9/6/2014 13:36

Corinthians cedeu jogadores em quatro títulos mundiais da seleção brasileira

A história do Corinthians é repleta de grandes jogadores que além de honrar a camisa do Timão dentro dos campos, vestiram com louvor a amarelinha da seleção brasileira em Copas do Mundo FIFA. A presença de atletas alvinegros parece dar sorte ao Brasil, já que nos cinco títulos mundiais, apenas no bicampeonato, em 1962, a nossa seleção não contava com corinthianos na lista de convocados.

Em 1958, no primeiro título de Copa do Mundo conquistado pelo Brasil, dois jogadores representavam o Corinthians no elenco. O goleiro Gylmar dos Santos Neves, tido por muitos como o maior goleiro da história do Corinthians e atuou pelo clube 395 vezes, foi o goleiro titular na campanha do título inédito para o nosso país. Em seis confrontos, foram somente quatro gols tomados, sendo que todos esses foram nas partidas de semifinal e final. Outro atleta alvinegro que esteve presente foi o zagueiro Oreco, que atuou pelo Timão por oito anos, mas não entrou em campo no caminho até o primeiro título mundial, já que era reserva do inesquecível Nilton Santos.

Após um título sem atletas do Corinthians em campo, veio o título de 1970. Naquele que viria a ser um dos maiores times em copas do mundo, dois jogadores do Timão foram ao México com a seleção brasileira. No banco, estava o goleiro Ado, reserva de Felix à época. Mas era na ponta-esquerda que estava o maior representante alvinegro. Roberto Rivellino, com sua patada atômica foi fundamental na conquista do tricampeonato, fazendo três gols na campanha, um deles na semifinal, contra o Uruguai.

Em 1994, apenas um jogador do Corinthians esteve convocado para a seleção. O atacante Viola já estava em sua segunda passagem pelo Timão e acumulava prêmios de artilharia, mas na Copa do Mundo, jogou apenas por alguns minutos, no segundo tempo da prorrogação da decisão contra a Itália, participando da melhor jogada brasileira na partida, arrancando do meio de campo, driblando a defesa adversária e rolando para Romário, que finalizou para fora.

No pentacampeonato, em 2002, eram quatro alvinegros representando a seleção canarinho, Dida, Ricardinho, Vampeta e Luizão foram os convocados por Felipão. Nenhum dos três foi titular durante a campanha, mas todos entravam no decorrer das partidas. Mas o momento marcante dos corinthianos nessa copa, ficou por conta de Vampeta que no encontro com o presidente, no Palácio do Planalto, vestia a camiseta do Corinthians, que no ano havia ganho o Torneio Rio-São Paulo e a Copa do Brasil.



VEJA: Clique aqui e veja a baita viagem que a Mandala Turismo preparou para você aproveitar Capitólio-MG


LEIA TAMBÉM: Odebrecht declara que Corinthians quitou dívida da Arena

LEIA TAMBÉM: Em entrevista coletiva, Andrés afirma: "Não vamos perder o estádio"

LEIA TAMBÉM: Andrés sobre o interesse de time Chinês em Carille:"Foi chuva de verão"

3207 visitas - Fonte: Agência Corinthians

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias