10/6/2014 13:14

No Brasil em 1950, o Baltazar foi o Corinthians na Copa do Mundo

Baltazar foi destaque de um dos ataques mais vitoriosos de toda a história do Timão

Em dois dias, começa a Copa do Mundo FIFA 2014, a segunda vez que a competição será realizada no Brasil. Na primeira oportunidade, em 1950, a seleção brasileira jogou seis partidas, venceu quatro, empatou uma e perdeu uma.

Durante o torneio, apenas um atleta era jogador do Corinthians atuou com camisa do Brasil, que na época ainda era branca. O treinador Flávio Costa incluiu o atacante Baltazar entre os 22 convocados que representaram o país. O “Cabecinha de ouro” começou a competição como titular, e nas duas primeiras partidas, marcou dois gols, depois foi parar no banco de reservas.

Pelo Corinthians, Baltazar entrou em campo 409 vezes e fez 267 gols, tendo a cabeçada como principal característica, que fazia até o atacante se colocar acima de Pelé: “Nunca fui muito bom com os pés. Mas com a cabeça, nem o Pelé foi melhor do que eu.”




PALMEIRAS CAMPEÃO MUNDIAL? SÃO PAULO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL? PALPITES PARA O ANO DE 2020

LEIA TAMBÉM: Reforços contratados para 2020 já tem "a cara" que Tiago Nunes quer dar ao Corinthians; confira

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Para você, vale a pena o grande investimento para contratar Rony?

LEIA TAMBÉM: Rony no Corinthians? Confira o que está impedindo a negociação



6312 visitas - Fonte: Agência Corinthians

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Florida Cup

Sáb - 19:30 - Orlando City Stadium - SPORTV
Atlético Nacional
Corinthians

Último jogo - Florida Cup

Qua - 20:00 - Orlando City Stadium
Corinthians
2 1
New York City
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota