14/9/2020 09:12

Derrota mostra que problemas do Corinthians vão além do treinador

Em mais uma partida de pouco repertório ofensivo, Timão é vazado de forma fácil, e expõe limitação do elenco com desfalque de Fagner e substituições que trazem efeito quase nulo

Quem imaginou que seria só demitir Tiago Nunes para os problemas do Corinthians serem resolvidos, percebeu que estava enganado ao acompanhar a derrota do time para o Fluminense, por 2 a 1, no último domingo, no Maracanã. A limitação de repertório ofensivo, a facilidade com que o time é ameaçado e a falta de opções no elenco foram as mesmas que se via com o antigo treinador, sem contar que jogadores parecem continuar sem confiança para jogar.



É verdade que o trabalho de Tiago Nunes não encaixou, foram meses e meses de promessas que não foram entregues e meses e meses sem admitir culpa pelos problemas que o time vem apresentando desde o começo do ano. Mas é verdade também que o elenco, apesar de apresentar nomes fortes, não oferece profundidade para variações e para aplicar a filosofia que ele queria.

Isso continua afetando o clube e consequentemente o trabalho de qualquer treinador que for dirigir o time, como é o caso de Dyego Coelho. Com apenas um treino e um jogo, o técnico interino já diagnosticou que antes de qualquer imposição de sistema tático, terá de resgatar a confiança do elenco, abalada pela falta de resultados e pelo fracasso de um novo método de jogo.

A partir disso, provavelmente ele vai começar a tentar desenvolver o repertório ofensivo da equipe, que atualmente se limita a apostar nas cobranças de bola parada de Otero. O venezuelano é muito bom nesse quesito, mas não é um "kicker" do futebol americano que só entra em campo para executar tal função. Ele precisa oferecer mais e o Corinthians precisa ter mais alternativas.

Trunfos antigos, que funcionavam muito bem, mesmo nos momentos ruins, hoje estão deixando a desejar, como o sistema defensivo e as bolas em Jô. Na questão da defesa, talvez até mesmo pela falta da confiança, qualquer adversário ameaça a retaguarda corintiana e consegue marcar gols de forma simples. No ataque, a procura por Jô, que costuma corresponder, não acontece, já que as bolas não chegam e o centroavante precisar sair de sua posição.

Isso sem falar na falta que Fagner fez na partida do último domingo. Expulso no Dérbi, o lateral foi substituído por Michel Macedo contra o Fluminense. Dificilmente haveria um jogador que pudesse suprir o que Fagner representa, mas a diferença de nível foi muito nítida e evidenciou a dependência que o time tem em relação ao que o camisa 23 oferece, mas ela não pode ser tão grande.

Além do caso de Fagner, que é o mais evidente, é possível citar as entradas de Ramiro e Camacho nos lugares de Gabriel e Cantillo, todos jogadores que já provaram suas qualidades, mas a troca de "seis por meia dúzia" só mostra que não dá para fazer muito mais do que isso. Não há muito mais peças "diferentes" para mudar o cenário de um jogo, a profundida é muito baixa.

Os problemas corintianos vão muito além do comando técnico e aqui nem vamos tocar nas questões fora de campo. É possível que Dyego Coelho volte ao método que deu certo no clube na última década, acertando primeiramente o sistema defensivo e depois tornar o ataque um setor letal, cirúrgico, mesmo que o objetivo não seja conquistar o título. O Corinthians precisa voltar a ser um time, com começo, meio e fim. Hoje, o que se tem está bem longe disso.



Corinthians, Derrota, Problemas, Treinador, Elenco, SCCP





LEIA TAMBÉM:Melhor versão de Cazares foi em posição de Luan e Araos no Corinthians

LEIA TAMBÉM:Com 11 times diferentes no Brasileirão, Corinthians chega perto de 40 atletas usados no ano





774 visitas - Fonte: Lance

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

E manp tha complicado este time

Situação preocupante! Sem dúvida nehuma é o pior time do campeonato mas tem elenco pior por ai. Não tem muito o que fazer a não ser trabalhar mais, falar menos e começar a ganhar os jogos. Não é possível que esse elenco não pode jogar melhor. Esquecem libertadores, principal objetivo agora é somar pontos para ficar livre do rebaixamento. Mas precisa jogar bola, voltar para o chutao igual ano passado nao vai resolver. O Cassio ontem deu tanto bicao que ate pensei que era contra o Bayer.

Treinador nen chegou vc ja ta criticando..tenha paciencia

Gol anulado vc nao fala nada contra flu comtra bota .

Para de cornetar seu idiota. De apoio

Kleber Vellenev     

Sem time, sem técnico e passando vergonha, sem vontade, o Fluminense colocou o Corinthians na roda, o Corinthians quase não pegava na bola, sem técnica, um time de crianças; que vergonha!

Durval Carrara     

e o estelionatario Andrés Sanchez?

Joelcio Nobrega     

Duílio Monteiro Alves, ex-Diretor de Futebol foi o principal responsável pela montagem desse fraco e patético elenco.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Sáb - 21:00 - Nabi Abi Chedid - SP - Premiere
RB Bragantino
Corinthians

Último jogo - Brasileirão

Qua - 21:30 - Ilha do Retiro - Recife
Sport
1 0
Corinthians
Untitled Document
Classificação
1 Internacional
2 Atletico-MG
3 São Paulo
4 Vasco DA Gama
5 Flamengo
6 Palmeiras
7 Santos
8 Fluminense
9 Ceará
10 Fortaleza EC
11 Corinthians
12 Atletico Goianiense
13 Grêmio
14 Atletico Paranaense
15 Sport Recife
16 Bahia
17 Botafogo
18 Goiás
19 Coritiba
20 Bragantino
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
20 10 6 2 2 15 6 9 VEEVD
18 9 6 0 3 14 9 5 DVVDV
18 10 5 3 2 13 11 2 VDVEE
17 9 5 2 2 15 9 6 DEVDV
17 10 5 2 3 13 13 0 VVVVD
17 9 4 5 0 13 8 5 EEVVE
15 10 4 3 3 14 12 2 DEVVE
14 10 4 2 4 12 13 -1 VEDDV
13 10 4 1 5 10 12 -2 VVDDV
12 10 3 3 4 10 9 1 VDDVE
12 10 3 3 4 15 16 -1 VEDDV
12 9 3 3 3 9 11 -2 DEEVV
12 9 2 6 1 8 6 2 EDEVE
11 10 3 2 5 8 10 -2 DEDEV
11 10 3 2 5 10 13 -3 DVVDE
9 10 2 3 5 12 18 -6 DEDDD
9 9 1 6 2 9 11 -2 DEEED
8 8 2 2 4 11 13 -2 VDDEV
8 10 2 2 6 7 12 -5 VEDED
7 10 1 4 5 10 16 -6 DEDED
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota