29/10/2020 08:06

Mancini vê bola queimar no pé do Corinthians, cobra mais finalizações e afirma: "Eu me irritei muito"

Técnico ainda critica a falta de briga pela bola no lance do gol do América-MG

Vagner Mancini perdeu os dois jogos que fez pelo Corinthians como mandante na Neo Química Arena. Nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, viu seu time ser derrotado por 1 a 0 para o América-MG, no primeiro jogo das oitavas de final.

Irritado com o gol sofrido no final, o técnico apontou a falta de competitividade como vilã.

– O América-MG acertou na estratégia, veio jogar de uma forma reativa, tentou jogar bem compacto, e a troca do Lisca faltando cinco minutos foi para tentar achar um ataque com Neto Berola e Marcelo Toscano e encontrou. A bola foi batida pelo Cássio onde tínhamos quatro jogadores no setor, não brigamos pela bola e não corremos atrás do Neto Berola até que ele entrasse na área e achasse o passe – reclamou o treinador, sem citar os nomes envolvidos no lance.

– Foi um lance de indecisão e não podemos ter indecisão. Estamos no Corinthians.

Embora o time tenha tido mais posse de bola e finalizações, o técnico não gostou da pouca efetividade ofensiva da equipe. O América-MG em nenhum momento foi ameaçado.


– Não tivemos o jogo que esperávamos. Tivemos a bola nos pés a maior parte do tempo, mas não produzimos aquilo que tinha que produzir. Por isso, não chutamos bola a gol. O goleiro adversário não fez uma defesa difícil. Óbvio que isso me preocupa. Está baseado na personalidade que temos que ter em campo para executar as jogadas. Incentivo os jogadores para o um contra um, para tentar as jogadas, mas às vezes tomam a decisão de tocar para trás, me irritei muito. A função que tínhamos para mudar o ritmo do jogo não foi bem feita no primeiro tempo, melhorou um pouquinho no segundo, mas há necessidade de ajustes. Se há desequilíbrio na temporada, estou aqui para tentar resolver.

– O Corinthians precisa melhorar rapidamente em alguns quesitos, e eu vou em busca das soluções. Seja de forma agradável ou não, não vou ficar assistindo passivamente uma equipe que não dá um chute no gol.

Num momento de Neo Química Arena sem torcida por conta da pandemia do novo coronavírus, o treinador não tem entendido como alguns jogadores podem sentir a pressão nas partidas.

–Vi jogadores sem confiança para jogar e não vi uma pessoa no estádio. Não estou entendendo a relação desta falta de confiança sem cobrança na arquibancada (...) A bola não pode queimar no pé do jogador sendo que não temos ninguém no estádio, se tivesse 50 mil pessoas gritando e pressionando eu até entenderia. Essa mudança de postura que tem de acontecer e vai acontecer – afirmou.

Desde que chegou ao Timão, Mancini perdeu para o Flamengo por 5 a 1 dentro de casa e por 1 a 0 para o América-MG. Fora de casa, porém, tem desempenho em 100%, com vitórias por 1 a 0 contra o Athletico em Curitiba e por 2 a 1 diante do Vasco no Rio de Janeiro.

– O América vem bem na Série B, é organizado, tem bons jogadores que conhecem suas limitações e temos que conhecer as nossas. E ter melhores tomadas de decisão, a gente não pode em 97 minutos não obrigar o goleiro a fazer uma defesa. Óbvio que não estou satisfeito, fizemos algumas coisas boas, melhoramos em alguns aspectos, mas faltou imposição, aquele algo mais que te deixa mais competitivo, gerar desconforto no América. Isso só consegue com imposição.

– Tivemos os melhores números do jogo, mas não adianta nada quando você perde. Temos de encontrar esse equilíbrio, ter mais agressividade nas ações. Fora de casa fica mais fácil pela forma reativa que jogamos, mas dentro temos de propor mais, ser um time que oferece algum risco para que o adversário não tenha a possibilidade de nos atacar com tanta frequência.

Apesar da irritação, Mancini diz que nem tudo está perdido. A decisão ocorre dia 4, em Belo Horizonte, e o Timão precisa de dois gols de diferença para avançar. Vitória por um gol leva para os pênaltis.

– É uma situação muito mais difícil perder o jogo em casa, mas o Corinthians tem totais condições de jogar lá no Independência e vencer o América-MG. Tive duas vitórias fora e isso nos dá a confiança de ir lá e vencer. O Corinthians tem capacidade de vencer o América-MG em qualquer lugar. Hoje se erramos em algumas coisas, erramos na tomada de decisão. Chutamos quando deveríamos passar, e passamos quando deveríamos ter chutado. São decisões que te tiram a confiança.

Veja mais trechos da coletiva:

Escolha por time sem referência

– É muito pelo o que eu tenho visto nos treinos, não posso ir contra o que o dia a dia mostra. Contra o Vasco tivemos Mantuan e Cazares muito bem por dentro, eu não tinha o Mantuan hoje e tentei espelhar aquela equipe que fez bom jogo. No intervalo buscamos os ajustes necessários. Com exceção do Cantillo, as trocas não funcionaram, não quer dizer que teriam funcionado antes.

Futuro da equipe

– Não tenho dúvida que vai encaixar, mas terão que ser feitos ajustes. Eles serão feitos, mesmo que venham com algum tipo de sofrimento. Neste momento, temos de tomar uma decisão emergencial.

Dá para ser campeão com esse time?

– Possível é, o futebol te dá oportunidades, vamos jogar em Belo Horizonte e podemos eliminar o América-MG, que está em vantagem. Para isso, temos que mudar postura, imposição, agressividade, ser um time mais coeso, que briga mais, que se entrega mais. Se não tiver isso, não ganha do América-MG e não ganha de qualquer outra equipe. É o básico do futebol, não peço nada de anormal.

Mudanças na equipe

– Quem constrói jogo é quem joga no meio e ataque. Essas diferenças do nosso treinamento para o jogo é que temos que equacionar. E isso precisa ser passado para os atletas. Eu, ao longo do tempo, vou enxergando quem é que tem mais personalidade para jogar neste momento. Às vezes escalar uma equipe é baseada em outros fatores. Hoje entrei sem um homem de referência, estou analisando tudo, tenho de ter um time capaz de mudar uma situação, não é simplesmente ganhar jogo, tem de mudar uma situação. Aí tentamos acertar mais que errar, às vezes erramos. Temos que mudar atitude para que as coisas se encaixem de maneira diferente. Temos de fazer por merecer o resultado, não podemos simplesmente ganhar numa bola que desvia em alguém.

Mancini, Derrota, Coletiva, Irritação



LEIA TAMBÉM: Complicou! Justiça não aceita sede do Corinthians como garantia e bloqueia contas do clube

LEIA TAMBÉM: Corinthians confirma lesão em Cássio e não estipula prazo de retorno






4407 visitas - Fonte: Globo Esporte

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Mancini se prepare porque esses vagabundos vão te derrubar também!!!

Antonio Virginio     

Seja macho se o menino Matheus Pereira estiver bem coloque ele não dá pra ficar como está tem que descansar o Caddio coloque o Valter porra

Ocimar Melo     

Treinador deu entrevista dizendo q ia ter um time diferente, agressivo. Nada disso aconteceu. O goleiro deles nem trabalhou. Jogoi de terno o goleiro do América. Treinador demorou demais p mexer. E só trocou 6 por meia duzia.

Ocimar Melo     

Time horroroso, jogadores medíocres e um treinador fraco, de time pequeno. Nao da. Vegonha o q estao fazendo cm o nosso manto sagrado.

Onivaldo Amaral     

Jamais abandonarei o time, mas não consigo ver tantos jogadores lixo vestindo a camisa, com esses lixo se passando por jogador não vejo mais cansei, só que contínuo torcendo, e que vem a série B não vejo outra saída infelizmente!

Edynaldo Leite     

Isso é a mesma coisa de querer consertar um avião em pleno voo ,ou seja um time de série B e um tecnico de serie B ,

Olair Cassiano     

Muito jogador sem vontade nem uma de joga

Olair Cassiano     

são todos mercenários jogam por dinheiro não pela camisa não pelo Corinthians pelo dinheiro

Ivo Pereira     

Se o treinador se irritou imagine nós torcedores assistindo um futebol ridículo,os jogadores perdidos em campo sem conseguir fazer jogadas,e ainda os comentaristas fazendo piadas do time em campo porque não tinha como falar do futebol em campo apresentado pelo Corinthians.

Olair Cassiano     

O time inteiro fez corpo mole eu acho que é por causa dos salários atrasados dos jogadores paga os salários em dia pra você ve

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Qua - 21:30 - Castelão - Globo
Fortaleza
Corinthians

Último jogo - Brasileiro

Qua - 21:30 - Couto Pereira
Coritiba
0 1
Corinthians
Untitled Document
Classificação
1 Atletico-MG
2 Flamengo
3 São Paulo
4 Internacional
5 Fluminense
6 Palmeiras
7 Santos
8 Grêmio
9 Corinthians
10 Atletico Paranaense
11 Bahia
12 Fortaleza EC
13 Atletico Goianiense
14 Bragantino
15 Ceará
16 Sport Recife
17 Vasco DA Gama
18 Coritiba
19 Botafogo
20 Goiás
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
42 23 13 3 7 41 29 12 VVDEV
39 22 11 6 5 37 31 6 EDDEV
38 20 10 8 2 31 19 12 VVVEE
36 22 10 6 6 33 22 11 EDEDD
35 22 10 5 7 31 25 6 VVDDV
34 21 9 7 5 28 21 7 VVVVD
34 22 9 7 6 30 25 5 DVEVD
34 21 8 10 3 26 19 7 VVVVE
29 23 7 8 8 25 29 -4 VEDEV
28 22 8 4 10 19 21 -2 DVVVV
28 22 8 4 10 28 34 -6 DVVVD
28 22 7 7 8 22 20 2 DDDEV
27 22 6 9 7 20 27 -7 DDEEV
26 22 6 8 8 29 28 1 VDEVV
26 22 6 8 8 28 33 -5 EEDEE
25 22 7 4 11 19 29 -10 EVEDD
24 21 6 6 9 23 27 -4 EDVEE
20 23 5 5 13 20 32 -12 VEDDD
20 22 3 11 8 22 29 -7 EDDDD
15 20 3 6 11 22 34 -12 DEDDV
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Corinthians
3 Guarani Campinas
4 Ferroviária
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 7 2 3 18 9 9 VVVVV
17 12 4 5 3 15 10 5 EEEVV
16 12 4 4 4 16 14 2 EVVDD
15 12 3 6 3 13 9 4 VEEEV
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS