11/11/2019 16:50

Ex-auxiliar de Carille conta os bastidores do Corinthians e o que está faltando na atual equipe

Fabinho esteve na Gazeta no último domingo (10 de novembro) e contou sobre o que levou o técnico Fabio Carille a ser demitido

Ex-assistente técnico do Corinthians, Fabinho foi um dos convidados do programa Mesa Redonda, na TV Gazeta, exibido neste domingo. O profissional falou sobre a fase negativa vivida pelo Timão comandada por Fábio Carille e comentou sobre o mal estar gerado pelas declarações do treinador.



LEIA TAMBÉM: Corinthians tem desfalque e três reforços para jogo contra o Internacional

Na opinião de Fabinho, o grupo de jogadores não soube receber as críticas de Carille. Para o assistente técnico, demitido um dia após do treinador, os atletas mais experientes não exerceram uma liderança para amenizar o momento de instabilidade.

A gente teve o problema do debate entre o presidente e o treinador, os jogadores estavam no meio disso. Acho que faltou um pouco de maturidade. A gente tem jogadores com essa característica, como Ralf, mas acho que falta um pouquinho deles chamarem a responsabilidade. O grupo é muito jovem, tem o Pedrinho, que está maturando, tem o Vital”, afirmou o assistente.

Fabinho também garante que não sentiu os jogadores insatisfeitos com as declarações de Carille nas entrevistas coletivas. O treinador chegou a atribuir o mau desempenho da equipe à inexperiência de jogadores como Mateus Vital e Pedrinho.

Tem se falado muito que os jogadores ficaram muito chateados com as declarações do professor Carille. Acho que ele expôs algo que estava sentindo, alguns jogadores ficam chateados, outro externam de outra maneira. Tem gente que guarda isso para o campo, para dar a volta por cima pela qualidade que tem. Eu não acredito que perdeu o vestiário, até porque ele sempre foi muito franco no trato com o jogador. Sempre procurou chamar e falar cara a cara. A gente não notou no dia a dia nenhuma insatisfação por parte deles”, disse.

Desde que Dyego Coelho assumiu o comando interinamente do Corinthians, o Alvinegro venceu o Fortaleza e empatou com o Palmeiras. Apesar da melhora do desempenho apresentado pela equipe nesses dois jogos, Fabinho não acredita que o time passou a jogar com mais vontade depois da demissão de Carille.



Quando chega um treinador novo, até pelas mudanças que foram feitas, é normal que o grupo dê uma resposta. Não acredito que eles sacanearam para o professor Carille cair. Creio que foi uma fase ruim e os resultados não vieram. Desde 2017, o time vem ganhando, quatro títulos em três anos, então é normal a fase ruim”, finalizou.

Corinthians, Carille, Fabinho, Bastidores, Timão



LEIA TAMBÉM: Corinthians teve as contas bloqueadas em de R$ 500 mil em ação de Marcelo Mattos

LEIA TAMBÉM: Cúpula do conselho corintiano vê desrespeito ao órgão em ação contra Andrés

LEIA TAMBÉM: Discussão no telefone, briga aberta e até o Corinthians: como futuro de Tévez virou novela


5775 visitas - Fonte: FOX Sports

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Embora todos nós sabemos que a bolerada do Corinthians São péssimos jogadores.

Esse time do Corinthians só sabe jogar na retranca,vamos ver se com tiago nunes,se vai jogar bonito como o santos de Sampaoli.

CARLOS SILVA     

Os jogadores são fracos e usaram o treinador como boi de piranha ele tinha seus problemas na montagem da equipe com certeza mais quem não sabe dar um passe se 10 metros ou fazer um cruzamento de qualidade ou far um dois são os jogadores o Cássio por exemplo falhou várias vezes esse ano o Fagner alguém viu ele fazer um jogo muito bom esse ano assim fica difícil!!!!

Ronaldo Machado     

Tá nítido como água. Quem viu o jogo contra o Fla. Pode dizer foi sim para derrubar pois se tivesse ganho ele não sairia. Foi bom para ele e melhor para nos.

Os caras ficam arrumando desculpas, a vdd é q o trabalho foi uma m.... Pq o Carille voltou da Arábia muito arrogante, s/ um pingo de humil

Time retranqueiro desde o começo do ano, joga sofrendo culpa do retranqueiro

Esse Fabinho foi um volante meia boca, como auxiliar do Fábio Karalho foi e continua sendo meia boca só que um agravante, sem os dentes.. Ah vai se lascar seu 11 dedos!!!

Carlos Parafuso     

O jogador que recebe seu salário, entra em campo para jogar com responsabilidade não se preocupa com críticas, ele prova na prática e promove o cala boca sem necessidade de palavras...

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians
Corinthians
1 1
Ituano
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota