26/11/2020 19:54

Corinthians chega a acordo com a Caixa para quitar dívida da Arena até 2040; veja valores

Timão ganha carência de dois anos do banco e poderá ficar com receitas de bilheteria

Corinthians e Caixa Econômica Federal chegaram a um acordo sobre as condições do financiamento da Neo Química Arena e, após mais de um ano de negociações, esperam assinar um novo contrato nas próximas semanas.



LEIA TAMBÉM: Corinthians inicia limpeza da fachada pra incluir logo da Neo Química Arena


O banco estatal concordou em oferecer um prazo de pagamento ao Corinthians muito maior do que o anterior, até 2040, quando a Hypera Pharma pagará a última parcela dos naming rights. Inicialmente, o clube teria que quitar o financiamento até 2028.

Além disso, o Timão ganhou dois anos de carência e só vai iniciar os depósitos para a Caixa em 2022. Ficou combinado que os pagamentos serão feitos em 17 prestações, uma por ano, e não mais mensalmente, como previsto no contrato anterior.

O valor total da dívida do Corinthians com a Caixa é de R$ 569 milhões. Destes, R$ 300 milhões serão abatidos com a receita dos naming rights da Arena ao longo dos próximos 20 anos. Assim, restarão R$ 269 milhões, que terão de ser pagos até 2039.

No ano passado, a Caixa executou na Justiça a dívida do clube. Na época, o banco pedia R$ 537 milhões. Porém, com juros, multas e honorários advocatícios, a cobrança saltou para R$ 650 milhões. Após negociações, a empresa estatal concordou em reduzir a pedida em R$ 81 milhões.

Apesar de o valor da dívida ser de R$ 569 milhões, o total a ser pago pelo Corinthians será maior. Isso porque as parcelas serão reajustadas anualmente em 3,4% e corrigidas pela TJLP (taxa de juros de longo prazo), que atualmente é de 4,55% ao ano.

Vale lembrar que o empréstimo contraído pelo Timão em 2013 foi de R$ 400 milhões.

Porém, o valor máximo das parcelas anuais não pode exceder R$ 38 milhões.

Além do prazo maior e do desconto no valor, o Corinthians festeja o fato de a partir de agora poder ficar com parte das receitas de bilheteria da Arena. Desde 2014, quando ele foi inaugurado, o dinheiro da venda de ingressos e de outras explorações comerciais do estádio iam integralmente para o fundo que administra o estádio.

Tudo o que o clube arrecadar com o estádio acima de R$ 38 milhões irá para o caixa do clube.



A tendência é que, junto com o novo acordo com a Caixa, o Corinthians também anuncie a quitação da dívida com a Odebrecht, que sairá da sociedade do fundo que controla o estádio. O clube aguarda a conclusão do processo de recuperação judicial da construtora.


Corinthians, Arena, Dívida, Quitação, Acordo, Caixa, Timão



LEIA TAMBÉM: Corinthians é processado por dívida com Claudinho um dia após sofrer gol do atacante

LEIA TAMBÉM: Duílio e Colagrossi garantem que Corinthians terá mais de R$ 100 milhões em patrocínios em 2021






3156 visitas - Fonte: Globoesporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Edynaldo Leite     

Assinar acordo é facil, o dificil é cumprir

Kleber Vellenev     

Alexsandro, meu amigo; Acho que eu não vou estar mais aqui quando esse estádio for quitado, fora o resto das dívidas!

Meu Deus eu não vou ver porque eu ja tenho 40 to ferrado

Bene Cavalcante     

Ainda bem que tem esses 2 anos para começar a pagar! Porque com essa pandemia sem público nos estádios ficava difícil.

Por mês daria 3,16 ainda eu acho alto por que teria que pagar a despesa da própria ARENA

O importante é pagar e á arena ser nossa de uma vez definitiva ??????

Serar que eu vou ta vivo e muito tempo meu deus

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Qui - 19:00 - Fonte Nova - Premiere
Bahia
Corinthians

Último jogo - Brasileiro

Seg - 20:00 - Neo Química Arena
Corinthians
0 2
RB Bragantino
Untitled Document
Classificação
1 Internacional
2 São Paulo
3 Atletico-MG
4 Flamengo
5 Palmeiras
6 Grêmio
7 Fluminense
8 Ceará
9 Corinthians
10 Santos
11 Bragantino
12 Atletico Paranaense
13 Atletico Goianiense
14 Vasco DA Gama
15 Sport Recife
16 Fortaleza EC
17 Bahia
18 Goiás
19 Coritiba
20 Botafogo
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
62 32 18 8 6 55 30 25 VVVVV
58 32 16 10 6 52 34 18 DDEDE
57 32 17 6 9 56 41 15 EVEDV
55 31 16 7 8 53 41 12 DDVVD
52 32 14 10 8 45 31 14 EVDDE
51 31 12 15 4 40 27 13 VEEED
50 32 14 8 10 45 40 5 VDVEV
45 32 12 9 11 47 42 5 DVDVV
45 31 12 9 10 38 36 2 VVDVD
45 32 12 9 11 44 44 0 VVDDD
44 32 11 11 10 45 37 8 VEVVV
42 32 12 6 14 29 31 -2 VEEDV
42 32 10 12 10 32 37 -5 EEDVV
36 32 9 9 14 34 47 -13 VDDVE
35 32 10 5 17 26 41 -15 VDDDV
35 32 8 11 13 28 32 -4 DEDVD
32 31 9 5 17 36 53 -17 DDEVD
29 32 7 8 17 33 54 -21 VDDDV
27 32 6 9 17 27 43 -16 DEVEE
23 32 4 11 17 27 51 -24 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Corinthians
3 Guarani Campinas
4 Ferroviária
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 7 2 3 18 9 9 VVVVV
17 12 4 5 3 15 10 5 EEEVV
16 12 4 4 4 16 14 2 EVVDD
15 12 3 6 3 13 9 4 VEEEV
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS