10/8/2020 08:36

Jô mostra que estrela está em dia e deve fazer a diferença no Corinthians

Atacante foi contratado em meio à paralisação por conta da pandemia de coronavírus, e por pouco não foi inscrito para a segunda fase do Paulistão, mas quase decidiu a final

A história do Corinthians até a final do Paulistão-2020 já é por si só uma epopeia e dentro dela há outros enredos importantes a serem destacados, como a chegada de Jô, que quase não pôde ser inscrito na competição, mas em quatro jogos, marcou dois gols decisivos, recolocou o time em uma final praticamente perdida e mostrou que pode fazer a diferença na temporada.



Contratado durante a paralisação por conta da pandemia de coronavírus, o camisa 77 teve uma longa negociação com o Timão até assinar o contrato, muito por conta da saída turbulenta do Nagoya Grampus-JAP, que rescindiu o vínculo com o jogador alegando justa causa. Devido a esse entrave burocrático, ele correu alto risco de não participar do Campeonato Paulista.

Jô precisava aparecer no BID da CBF até o dia 20 de julho para ser inscrito no Paulistão até o dia 21, véspera da reestreia no estadual, o que acabou não ocorrendo, devido ao fuso horário e à demora dos japoneses para enviar a documentação necessária para o registro na entidade brasileira. Dessa forma, o atacante não pôde participar das duas rodadas finais da fase de grupos.

Restou ao ídolo alvinegro torcer para que seus companheiros conseguissem reverter uma situação complicada na competição, em que precisava vencer dois jogos e ainda torcer para que o Guarani não pontuasse, mas quis o destino que o poder de decisão de Jô estivesse presente na fase final do campeonato.

E nela o centroavante mostrou que sua estrela continua em dia. Logo na estreia de sua terceira passagem pelo clube, diante do Red Bull Bragantino, marcou de cabeça o segundo gol da vitória por 2 a 0, selando a vaga na semifinal. No jogo seguinte, contra o Mirassol, ainda que não tenha balançado a rede, foi o mais perigoso do ataque. Mesmo que ainda sem estar com as condições físicas ideais, tem inteligência, qualidade e posicionamento acima da média.

Já na primeira partida da decisão, enfrentando o Palmeiras, na Arena, ganhou, pelo alto e por baixo, praticamente todas as bolas que lhe foram lançadas no primeiro tempo, dando um trabalho enorme para a defesa adversária, algo que seus companheiros pouco conseguiram fazer em 180 minutos de Dérbi.

No segundo jogo, no Allianz Parque, mais uma vez Jô deu trabalho aos palmeirenses e até balançou a rede em um lance invalidado pela arbitragem, que marcou corretamente o impedimento. Mas que abriu o placar foi Luiz Adriano, aos três minutos da etapa final. O Corinthians, que já tinha pouquíssima inspiração ofensiva, parecia entregue, mas só parecia.

No último lance da partida, faltando alguns segundos para o término dos acréscimos, Sidcley lançou para a área e Jô, sempre ele, conseguiu dominar, sair da marcação já ajeitando para o pé esquerdo, até que Gustavo Gómez o derrubou dentro da área. Pênalti para o Timão, que o próprio camisa 77 bateu e marcou, dando ao time uma sobrevida, que levou a decisão para os pênaltis.

Jô ainda foi o responsável pela quinta cobrança da série corintiana, a qual ele converteu com segurança, mas dois de seus companheiros (Michel Macedo e Cantillo) já haviam desperdiçado as batidas, defendidas por Weverton, enquanto apenas um palmeirense não marcou em pênalti defendido por Cássio. O título ficou com o rival, mas para o Corinthians recebeu um bom sinal de que o "filho do Terrão" voltou com a estrela e o poder de decisão em dia.

Depois do descanso do elenco no último domingo, o Timão terá mais dois treinos antes de estrear pelo Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-MG, nesta quarta-feira, às 19h15, no Mineirão, pela 2ª rodada da competição. Jô deverá continuar com a titularidade comando do ataque alvinegro, seu concorrente para a posição, Boselli, ainda se recupera de cirurgia na face.



Corinthians, Jô, Timão, SCCP, Estrela





LEIA TAMBÉM:Com atividade tática, Timão segue preparação para encarar Sport

LEIA TAMBÉM:Luan tenta se reencontrar no Timão sob o comando de Coelho




1278 visitas - Fonte: Lance

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Paulo Moreira     

Campeonato longo desse jo n vai aguentar todos os jogos. N tem banco. O boselli n vai sobreviver nesse esquema. 2 divisao vem ai. Triste demais o papel do andres e da diretoria.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Sáb - 21:00 - Nabi Abi Chedid - SP - Premiere
RB Bragantino
Corinthians

Último jogo - Brasileirão

Qua - 21:30 - Ilha do Retiro - Recife
Sport
1 0
Corinthians
Untitled Document
Classificação
1 Internacional
2 Atletico-MG
3 São Paulo
4 Vasco DA Gama
5 Flamengo
6 Palmeiras
7 Santos
8 Fluminense
9 Ceará
10 Fortaleza EC
11 Corinthians
12 Atletico Goianiense
13 Grêmio
14 Atletico Paranaense
15 Sport Recife
16 Bahia
17 Botafogo
18 Goiás
19 Coritiba
20 Bragantino
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
20 10 6 2 2 15 6 9 VEEVD
18 9 6 0 3 14 9 5 DVVDV
18 10 5 3 2 13 11 2 VDVEE
17 9 5 2 2 15 9 6 DEVDV
17 10 5 2 3 13 13 0 VVVVD
17 9 4 5 0 13 8 5 EEVVE
15 10 4 3 3 14 12 2 DEVVE
14 10 4 2 4 12 13 -1 VEDDV
13 10 4 1 5 10 12 -2 VVDDV
12 10 3 3 4 10 9 1 VDDVE
12 10 3 3 4 15 16 -1 VEDDV
12 9 3 3 3 9 11 -2 DEEVV
12 9 2 6 1 8 6 2 EDEVE
11 10 3 2 5 8 10 -2 DEDEV
11 10 3 2 5 10 13 -3 DVVDE
9 10 2 3 5 12 18 -6 DEDDD
9 9 1 6 2 9 11 -2 DEEED
8 8 2 2 4 11 13 -2 VDDEV
8 10 2 2 6 7 12 -5 VEDED
7 10 1 4 5 10 16 -6 DEDED
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota