20/4/2016 08:06

Tite vetou Ronaldinho no Alvinegro

De Vitor Birner

O veterano foi oferecido faz cerca de 2 meses.

Os empresários do atleta foram ao Parque São Jorge munidos do plano de marketing, econômico, para convencerem o presidente Roberto Andrade.

Realistas, citaram salários de R$300 mil mensais, que se enquadram no padrão do clube, mais parte da arrecadação em ações de marketing feitas pelo jogador.

O dirigente não ficou empolgado, mas foi escutar dirigentes com quem divide as decisões sobre o futebol da agremiação, o que reforçou a ideia de recusar.

A questão era dentro do gramado. Qual tipo de impacto causaria a chegada de alguém que dificilmente treinaria com a mesma intensidade do elenco. Mesmo propenso a não querer o atleta, solicitou o parecer do Tite.

Dispensar a sabedoria do treinador para referendar a contratação de qualquer boleiro, por motivos óbvios, seria pouco inteligente.

Ninguém podia garantir, com plena convicção, que o especialista em formar elenco, implementar esquema tático e tudo mais que diz respeito ao jogo de futebol, não pensaria na maneira de fazer o Ronaldinho agregar algo ao time.

Como os cartolas imaginaram, o maior ídolo atualmente do torcedor referendou o veto ao jogador.

Mantendo os pés no gramado

Ronaldinho não se encaixa na filosofia de futebol do Alvinegro. O último jogador contratado para brilhar, a estrela, foi Pato.

O emprestado ao Chelsea, nos treinamentos, se engaja mais que o mais renomado e campeão.

No Corinthians os resultados positivos são frutos acima de tudo da força coletiva. O personagem midiático, acostumado com regalias, tem perfil distinto do necessário.

Por isso a recusa foi a melhor opção.

O futebol é o maior propulsor da parte econômica. Enquanto for observado, por quem não é da agremiação, como ganhador, as possibilidade de aumento das arrecadações e êxito com marketing são maiores.

A vitrine com maior exposição

O Alvinegro é o clube, hoje, com maior potencial para alavancar qualquer jogador na mídia.

Tem torcida enorme e como consegue ganhar campeonatos, os acertos potencializam os feitos dos atletas, e isso possibilita negócios de marketing.

Os empresários do Ronaldinho ofereceram o pé de obra do cliente noutras agremiações. Mas, se conseguissem que fosse ao Corinthians, poderiam aproveitar o apelo comercial da instituição e a força do time que ganha campeonatos.

Ou seja; conseguiriam mais dinheiro com os comerciais que noutro clube, valorizariam o jogador se, é óbvio, fosse capaz de mostrar competitividade e qualidade nos gramados, o que em tese demandaria muita dedicação nos treinamentos.

De qualquer maneira seria grande oportunidade, para quem agencia o veterano, se fosse contratado pelo atual campeão do torneio de pontos corridos.

Qualquer outra agremiação gigante, que quiser contar com o jogador, tem condição de obter êxito na empreitada.

Faço referência ao porte porque a impressão, no fim de carreira, é que prioriza ganho$ ao futebol. No marketing de massa, o tamanho e a popularidade da 'grife do expositor' são fundamentais para os negócios.



VEJA TAMBÉM
- Pré-jogo: Corinthians x Fluminense
- Jornal crava: João Victor está de malas prontas para deixar o Timão após o segundo jogo contra o Boca Juniors
- VP queria a permanência de Mantuan

LEIA TAMBÉM: Róger Guedes ou Jô? Em funções diferentes, jogadores lutam por posição no Corinthians

LEIA TAMBÉM: Insatisfação, protesto e cobranças, veja como surgiu a crise no Corinthians

LEIA TAMBÉM: Corinthians inicia Brasileirão em crise, mas tem potencial de evolução












225930 visitas - Fonte: Blog do Birner

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Sáb - 16:30 - Maracanã - Premiere
Fluminense
Corinthians

Último jogo - Libertadores

Ter - 21:30 - Neo Quimica Arena
Corinthians
0 0
Boca Juniors
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Corinthians
2 Inter De Limeira
3 Santo André
4 Botafogo Sp
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
25 12 7 4 1 17 9 8 EVVEV
18 12 6 0 6 8 12 -4 VVVDV
13 12 3 4 5 9 13 -4 DEDVV
12 12 2 6 4 10 15 -5 DEVEE
Untitled Document
Classificação
1 River Plate
1 Atletico-MG
1 Palmeiras
1 Internacional
1 São Paulo
1 Barcelona SC
1 Argentinos JRS
1 Flamengo
2 Defensa Y Justicia
2 Fluminense
2 LDU De Quito
2 Boca Juniors
2 Always Ready
2 Racing Club
2 Cerro Porteno
2 Atletico Nacional
3 Rentistas
3 Independiente Del Valle
3 Olimpia
3 Real Esppor Club
3 Velez Sarsfield
3 Santos
3 Club Nacional
3 Santa Fe
4 Union La Calera
4 Sporting Cristal
4 Universitario
4 The Strongest
4 America De Cali
4 Deportivo Tachira FC
4 U. Catolica
4 Junior
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
7 3 2 1 0 7 2 5 EVV
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
3 2 1 0 1 4 2 2 DV
6 2 2 0 0 5 0 5 VV
9 3 3 0 0 7 0 7 VVV
6 2 2 0 0 4 0 4 VV
9 3 3 0 0 10 5 5 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 7 6 1 EVD
6 3 2 0 1 3 1 2 VVD
3 2 1 0 1 3 2 1 VD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 2 4 -2 VED
4 2 1 1 0 6 4 2 VE
1 2 0 1 1 1 3 -2 ED
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
3 2 1 0 1 4 4 0 DV
2 2 0 2 0 1 1 0 EE
3 3 1 0 2 5 6 -1 DDV
3 3 1 0 2 5 4 1 DDV
1 2 0 1 1 4 6 -2 DE
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED
1 3 0 1 2 3 8 -5 EDD
0 2 0 0 2 1 5 -4 DD
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD
0 3 0 0 3 0 10 -10 DDD
0 2 0 0 2 1 4 -3 DD
3 2 1 0 1 3 6 -3 VD
0 2 0 0 2 0 4 -4 DD
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED