11/8/2019 11:19

Jogador de futsal do Corinthians é morto a tiros durante a madrugada

Douglas Nunes da Silva, pivô do time, teria se envolvido em uma discussão enquanto bebia em uma boate e foi baleado no centro de Erechim

(Foto: Divulgação/Corinthians)



O jogador de futsal do Sport Club Corinthians Paulista Douglas Nunes da Silva, 27, foi morto a tiros em Erechim (RS), no interior do Rio Grande do Sul, na madrugada deste domingo (11/08/2019). Conforme o jornal Zero Hora, o atleta estava em um boate no centro da cidade e foi baleado após entrar em discussão com outro homem.



Ainda segundo o Zero Hora, a ocorrência foi registrada por volta das 5h30 e a delegada responsável pelo caso, Diana Zanatta, passou a manhã interrogando testemunhas. Até as 10h30 deste domingo, ninguém havia sido preso e os investigadores pediram acesso às câmeras de segurança da Avenida Sete de Setembro, onde o crime ocorreu, para continuar as diligências.

O clube paulista manifestou pesar em suas redes sociais (veja abaixo) e desejou “força aos familiares e amigos nesse momento tão difícil”. Natural de São Caetano do Sul (SP), Douglas, que fazia a função de pivô do time e vestia a camisa 9, estava no Corinthians desde 2017.





Segunda tragédia

Em julho deste ano, outro atleta do Corinthians, desta vez das categorias de base do futebol de campo, foi assassinado a tiros. Leandro Augusto Santos Soares, 18, foi executado em praça pública em Valparaíso (GO), na Região Metropolitana do Distrito Federal. Os disparos teriam sido efetuados por um policial militar goiano.

O pai da vítima, o empresário Leandro Soares Andrade, disse que o filho foi baleado logo após pegar uma arma de brinquedo com um amigo, a qual, segundo ele, seria entregue para outro colega, que também estava na praça. “Ele colocou o simulacro na cintura e atravessou a rua junto com a namorada. Assim que subiu na calçada, o policial deu o primeiro disparo nas costas dele”, relatou Andrade ao G1 Goiás.



O empresário frisou que a namorada do filho, uma jovem de 17 anos, tentou intervir. “Ela começou a gritar desesperada, dizendo que era arma de brinquedo e pediu para parar. Meu filho jogou a arma para trás e aí o policial deu um terceiro tiro na cabeça dele”, acusou o pai.




Corinthians, luto, futsal, Douglas Nunes Silva



VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você


LEIA TAMBÉM: Após triunfo contra o Botafogo, Fábio Carille faz análise da partida e do momento da equipe

LEIA TAMBÉM: Gil elogia elenco do Corinthians, mas ressalta: "difícil comparar com 2015"

LEIA TAMBÉM: [ENQUETE] Carlos Augusto ou Avelar: Quem é o seu lateral titular?

8772 visitas - Fonte: metropoles.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

davi DAVI     

infelizmente vêm acontecendo essas tragédias deveria colocar detectores de metais nesses locais ajudariam bastante meu pêsames para a família desse jovem

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias