19/3/2014 19:49

Corinthians tem histórico positivo após eliminações traumáticas


FOXSports.com.br relembra o desempenho do time do Parque São Jorge após fracassos recentes no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores

Nos últimos anos, Corinthians conseguiu resultados positivos depois de eliminações (FOX)
Nos últimos anos, Corinthians conseguiu resultados positivos depois de eliminações (FOX)

O Corinthians conheceu no último domingo mais um vexame em sua história. Eliminado na fase de grupos do Campeonato Paulista com uma rodada de antecedência, o Timão não fez jus a seu elenco milionário e à estrutura do clube, ficando aquém do rendimento de equipes que contam com orçamento bem mais modesto, como Botafogo-SP, Ituano e Audax-SP.


Eliminações precoces nos últimos anos, no entanto, têm significado sucesso em curto prazo para o time do Parque São Jorge. Em três casos recentes, o Timão mostrou força para dar a volta por cima e se renovar, conquistando títulos como o Campeonato Brasileiro de 2011, além da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes de 2012. Confira a lista elaborada pela redação doFOXSports.com.br com fracassos recentes do Corinthians, que refletiram em títulos para o clube:


Campeonato Paulista de 2008


O início de uma reconstrução


Em sua primeira competição após assumir o Corinthians, Mano Menezes precisou enfrentar logo de cara uma eliminação precoce. Com um time em reconstrução após o rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2007, o Timão acabou eliminado ainda na primeira fase do Paulistão de 2008. Após disputar as 19 rodadas da fase classificatória, o time do Parque São Jorge somou apenas 33 pontos, dois a menos que a Ponte Preta, última equipe a garantir uma das quatro vagas às semifinais.



Corinthians estava entre as melhores defesas do campeonato


Na última partida, o Alvinegro acabou eliminado após perder fora de casa para o Noroeste, desperdiçando assim o empate da Macaca com o Santos, resultado que classificaria e equipe de Finazzi e companhia em caso de vitória na cidade de Bauru.



Time de Mano pecou na reta final e não conseguiu vencer na última rodada do Campeonato Paulista de 2008


O reflexo


Após cair de forma precoce no Campeonato Paulista de 2008, o Corinthians de Mano Menezes surpreendeu muitos com uma campanha elogiada na Copa do Brasil. Eliminando Barras-PI, Fortaleza, Goiás, São Caetano e Botafogo, o Timão chegou à grande decisão para encarar o Sport. Após vencer o time pernambucano por 3 a 1 no Estádio do Morumbi, o time do Parque São Jorge acabou derrotado por 2 a 0 na Ilha do Retiro, ficando assim com o vice-campeonato.


Cumprindo tabela na Série B


Após o encerramento do Estadual, a diretoria foi ao mercado e reforçou o time com nomes que marcaram passagem como o volante Elias e os meias Douglas e Morais. No Campeonato Brasileiro da Série B, principal objetivo do clube na temporada, o Corinthians não encontrou dificuldades entre seus adversários, e confirmou seu acesso à divisão de elite do futebol nacional com cinco rodadas de antecedência e apenas duas derrotas, na equipe que contava com o volante Cristian. Esse grupo formou a base que conquistou o Paulistão invicto e a Copa do Brasil na temporada seguinte, já com o reforço de Ronaldo com a camisa 9.


Copa Libertadores de 2011


Um vexame histórico


Em uma dos maiores vexames da história do futebol brasileiro, o Corinthians tornou-se o primeiro e até agora único time eliminado na primeira fase da Copa Libertadores da América. Terceiro colocado no Campeonato Brasileiro de 2010, o Timão precisou disputar contra o desconhecido Tolima (COL) uma vaga na fase de grupos do torneio continental daquela temporada.




Após empatar em 0 a 0 no Estádio do Pacaembu, o time do Parque São Jorge foi à cidade de Ibagué, e teve uma das piores atuações do clube. Derrotado por 2 a 0 com gols de Santoya e Medina, o Corinthians deu adeus ao sonho de conquistar pela primeira vez a competição. O Estádio Manuel Murillo Toro entrou para a história por receber a última partida oficial do atacante Ronaldo, que anunciou sua aposentadoria logo em seguida.



O reflexo


Muito cobrada pelos torcedores após o vexame na Colômbia, inclusive com apedrejamento do ônibus do time no retorno ao Centro de Treinamento Joaquim Grava, a equipe sofreu uma verdadeira reformulação com as saídas de cinco titulares: Roberto Carlos (Anzhi Makhachkala), Jucilei (Anzhi Makhachkala), Bruno César (Benfica), Dentinho (Shakhtar Donetsk) e Ronaldo (aposentado).



Com a chegada de jogadores importantes como o meia Alex e o atacante Emerson, o técnico Tite reformulou o time do Corinthians, e deu espaço a jogadores como o volante Paulinho, o lateral-esquerdo Fábio Santos e o jovem atacante Willian, que se firmaram na equipe titular.


Brigando ponto a ponto até a última rodada com o Vasco, o Timão terminou a temporada 2011 com a conquista do pentacampeonato brasileiro após empatar em 0 a 0 com o rival Palmeiras, no Pacaembu, um dia depois de perder um de seus maiores ídolos, Sócrates, que faleceu por conta de uma hemorragia digestiva.



Campeonato Paulista de 2012


O jogo do título


Então campeão brasileiro, o Corinthians entrou no Campeonato Paulista de 2012 como favorito ao título, tentando quebrar a série de taças estaduais do Santos de Neymar. Com uma campanha de 80% de aproveitamento na classificação, com 14 vitórias em 19 partidas, o time encerrou a primeira fase como líder isolado, garantindo vaga para pegar a Ponte Preta, oitava colocada, nas quartas de final.



Os torcedores do Alvinegro, no entanto, não contavam com uma atuação desastrosa do goleiro Júlio César no Estádio do Pacaembu. Com dois frangos do camisa 1, o Timão acabou eliminado por 3 a 2 pela Macaca, então comandada pelo técnico Gilson Kleina. Os 24.254 torcedores não pouparam a equipe de críticas e manifestações.


O reflexo


A má atuação diante da Ponte Preta custou a titularidade a Júlio César. Criticado por torcedores, o goleiro acabou no banco de reservas, dando lugar a Cássio no time principal. Seguro e frio, o camisa 12 foi peça fundamental a partir das oitavas de final da Copa Libertadores, com defesas importantíssimas nas partidas contra Emelec (EQU), Vasco, Santos e Boca Juniors (ARG).



Com Cássio em sua formação inicial, o Corinthians do técnico Tite conquistou de forma invicta a Libertadores, celebrando pela primeira vez o tão sonhado título. Meses mais tarde, a equipe do Parque São Jorge faturou sua segunda taça do Mundial de Clubes da FIFA após bater o Chelsea (ING) na decisão, encerrando com chave de ouro uma temporada que começou com ares de drama.





LEIA TAMBÉM: Corinthians mantém conversas por Luan, mas Grêmio exige receber dinheiro pelo atacante; veja o valor

LEIA TAMBÉM: [COMENTE AQUI] Boselli deve ficar no Timão para a próxima temporada?

LEIA TAMBÉM: Diretor financeiro do Corinthians confirma dinheiro para reforços em 2020: "Temos como pagar"



4245 visitas - Fonte: Foxsports

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Campeonato Brasileiro

Dom - 16:00 - Arena Corinthians - Premiere
Corinthians
Fluminense

Último jogo - Campeonato Brasileiro

Dom - 16:00 - Arena Corinthians
Corinthians
1 2
Fluminense
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Santos
3 Palmeiras
4 Grêmio
5 Atletico Paranaense
6 São Paulo
7 Internacional
8 Corinthians
9 Fortaleza EC
10 Goiás
11 Bahia
12 Vasco DA Gama
13 Atletico-MG
14 Fluminense
15 Botafogo
16 Ceará
17 Cruzeiro
18 CSA
19 Chapecoense-sc
20 Avai
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
90 38 28 6 4 86 37 49 VVVVD
74 38 22 8 8 60 33 27 VDVDV
74 38 21 11 6 61 32 29 DDDVV
65 38 19 8 11 64 39 25 VDVVD
64 38 18 10 10 51 32 19 VVEVE
63 38 17 12 9 39 30 9 EVDVV
57 38 16 9 13 44 39 5 EDVDV
56 38 14 14 10 42 34 8 DVDVD
53 38 15 8 15 50 49 1 EVVEV
52 38 15 7 16 46 64 -18 VVDDV
49 38 12 13 13 44 43 1 DEVED
49 38 12 13 13 39 45 -6 EDVEE
48 38 13 9 16 45 49 -4 DEVVD
46 38 12 10 16 38 46 -8 VVEEV
43 38 13 4 21 31 45 -14 VVDDE
39 38 10 9 19 36 41 -5 EDEDE
36 38 7 15 16 27 46 -19 DDDDD
32 38 8 8 22 24 58 -34 DVDDD
32 38 7 11 20 31 52 -21 VDDVE
20 38 3 11 24 18 62 -44 DDEDE
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota