23/7/2021 08:30

Com Renato Augusto, Corinthians reforça tradição de repatriar jogadores

Meio-campista repete caminho de nomes como Jadson, Ralf e Gil nos últimos anos

O Corinthians parece ser um lugar em que os jogadores gostam de estar. Oficializada nesta quinta-feira, a contratação do meia Renato Augusto é mais uma história de jogador que deixou o clube em negociação e que, anos depois, retorna ao Timão para dar sequência à sua trajetória.

Desde a conquista do hexacampeonato brasileiro, em 2015, num time que encantou o país, nada menos que nove jogadores já saíram do clube e, anos depois, retornaram.



O caso de Renato Augusto é parecido, por exemplo, com os de Ralf, Gil e Jadson: todos foram vendidos para China em 2016 e, anos depois, foram recontratados. Em comum, a situação contratual: todos estavam livres de seus compromissos anteriores, facilitando a negociação com a diretoria.


Eleito melhor jogador do Brasileirão de 2015, Renato foi vendido ao Beijing Guoan por 8 milhões de euros (R$ 34,6 milhões, na época). O Timão levou 50%. Cinco anos e meio depois, ele está de volta.




Abaixo, relembre quem saiu e depois voltou:
Jadson
Da leva de jogadores campeões brasileiros que partiu para a China na virada de 2015 para 2016, Jadson foi o primeiro a retornar. Quando partiu, ele assinou por duas temporadas com o Tianjin Quanjian. Os chineses pagaram o valor da multa rescisória, € 5 milhões (R$ 21,2 milhões, na ocasião).

A volta aconteceu em 2017, aos 33 anos, num ano mágico do time com Fábio Carille. Jadson havia rescindido seu contrato e chegou livre, só com pagamento de luvas. Foi campeão paulista e brasileiro em 2017. Venceu ainda os estaduais de 2018 e 2019. Saiu em 2020, por decisão de Tiago Nunes.


Ralf
Em janeiro de 2016, o Beijing Guoan comprou Renato Augusto e levou também o volante Ralf, que estava em processo de renovação contratual. A multa paga pelos chineses foi de apenas 1 milhão de euros (R$ 4,4 milhões, na ocasião).


Apesar do mal estar do estafe do jogador com a diretoria, Ralf voltou ao Timão em 2018, como uma das primeiras contratações da gestão Andrés Sanchez. O jogador de 33 anos chegou a um time campeão brasileiro e venceu dois Paulistas (2018 e 2019). Saiu em 2020, por decisão de Tiago Nunes.

Emerson Sheik
Ídolo da torcida pelos gols na final da Libertadores de 2012, Sheik deixou o Corinthians em 2015 durante um processo de redução de folha salarial imposto pelo então presidente Roberto de Andrade. Além dele, o clube não renovou também com Paolo Guerrero. Ambos foram jogar no Flamengo.

Sheik, porém, retornou ao clube em 2018, aos 39 anos, também por uma ação de Andrés Sanchez. Seria apenas por seis meses, para uma despedida. Após o título paulista, topou ficar até o fim do ano, anunciando sua aposentadoria. Exerceu a função de coordenador técnico em 2019.


Vagner Love
Um dos heróis do título brasileiro de 2015, Vagner Love foi vendido ao Monaco, da França, em janeiro de 2016. A equipe europeia pagou a multa rescisória: 1 milhão de euros (R$ 4,4 milhões, na ocasião).

Foram alguns anos fora do Brasil, com passagem pela Turquia, mas o retorno aconteceu em 2019, aos 34 anos, após rescindir contrato com o Besiktas. Em sua chegada, foi decisivo no título paulista contra o São Paulo, com gol na final. Deixou o clube em 2020, indo jogar no Kairat, do Cazaquistão.


Sidcley
O lateral-esquerdo foi campeão paulista pelo Corinthians em 2018 e, na sequência, foi negociado pelo Athletico-PR com o Dínamo de Kiev, da Ucrânia.

Em 2020, aos 26 anos, regressou por empréstimo ao Timão para ser o dono da lateral. Não deu certo. Reserva na maior parte do ano, deixou o clube antes do fim do contrato. O Timão ainda teve de pagar 500 mil euros (R$ 3,2 milhões, na época).


Gil
O zagueiro foi mais um jogador campeão brasileiro em 2015 a deixar o Corinthians para a China. Ele partiu para o Shandong Luneng em janeiro de 2016. Os chineses pagaram a multa rescisória de 10 milhões de euros (R$ 43,9 milhões, na época). O Timão tinha direito a 90% do valor.

Desde que saiu, porém, Gil sempre deixou claro o desejo de voltar. E foi o que ele cumpriu em julho de 2019, após rescindir com a equipe chinesa. Aos 32 anos, o jogador chegou livre, só com acerto de luvas. Hoje com 34 anos, é um dos pilares da defesa do técnico Sylvinho no Brasileirão.



Cria do terrão, Jô voltou ao Corinthians em 2017 para um ano maravilhoso. Ele marcou 25 gols, sendo 18 no Brasileirão, onde foi campeão e artilheiro. Antes, venceu também o Paulistão com Fábio Carille.

No fim do ano, acertou com o Nagoya Grampus, do Japão, que pagou de 11 milhões de euros (de R$ 43 milhões, na época). Foram duas temporadas no país.

Em 2020, por conta da pandemia, ele não retornou e conseguiu sua liberação na Fifa. Em junho, aos 33 anos, acertou por três temporadas com o Corinthians. O clube japonês buscou a Fifa, e as partes podem ter de pagar uma multa. Atualmente, é titular com Sylvinho.


Fábio Santos
Ídolo da torcida, Fábio Santos deixou o Corinthians em junho de 2015, ao acertar sua transferência para o Cruz Azul, do México. O Timão recebeu cerca de 500 mil dólares (R$ 1,5 milhão na época), mas usou o valor para quitar dívidas com o próprio jogador. Fábio Santos foi para o México, mas retornou ao Brasil já em 2016, para jogar pelo Atlético-MG.

Após quatro temporadas no Galo, voltou ao Timão a pedido do técnico Vagner Mancini. O retorno foi em outubro de 2020, aos 35 anos. Ele tem contrato com o Timão até 31 de dezembro e é titular.





Corinthians, Renato Augusto, Reforços



LEIA TAMBÉM: Com aumento salarial, Corinthians acerta renovação de Fábio Santos

LEIA TAMBÉM: Sem os novos reforços, Corinthians possui aproveitamento similar a de times do Z-4







489 visitas - Fonte: globoesporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Sáb - 19:00 - Neo Química Arena - Premiere
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Brasileiro

Dom - 18:15 - Neo Química arena
Corinthians
1 1
América mineiro
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Corinthians
2 Inter De Limeira
3 Santo André
4 Botafogo Sp
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
25 12 7 4 1 17 9 8 EVVEV
18 12 6 0 6 8 12 -4 VVVDV
13 12 3 4 5 9 13 -4 DEDVV
12 12 2 6 4 10 15 -5 DEVEE
Untitled Document
Classificação
1 River Plate
1 Atletico-MG
1 Palmeiras
1 Internacional
1 São Paulo
1 Barcelona SC
1 Argentinos JRS
1 Flamengo
2 Defensa Y Justicia
2 Fluminense
2 LDU De Quito
2 Boca Juniors
2 Always Ready
2 Racing Club
2 Cerro Porteno
2 Atletico Nacional
3 Rentistas
3 Independiente Del Valle
3 Olimpia
3 Real Esppor Club
3 Velez Sarsfield
3 Santos
3 Club Nacional
3 Santa Fe
4 Union La Calera
4 Sporting Cristal
4 Universitario
4 The Strongest
4 America De Cali
4 Deportivo Tachira FC
4 U. Catolica
4 Junior
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
7 3 2 1 0 7 2 5 EVV
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
3 2 1 0 1 4 2 2 DV
6 2 2 0 0 5 0 5 VV
9 3 3 0 0 7 0 7 VVV
6 2 2 0 0 4 0 4 VV
9 3 3 0 0 10 5 5 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 7 6 1 EVD
6 3 2 0 1 3 1 2 VVD
3 2 1 0 1 3 2 1 VD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 2 4 -2 VED
4 2 1 1 0 6 4 2 VE
1 2 0 1 1 1 3 -2 ED
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
3 2 1 0 1 4 4 0 DV
2 2 0 2 0 1 1 0 EE
3 3 1 0 2 5 6 -1 DDV
3 3 1 0 2 5 4 1 DDV
1 2 0 1 1 4 6 -2 DE
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED
1 3 0 1 2 3 8 -5 EDD
0 2 0 0 2 1 5 -4 DD
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD
0 3 0 0 3 0 10 -10 DDD
0 2 0 0 2 1 4 -3 DD
3 2 1 0 1 3 6 -3 VD
0 2 0 0 2 0 4 -4 DD
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED