7/4/2021 11:00

Conselho do Timão é obrigado a adiar votação, e planeja usar o drive-thru

O Conselho Deliberativo do Corinthians não deve mais se reunir no próximo dia 13, terça-feira da semana que vem, como está programado.



As restrições impostas pelo Governo do Estado de São Paulo devido ao combate à pandemia do coronavírus deve impedir que o encontro aconteça de maneira presencial.


Sendo assim, a votação das contas do clube referentes aos anos de 2019 e 2020, além da previsão orçamentária de 2021, novamente serão postergadas.


A mesa diretiva do conselho corintiano vai aguardar apenas a manifestação oficial do governador João Dória, que deve acontecer ainda nesta quarta-feira, para confirmar o adiamento.


A Gazeta Esportiva apurou também que Alexandre Husni, atual presidente do Conselho Deliberativo, avisou alguns membros do órgão, de maneira taxativa, que não deixará de cumprir o estatuto do clube. O artigo 82 manda julgar as contas anuais até o final do mês de abril.


Por isso, já há um estudo em andamento sobre duas alternativas. A primeira e mais provável é a realização das votações por meio de um drive-thru no Parque São Jorge, onde os eleitores depositariam seus votos em urnas e deixariam o local em seguida.


A utilização de uma plataforma online é outra opção, mas a dificuldade que poderia ser gerada, principalmente, aos conselheiros mais antigos faz com que a rejeição sobre essa hipótese seja considerável.


De qualquer forma, a promessa nos bastidores é de que as votações das contas, diferente do que se viu na última temporada, não deixarão de acontecer dentro do prazo.


O que diz os balanços

O balanço financeiro corintiano de 2019 fechou com um déficit de R$ 195,4 milhões, enquanto o balanço de 2020 foi concluído com déficit de R$ 123,3 milhões. A dívida do clube saltou de R$ 665 milhões para R$ 982,8 milhões no período que teve Andrés Sanchez como presidente do clube.


O balanço de 2019 será votado com sugestão de reprovação pelos Conselhos de Orientação e Fiscal. Os mesmos grupos, com novas formações após as eleições, sugeriram aprovação do balanço referente a 2020.



Consequências

Caso pelo menos um dos balanços tenha as contas reprovadas, Andrés Sanchez pode passar por um processo interno, algo que dificilmente os grupos oposicionistas abririam mão.


Os reflexos ao ex-mandatário vão desde 10 anos de inelegibilidade, como prevê o artigo 106 do estatuto, até eventuais ações judiciais, que transcenderiam a esfera do clube.


Internamente, Andrés dependeria de decisões do Conselho Deliberativo e, posteriormente, da Comissão de Ética e Disciplina (CED), que atualmente é presidida por André Luiz de Oliveira, o André Negão, amigo pessoal de Andrés de longa data.



André Negão, como vice-presidente do Conselho Deliberativo, cumpre mandado no CED por força do estatuto.

#corinthians #timao #alvinegro #conselhodeliberativo



LEIA TAMBÉM: Após nova chance e desabafo sobre Mancini, Corinthians vê evolução de Luan

LEIA TAMBÉM: Mancini projeta rodízio para driblar calendário apertado, veja quem pode ganhar espaço no Timão






579 visitas - Fonte: Gazeta Esportiva

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Sebastiao Godoi     

Eles não querem fazer está reunião porque tem jente safado que está está reunião porque não tem mais jeito infelizmente é a realidade acabaram com um com o maior clube do Brasil

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Sex - 20:00 - Neo Química Arena - SporTV
Corinthians
São Bento

Último jogo - Paulista

Ter - 20:00 - Fonte Luminosa
Ferroviária
2 1
Corinthians
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Internacional
3 Atletico-MG
4 São Paulo
5 Fluminense
6 Grêmio
7 Palmeiras
8 Santos
9 Atletico Paranaense
10 Bragantino
11 Ceará
12 Corinthians
13 Atletico Goianiense
14 Bahia
15 Sport Recife
16 Fortaleza EC
17 Vasco Da Gama
18 Goiás
19 Coritiba
20 Botafogo
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
71 38 21 8 9 68 48 20 VEVVD
70 38 20 10 8 61 35 26 EDVDE
68 38 20 8 10 64 45 19 DEEVV
66 38 18 12 8 59 41 18 EVEDV
64 38 18 10 10 55 42 13 VEVEV
59 38 14 17 7 53 40 13 EVDVD
58 38 15 13 10 51 37 14 VDEED
54 38 14 12 12 52 51 1 EVVED
53 38 15 8 15 38 36 2 EEVDV
53 38 13 14 11 50 40 10 VEEEV
52 38 14 10 14 54 51 3 DEDVV
51 38 13 12 13 45 45 0 EDDEE
50 38 12 14 12 40 45 -5 DEDEV
44 38 12 8 18 48 59 -11 DEEVV
42 38 12 6 20 31 50 -19 VVEDD
41 38 10 11 17 34 44 -10 VVDDD
41 38 10 11 17 37 56 -19 DDDEV
37 38 9 10 19 41 63 -22 VEVED
31 38 7 10 21 31 54 -23 DDVDD
27 38 5 12 21 32 62 -30 DDDVD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Corinthians
3 Guarani Campinas
4 Ferroviária
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 7 2 3 18 9 9 VVVVV
17 12 4 5 3 15 10 5 EEEVV
16 12 4 4 4 16 14 2 EVVDD
15 12 3 6 3 13 9 4 VEEEV
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS