7/11/2019 15:46

Caio Ribeiro analisa um Corinthians mais solto na estreia de Coelho na equipe

Time não vencia havia oito jogos e acabou com jejum após troca no comando técnico

Para Caio Ribeiro, comentarista do Grupo Globo, o Corinthians já foi "muito diferente" na estreia de Dyego Coelho como substituto de Fábio Carille.



LEIA TAMBÉM: Veja a opinião dos jogadores sobre a contratação de Tiago Nunes no Corinthians

Depois de oito partidas sem vencer na temporada, a equipe derrotou o Fortaleza por 3 a 2, na última quarta-feira, em casa.

Jogou bem, fez três gols, propondo o jogo, marcando lá em cima. Muito diferente das últimas partidas – comentou.

– Mudança de comportamento tático. O Corinthians estava correndo, o Corinthians estava lutando. É só soltar mais o time, só botar para jogar no campo de ataque, dar liberdade para o Pedrinho, ter uma proposta mais ofensiva. O resultado veio.



O próximo compromisso do time atualmente treinado por Coelho no Campeonato Brasileiro será o clássico de sábado contra o Palmeiras, no Pacaembu.

Corinthians, Caio Ribeiro, Coelho, Timão



LEIA TAMBÉM: Corinthians teve as contas bloqueadas em de R$ 500 mil em ação de Marcelo Mattos

LEIA TAMBÉM: Cúpula do conselho corintiano vê desrespeito ao órgão em ação contra Andrés

LEIA TAMBÉM: Discussão no telefone, briga aberta e até o Corinthians: como futuro de Tévez virou novela


2814 visitas - Fonte: Globoesporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Leandro Melo     

Só dar Timão

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians
Corinthians
1 1
Ituano
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota