. Isso porque as parcelas serão reajustadas anualmente em 3,4% e corrigidas pela TJLP (taxa de juros de longo prazo), que atualmente é de 6,08% ao ano.

Vale lembrar que o empréstimo contraído pelo Timão em 2013 foi de R$ 400 milhões.

Porém, o valor máximo das parcelas anuais não pode exceder R$ 38 milhões.

Além do prazo maior e do desconto no valor, o Corinthians festeja o fato de a partir de agora poder ficar com parte das receitas de bilheteria da Arena. Desde 2014, quando ele foi inaugurado, o dinheiro da venda de ingressos e de outras explorações comerciais do estádio iam integralmente para o fundo que administra o estádio.

Tudo o que o clube arrecadar com o estádio acima de R$ 38 milhões irá para o caixa do clube.

Também presente na entrevista coletiva desta quarta-feira, o superintendente de marketing, inovação e comunicação do Corinthians, José Colagrossi, confirmou que a Arena vai receber shows em 2022:



– Não é nem questão de estar no contrato, é decisão do clube. Ainda estamos discutindo as questões de quando, onde e como. Existe possibilidade de ter show dentro da arena ou no estacionamento, que cabem 20 mil pessoas, uma coisa híbrida. Então estamos vendo. Consideramos coisas importantes, como o gramado, um dos melhores das Américas, e o calendário. É fundamental que quando estiver show, o time não vá jogar em outro lugar, mas sim na Neo Química Arena, ao contrário de outros clubes que emprestam o estádio. Tem que ver calendário, localização do show e preservação do gramado – declarou.



LEIA TAMBÉM: Diego Costa manifesta vontade de jogar no Corinthians e comunica o clube sobre decisão

LEIA TAMBÉM: Após nova avaliação, comissão cogita utilização de veteranos desde o início da temporada

LEIA TAMBÉM: Sem transmissão, Corinthians tem primeiro teste antes do Paulistão








2088 visitas - Fonte: globoesporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Qui - 21:30 - Alfredo Jaconi - Premiere
Juventude
Corinthians

Último jogo - Brasileiro

Qui - 21:30 - Alfredo Jaconi
Juventude
1 0
Corinthians
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Corinthians
2 Inter De Limeira
3 Santo André
4 Botafogo Sp
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
25 12 7 4 1 17 9 8 EVVEV
18 12 6 0 6 8 12 -4 VVVDV
13 12 3 4 5 9 13 -4 DEDVV
12 12 2 6 4 10 15 -5 DEVEE
Untitled Document
Classificação
1 River Plate
1 Atletico-MG
1 Palmeiras
1 Internacional
1 São Paulo
1 Barcelona SC
1 Argentinos JRS
1 Flamengo
2 Defensa Y Justicia
2 Fluminense
2 LDU De Quito
2 Boca Juniors
2 Always Ready
2 Racing Club
2 Cerro Porteno
2 Atletico Nacional
3 Rentistas
3 Independiente Del Valle
3 Olimpia
3 Real Esppor Club
3 Velez Sarsfield
3 Santos
3 Club Nacional
3 Santa Fe
4 Union La Calera
4 Sporting Cristal
4 Universitario
4 The Strongest
4 America De Cali
4 Deportivo Tachira FC
4 U. Catolica
4 Junior
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
7 3 2 1 0 7 2 5 EVV
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
3 2 1 0 1 4 2 2 DV
6 2 2 0 0 5 0 5 VV
9 3 3 0 0 7 0 7 VVV
6 2 2 0 0 4 0 4 VV
9 3 3 0 0 10 5 5 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 7 6 1 EVD
6 3 2 0 1 3 1 2 VVD
3 2 1 0 1 3 2 1 VD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 2 4 -2 VED
4 2 1 1 0 6 4 2 VE
1 2 0 1 1 1 3 -2 ED
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
3 2 1 0 1 4 4 0 DV
2 2 0 2 0 1 1 0 EE
3 3 1 0 2 5 6 -1 DDV
3 3 1 0 2 5 4 1 DDV
1 2 0 1 1 4 6 -2 DE
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED
1 3 0 1 2 3 8 -5 EDD
0 2 0 0 2 1 5 -4 DD
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD
0 3 0 0 3 0 10 -10 DDD
0 2 0 0 2 1 4 -3 DD
3 2 1 0 1 3 6 -3 VD
0 2 0 0 2 0 4 -4 DD
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED