24/11/2021 10:18

[OPINIÃO] Corinthians apesar das oscilações, chega ao G4

Mesmo apresentando baixo rendimento fora de casa, o Corinthians consegue brigar por vaga direta para a Libertadores em 2022

Desde 2019, o Corinthians não entra no G4 do Campeonato Brasileiro e nas rodadas finais desta edição conseguiu esse feito. Sete vitórias jogando em casa lhe renderam uma ascensão na tabela de classificação e se conseguir manter a quarta colocação, até o final do campeonato, garante vaga direta para disputar a Libertadores em 2022.



O cenário no início da temporada era tão nebuloso que foi cogitado que o Corinthians teria como único objetivo a permanência na série A. E, por grande período na competição, esta foi a realidade do clube. Com a chegada dos quatro últimos reforços, Giuliano, Renato Augusto, Róger Guedes e Willian, a equipe evoluiu tecnicamente o seu padrão e mudou totalmente de patamar na competição.


O técnico Sylvinho, sem dúvida, também, trouxe grande contribuição para essa evolução, apesar de ter passado por períodos de instabilidade e não ter a total aceitação dos dirigentes corintianos. Hoje, o treinador já conquistou a confiança do elenco e aos poucos vem galgando resultados positivos.


Porém, o time ainda não tem apresentado regularidade em suas apresentações. É notória a diferença de rendimento de quando a equipe é mandante. Jogando em Itaquera o time consegue se impor tecnicamente, se apresenta organizado e com padrão de jogo envolvente, o que ainda não acontece quando o Timão joga em outro estádio, como visitante.


Dentre outros, os jogos contra o Fortaleza e contra o Santos, são ótimos exemplos desse cenário. Contra o Fortaleza, que está fazendo boa campanha e é seu concorrente direto, pois ambos lutam para terminar o campeonato no G4, o Corinthians não se intimidou com a pressão do adversário, que normalmente se apresenta bem organizado dentro e fora de casa. O resultado foi a vitória por 1 a 0, com o Timão fazendo bom segundo tempo, técnica e taticamente.


No clássico contra o Santos, o Timão amassou o Peixe, com bom volume de jogo, criando várias oportunidades perigosas. Com o placar de 2 a 0, o Corinthians foi amplamente dominante, sem permitir reação do adversário, que ainda está lutando para permanecer na série A.


A performance contra o Santos me faz pensar que às vezes, o técnico deve fazer o time atuar da forma mais simples possível, para não prejudicar o andamento tático da equipe. Digo isso, pois a mobilidade do time corintiano melhorou sensivelmente com o meio-campista Renato Augusto atuando atrás dos atacantes, em sua função de origem.


Em vários jogos Sylvinho escalou Renato Augusto como centroavante de referência, o que diminuiu sua mobilidade e da equipe como um todo. Como lhe falta o cacoete de centroavante de referência, quando é colocado mais adiantado, deixa o time com dificuldades criativas. Concordo que o técnico deva produzir variações táticas na equipe, mas é necessário avaliar se o rendimento do jogador é aceitável em posição diferente a original e se a mudança não implica em queda de rendimento coletivo.


No caso do Corinthians, acredito que essa alteração foi efetuada porque o atacante Jô não estava rendendo o esperado. A função de atacante é uma das carências capitais do elenco corintiano e entendo que deve ser suprida para a próxima temporada, para que o Timão tenha condições de brigar por objetivos maiores.


Outra carência é na posição de volante. O Corinthians não possui um atleta de qualidade que consiga fazer a contenção, auxiliar na saída de bola e aparecer como elemento surpresa, quando o time tem a posse de bola. Cantillo e Gabriel tem características diferentes, que se completam, mas pelo que parece, no esquema de Sylvinho não há lugar para jogarem juntos.


A zaga atualmente é formada pelo experiente Gil e o jovem João Victor. Gil não tem mais, a mesma velocidade de seus melhores momentos e não consegue acompanhar o atacante adversário. Por várias vezes cede espaço para o atacante adversário produzir jogadas perigosas.


O Corinthians possui elenco que precisa ser renovado, pois hoje é composto por vários jogadores experientes, mas em final de carreira, que nem sempre conseguem manter a alta performance e invariavelmente, acabam por comprometer o rendimento coletivo do time.



Para a próxima temporada o Timão precisa de reforços pontuais para poder reduzir as oscilações e conseguir atuar coletivamente equilibrado, tanto em seu estádio, como fora dele. Por enquanto, terá que se esforçar para melhorar seu rendimento fora de casa, a fim de garantir a vaga na fase de grupos da Libertadores, pois seus adversários diretos, Fortaleza e Bragantino, não tem sequência complicada de jogos até o final do campeonato.

#corinthians #timao #alvinegro #brasileirao #g4



LEIA TAMBÉM: Sylvinho tieta Mantuan no Corinthians e barra saída do meia-atacante

LEIA TAMBÉM: Veja os jogadores que devem deixar o Corinthians após o fim do Brasileirão

LEIA TAMBÉM: Sem Fagner e Gabriel, veja as alternativas para Sylvinho no Corinthians








243 visitas - Fonte: Globoesporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Neo Química Arena - Globo
Corinthians
Grêmio

Último jogo - Brasileiro

Dom - 16:00 - Neo Química Arena
Corinthians
1 0
Athletico-PR
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Corinthians
2 Inter De Limeira
3 Santo André
4 Botafogo Sp
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
25 12 7 4 1 17 9 8 EVVEV
18 12 6 0 6 8 12 -4 VVVDV
13 12 3 4 5 9 13 -4 DEDVV
12 12 2 6 4 10 15 -5 DEVEE
Untitled Document
Classificação
1 River Plate
1 Atletico-MG
1 Palmeiras
1 Internacional
1 São Paulo
1 Barcelona SC
1 Argentinos JRS
1 Flamengo
2 Defensa Y Justicia
2 Fluminense
2 LDU De Quito
2 Boca Juniors
2 Always Ready
2 Racing Club
2 Cerro Porteno
2 Atletico Nacional
3 Rentistas
3 Independiente Del Valle
3 Olimpia
3 Real Esppor Club
3 Velez Sarsfield
3 Santos
3 Club Nacional
3 Santa Fe
4 Union La Calera
4 Sporting Cristal
4 Universitario
4 The Strongest
4 America De Cali
4 Deportivo Tachira FC
4 U. Catolica
4 Junior
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
7 3 2 1 0 7 2 5 EVV
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
3 2 1 0 1 4 2 2 DV
6 2 2 0 0 5 0 5 VV
9 3 3 0 0 7 0 7 VVV
6 2 2 0 0 4 0 4 VV
9 3 3 0 0 10 5 5 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 7 6 1 EVD
6 3 2 0 1 3 1 2 VVD
3 2 1 0 1 3 2 1 VD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 2 4 -2 VED
4 2 1 1 0 6 4 2 VE
1 2 0 1 1 1 3 -2 ED
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
3 2 1 0 1 4 4 0 DV
2 2 0 2 0 1 1 0 EE
3 3 1 0 2 5 6 -1 DDV
3 3 1 0 2 5 4 1 DDV
1 2 0 1 1 4 6 -2 DE
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED
1 3 0 1 2 3 8 -5 EDD
0 2 0 0 2 1 5 -4 DD
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD
0 3 0 0 3 0 10 -10 DDD
0 2 0 0 2 1 4 -3 DD
3 2 1 0 1 3 6 -3 VD
0 2 0 0 2 0 4 -4 DD
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED