31/7/2014 08:27

Jogadores compram discurso de Mano, e Timão cresce taticamente

Desentendimentos ficam no passado, e técnico estabelece padrão de posicionamento e movimentação para os atletas do Corinthians no Brasileirão

O técnico Mano Menezes gerou controvérsia entre os torcedores do Corinthians no início deste ano. Escolhido para substituir Tite, o comandante acabou eliminado na primeira fase do Campeonato Paulista. Agora, o cenário é outro: vice-líder do Brasileirão e com uma equipe entrosada, o Timão tem na preocupação tática do treinador um importante fator para o sucesso conquistado até aqui. As pausas e orientações durante os treinamentos refletem a postura rígida nesse aspecto.

Se antes a reclamação era a de que os jogadores não entendiam o que o técnico desejava, no momento o Corinthians parece se encaixar. Mano parece mais "didático" para os atletas. Nem parece o time que, nas palavras de Emerson Sheik, não entendia o que o treinador tinha a dizer. E nem foi só o atacante que hoje está no Botafogo que reclamava de Mano. Vários jogadores, ainda no elenco, se queixavam do treinador nos bastidores - justamente por uma suposta "falta de diálogo" e também de padrão tático.
Mas tudo mudou. O meio-campo, com Ralf, Elias, Petros e Jadson, se consolidou. Ainda há no banco de reservas Renato Augusto, Lodeiro e Danilo. No ataque, a briga pela parceria com Paolo Guerrero tem Ángel Romero, Romarinho e Luciano. Um trunfo para a equipe equilibrar a utilização dos atletas entre Brasileirão e Copa do Brasil.

- A equipe toda cresceu. Zaga, meio e ataque. O meio-campo ganhou um entrosamento muito bom, e as coisas têm dado certo, com movimentação e um conhecendo mais o outro - explicou Jadson.

Nas atividades no CT Joaquim Grava, é notável o esforço de Mano para que cada jogador preste atenção à respectiva função no esquema tático. O lateral Fagner é o maior exemplo disso: após a falta de ritmo no retorno ao Corinthians, o jogador aproveitou a pausa para a Copa do Mundo e evoluiu defensivamente. O lado direito se fortaleceu, e a equipe passou a sofrer menos com o jogo aéreo adversário.

Para os jogadores, o efeito é imediato. A disciplina no posicionamento se reflete principalmente nas partidas fora de casa: o fato de estudar os adversários e jogar de acordo com o estilo de cada um, mas sem grandes mudanças táticas, fez com que o Timão não perdesse nenhuma como visitante até aqui: são duas vitórias e três empates.

- O Mano é um cara que se comunica bastante com os jogadores. Passa instruções, preza a parte tática, cobra posicionamento e ainda ajuda bastante nos jogos. Quando a equipe está posicionada, você sabe o que vai fazer e sabe o que o companheiro vai fazer. O grupo está fortalecido e junto com ele nessa caminhada - completou Jadson.

2349 visitas - Fonte: GloboEsporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias