15/9/2019 20:03

Após fim de invencibilidade, Carille analisa primeiro turno do Corinthians

O Corinthians perdeu uma invencibilidade de 14 jogos - sendo nove pelo Campeonato Brasileiro - na tarde deste domingo, ao ser derrotado pelo Fluminense no Mané Garrincha, em Brasília, no Distrito Federal. Com o término do primeiro turno da competição, os comandados de Fábio Carille acumularam 32 pontos, ficando na quinta colocação. Em entrevista coletiva após a partida, o treinador analisou o fim da sequência sem perder e aproveitou para fazer um balanço dos 19 jogos até agora.



- Depois de uma sequência, perdemos. Voltamos com atitude, aguerrido, não dá pra pedir motivação, técnico de time grande tem que se preocupar com parte tática. Arrisquei, e mesmo assim não sofremos perigo. Trazer o Vital e o Jadson para armar e ter passe mais qualificado, mas não deu pra empatar. Falando das 19 rodadas, até a parada tivemos dificuldade, como no Paulista, estava difícil, mas era esperado por formar um time novo - afirmou o treinador, completando:

- Usamos a pré-temporada para preparar o time, mas agora tem cara de time, com entendimento. A gente virou o turno com 14 pontos de vantagem em 17, e enroscou até a vitória contra o Palmeiras, que foi fundamental, para arrancar com mais três vitórias e conquistar o título. Tem muita coisa para acontecer, mas fica difícil quando os da frente ganham e a gente não, mas tem muita coisa para rolar

A derrota do Corinthians neste domingo acabou tendo um vilão: o goleiro Cássio. Aos 39 minutos do primeiro tempo, o arqueiro acabou cometendo um falha gigante e aceitando a finalização de Paulo Henrique Ganso, que acabou sendo o autor do gol do Fluminense. Fábio Carille, ao ser questionado sobre o erro de seu comandado, fez questão de ressaltar a credibilidade que o mesmo segue tendo dentro do elenco, comparando com outras situações do futebol.

- Erros acontecem, Cássio tem credibilidade, o que já fez, o que fará. No gol do Ceará, vamos falar da qualidade do cara, virar o pé do jeito que ele fez, só vi o Roberto Carlos, em 2010. E é algo que eu treino, pé aberto a bola sai um pouco mais, o jogador foi muito feliz. Hoje foi falha, acontece, somos humanos, a gente erra, eles erram, tem toda credibilidade. Campo, nem pegou no chão, foi uma falha técnica. Acontece - finalizou o treinador.

No sábado, o Corinthians volta a campo pelo Campeonato Brasileiro, abrindo o segundo turno diante do Bahia. Antes, na quarta-feira, o Timão irá disputar a ida da semifinal da Conmebol Sul-Americana, quando receberá o Independiente del Valle, do Equador.



Corinthians, Carille, Coletiva, Análise, Primeiro turno



LEIA TAMBÉM: Fifa de olho: Corinthians tem até julho para pagar clube por dívida com jogador

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Love ou Boselli: qual deles deve ter seu contrato renovado pelo Corinthians?

LEIA TAMBÉM: Novo manto aprovado? Torcedores se dividem nas redes sobre uniforme do Timão para a temporada


JÔ PODE VOLTAR FINAL DO ANO, DUÍLIO RESPONDE SOBRE ROGER GUEDES E KENO, BRIGA: JADSON X TIAGO NUNES

2019 visitas - Fonte: Lance

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Kayo Torres     

A verdade e uma so o Corinthians com jogadores Janderson esse lateralzinho time que quer chegar nao pode perder pra fluminense nunca jamais ganço deitando nos caras no .eu time aqui em goiania tem jogador que joga mais que esse jánderson e esse lateral pelo or de deus e o carille diz que o time jogou bem nem uma defesa do goleiro do Fluminense love morto tinha que criar era verginha nessa cara de vcs

O carille não tem que edir empenho, mas exigir,igual rofessor com o seus alunos vai Corinthians, até a proxima parta

Noel Coelho     

Nóssa! Não foi um frango do Cássio, foi um peru.

Esse Carile TBM tem que ir p a china, arábia o raio que o parta o medroso covarde não consegue fazer esses time jogar bem um, unzinho jogo bem, isso é um pereba téc de várzea já deu some logo e contrata técnico q saiba dar uma base de jogo time q saiba defender e tbm atacar pq os do Carile não sabe atacar e ultimamente não sabe nem se defender, em 3 jogos contra esse timinho do Tapetense não venceu nenhum AFF

Treinador não tem que pedir tem que exigir empenho sim futebol não é feito só se técnica e tática mas também de garra vontade e enpenho os grandes vencedores são os que aliam isso tudo inclusive o nosso Corinthians multi campeão e se o treinador não cobra deixa a vontade a casa cai mesmo........

De novo desculpa, ha si pagasse imposto ce e Cássio tava ferrado

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians
Corinthians
1 1
Ituano
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota