26/1/2021 08:25

[ANÁLISE] Corinthians leva choque de realidade do Bragantino e mantém fase de recuperação

No dia em que o Corinthians venceu o Fluminense por 5 a 0 dentro da Neo Química Arena, o técnico Vagner Mancini tratou de puxar os pés dos jogadores para o chão e definiu o momento da equipe como "de recuperação", deixando claro que não havia ali um trabalho pronto e finalizado.

Cinco dias depois, a equipe foi massacrada pelo Palmeiras, num 4 a 0 impiedoso e até econômico, que deixou jogadores e torcedores assustados. Apesar do abalo emocional, o time reagiu bem ao vencer o Sport três dias depois por 3 a 0, com amplo domínio, dentro de casa.

Agora, quatro dias depois, foi a vez de a equipe ser facilmente superada pelo Red Bull Bragantino dentro de seu estádio, em Itaquera. Uma derrota por 2 a 0 justa, inquestionável e que expõe mais uma vez que o Corinthians ainda vive um processo artesanal de montagem. E que por isso vai oscilar.

Na briga pelo G-6, o Timão podia ficar na oitava posição a dois pontinhos do Fluminense, que é sétimo.

A derrota deixou o time em décimo, a cinco do Flu, com os mesmos 45 de Ceará e Santos. E com apenas um ponto a mais do que o próprio Bragantino, que tem 44. Um bolo bastante perigoso.

Mas além dos alertas matemáticos, há os táticos e comportamentais. O time saiu perdendo com menos de dois minutos e sucumbiu à pressão do Bragantino durante todo o primeiro tempo. Com erros forçados atrás e pouca efetividade na frente, foi presa fácil. E levou os 2 a 0 na etapa inicial.


Com Gabriel e Ramiro por dentro, a ideia de Mancini era fortalecer a marcação contra um time de muita velocidade e transição. Claudinho, Arthur e Helinho, porém, tiveram muita liberdade e jogaram com fluidez. No lado corintiano, Cazares e Mosquito criaram chances na direita, mas sem fazer Cleiton suar.

No intervalo, Mancini trocou Mosquito e Vital por Léo Natel e Otero, jogador de mais força, vigor, explosão, chute forte e imposição. Mas, ao mesmo tempo, os dois conseguiram entrar mal no jogo, derrubando ainda mais tecnicamente o nível do time. Igualando apenas na vontade e no combate.

Depois deles entraram Luan, Everaldo e Gabriel Pereira, mas nenhum dos cinco conseguiu fazer nem perto do que o setor ofensivo titular do Bragantino fez na partida. O elenco sente a falta de opções de banco que sejam realmente capazes de mudar o panorama de um jogo que se encaminha perdido.

Outro ponto que fica de alerta na derrota é o aspecto emocional. Imbuídos na missão da classificação para a Libertadores, muitos perderam a cabeça no segundo tempo, quando tudo já estava perdido, e apelaram a jogadas mais fortes. Fagner, Otero, Léo Natel e até Luan pegaram pesado. Dois foram advertidos com amarelo, estavam pendurados e não enfrentam o Bahia na próxima quinta-feira.

A sete rodadas do fim, o torcedor do Corinthians vê uma equipe em fase de oscilação no momento de definição da competição e se questiona se esse time tem ou não condições de chegar lá.

Ao que parece, a disputa por uma vaga será levada até as rodadas finais, com pontos somados em alguns jogos e desperdiçados em outros. O trabalho de Mancini é bom, mas ainda há muito a se percorrer para que o Corinthians seja um time constante e candidato a coisas bem maiores.






Corinthians, Derrota, Brasileirão, Análise



LEIA TAMBÉM: Corinthians busca destino para Luan e mais sete jogadores e negocia renovações de Cazares e Jemerson

LEIA TAMBÉM: Conversa para a saída de Boselli e vestiário no Dérbi: SporTV lança minissérie de bastidores inéditos da 'Era Mancini'






879 visitas - Fonte: Globo Esporte

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Com este futebol q jogou ontem nem pra sul-americana vai se classificar time muito ruim

Antonio Virginio     

Tem é que repensar a equipe tem nogador sem vontade tipo sr Luan Léo Natel enfim

Kinkas Ferreira     

Ta insistindo cons pe de rato. Ruimiro .jo .leo natel everaldo vai ganhar nunca ainda meche errado

jean Carlos     

Pow mais sobre o jogo de ontem meeee foi uma vergonha perder pro red bull em casa cade quele Corinthians que jogava bem

Jo, Gabriel, Ramiro, mateus vital, podem esquecer libertadores sem chance...

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 18:00 - Nabi Abi Chedid - Premiere
RB Bragantino
Corinthians

Último jogo - Brasileiro

Qui - 21:30 - Beira-Rio
Internacional
0 0
Corinthians
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Internacional
3 Atletico-MG
4 São Paulo
5 Fluminense
6 Grêmio
7 Palmeiras
8 Santos
9 Atletico Paranaense
10 Bragantino
11 Ceará
12 Corinthians
13 Atletico Goianiense
14 Bahia
15 Sport Recife
16 Fortaleza EC
17 Vasco DA Gama
18 Goiás
19 Coritiba
20 Botafogo
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
71 38 21 8 9 68 48 20 VEVVD
70 38 20 10 8 61 35 26 EDVDE
68 38 20 8 10 64 45 19 DEEVV
66 38 18 12 8 59 41 18 EVEDV
64 38 18 10 10 55 42 13 VEVEV
59 38 14 17 7 53 40 13 EVDVD
58 38 15 13 10 51 37 14 VDEED
54 38 14 12 12 52 51 1 EVVED
53 38 15 8 15 38 36 2 EEVDV
53 38 13 14 11 50 40 10 VEEEV
52 38 14 10 14 54 51 3 DEDVV
51 38 13 12 13 45 45 0 EDDEE
50 38 12 14 12 40 45 -5 DEDEV
44 38 12 8 18 48 59 -11 DEEVV
42 38 12 6 20 31 50 -19 VVEDD
41 38 10 11 17 34 44 -10 VVDDD
41 38 10 11 17 37 56 -19 DDDEV
37 38 9 10 19 41 63 -22 VEVED
31 38 7 10 21 31 54 -23 DDVDD
27 38 5 12 21 32 62 -30 DDDVD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Corinthians
3 Guarani Campinas
4 Ferroviária
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 7 2 3 18 9 9 VVVVV
17 12 4 5 3 15 10 5 EEEVV
16 12 4 4 4 16 14 2 EVVDD
15 12 3 6 3 13 9 4 VEEEV
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS