10/3/2014 08:04

Muricy quer Corinthians fora, mas promete seu melhor contra Ituano.

Treinador são-paulino jura que vai enfrentar adversário com força máxima no próximo domingo, no Morumbi

Derrotado no clássico de domingo, o Corinthians continua sem depender apenas de si para se classificar.

Mais do que isso: agora vai torcer justamente para o São Paulo diante do Ituano, que tem dois pontos de vantagem na luta pela segunda vaga de seu grupo, restando duas rodadas.

Já classificado, o rival poderia prejudicá-lo, mas não cogita essa hipótese, segundo seu treinador.

"Nem penso nisso. Penso que o São Paulo, todas as vezes que entra em campo, entra para ganhar.

A gente nunca entra pensando em um terceiro. Se eu pensar diferente, tenho que ir embora, parar com o futebol e ir para outro lugar.

Não pode se pôr nada em dúvida, porque isso não existe", disse, até irritado, Muricy Ramalho.

O que Muricy não nega é que torce para o Corinthians não conquistar vaga para o mata-mata. Não pela rivalidade, mas pela força do adversário, que deu bastante trabalho neste domingo, na vitória são-paulina, no Pacaembu.

"Sim, porque é um grande time. Como eles também iriam torcer contra a gente para ficar fora. Daí a entrar em campo pensando em prejudicá-lo é outra coisa.

Estou no final da minha carreira. Se eu pensar em alguma desconfiança, eu paro. Isso não existe, nunca vi no futebol e não vai existir.

Ganha quem jogar melhor, lá dentro do campo. A gente vai entrar como sempre, com nosso melhor", prometeu.

O capitão Rogério Ceni falou pelo grupo. "Entro sempre para fazer meu melhor", disse o goleiro.

"Ganhar e perder é do jogo. Um time bem preparado pode vencer. Agora, vamos jogar para fazer o melhor. Temos responsabilidade".

O compromisso de meio de semana pela estreia na Copa do Brasil (frente ao CSA, em Maceió) pode, contudo, fazer com que a comissão técnica tire alguns jogadores de combate no domingo, diante do Ituano.

Mas ainda estará em jogo a primeira colocação do grupo A. Neste momento, o São Paulo tem seis pontos de frente para o vice-líder Penapolenense, que tem um jogo a menos.

"A gente tem que terminar em primeiro para ter vantagem", lembra Muricy, referindo-se ao fato de jogar como mandante nas quartas de final caso termine a primeira fase na liderança da chave.



Leia também :Méndez é aprovado em exames e fica livre para assinar com o Corinthians

Leia também :Corinthians vai estender contrato e dar aumento salarial a Gustagol

Leia também :Confira relação de atletas e numeração na Sul-Americana



3261 visitas - Fonte: gazetaesportiva.net

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias