11/3/2014 11:36

A Copa real se aproxima: quase 800 dias depois, Corinthians ainda não tem "namigh rights" prometido.

Blog do Perrone, no portal Uol, revela que "Para dirigentes corintianos, ficou mais difícil ainda pagar estádio"
Com a aproximação da Copa do Mundo, o mundo maravilhoso da Fifa começa a desaparecer e a relidade assusta.

A Folha de S. Paulo mostra — que metade dos hotéis reservados pela Fifa foram desbloqueados pela entidade. Ou seja, a taxa de ocupação prevista não será alcançada e o faturamento imaginado para a rede hoteleira ficará abaixo das otimistas projeções dos últimos anos.



Página da Folha de S. Paulo com a sabatina do jornal com o ex-presidente Sanchez

E o Corinthians, que se endividou para erguer o estádio, agora terá uma enorme conta a pagar. O que parecia simples na prática se apresenta complexo. Há mais de dois anos os "naming rights" da "Arena" corintiana eram anunciados como algo próximo de ser comercializado. Mas até hoje não aconteceu.

A prova disso está registrada pelos jornais. Em sabatina promovida pela Folha em 6 de fevereiro de 2012, o então presidente licenciado, Andrés Sanchez, disse: "Estamos negociando com sete empresas. Depois que o próximo presidente assumir, divulgamos em, no máximo, 30 ou 40 dias." Já se passaram quase 800 dias sem que o negócio tenha sido fechado.


No destaque, a frase do então presidente licenciado do Corinthians: naming ritgths era esperado para breve



Leia também: Carille não revela escalação em último treino aberto do Corinthians antes da final

Leia também: Direto do CT: treino técnico na manhã de sexta-feira

Leia também: Capitão na final, Cássio reclama de excesso de críticas ao Corinthians

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias