19/6/2019 18:32

Corinthians nega que tenha ligação com Recuperação Judicial da Odebrecht

O Corinthians voltou a ser alvo de polêmicas envolvendo a construção da Arena. Dessa vez, o episódio é o pedido de Recuperação Judicial apresentado pela Odebrecht na última segunda-feira. Isso porque o Corinthians ainda possui dívidas junto à empreiteira contraídas na construção do estádio, que é o ativo mais valioso da empresa que vive hoje uma situação de apuros.



LEIA TAMBÉM: Filho de lenda do hóquei treina nas categorias de base do futsal do Timão

Para construir a Arena, o Odebrecht pegou um empréstimo do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) no valor de mais de um bilhão de reais. Apesar do financiamento público, o estádio é de propriedade do Corinthians, que tem pagado parcelas mensais à construtora.

Mesmo direcionando toda a receita da bilheteria dos jogos para o pagamento da dívida, o Timão não consegue transferir um valor suficiente para cobrir os débitos que a Odebrecht tem com os bancos que financiaram a construção do estádio.

O clube posicionou-se em nota oficial nesta quarta-feira garantindo que não tem relação com o restante das dívidas que levaram a empresa a pedir Recuperação Judicial, ressaltando que seu único compromisso é com o pagamento do financiamento contraído junto ao BNDES.

Confira a nota do clube na íntegra:

“Devido aos inúmeros questionamentos que estamos recebendo em razão do pedido de Recuperação Judicial apresentado por empresas do Grupo Odebrecht, esclarecemos que o Sport Club Corinthians Paulista não tem qualquer relação com o mesmo. A responsabilidade do Clube se restringe ao financiamento contraído junto ao BNDES para a construção da Arena Corinthians, repassado por intermédio da Caixa Econômica Federal, não se estendendo a outras dívidas que tenham sido assumidas por empresas do Grupo perante referida instituição financeira”.



Corinthians, Odebrecht, Nota



LEIA TAMBÉM: Tiago Nunes tem a missão de reavaliar "renegados" de Carille, em 2020

LEIA TAMBÉM: [ENQUETE] Fora dos planos do Cruzeiro para 2020, o Corinthians deveria comprar o zagueiro Manoel em definitivo?

LEIA TAMBÉM: Zé Elias debate sobre Thiago Neves no Timão: "Não serve para o Corinthians"



2103 visitas - Fonte: Gazeta Esportiva

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Flavio Saraiva     

O Corinthians vai pagar ou melhor está pagando muito caro, pôr ter um PRESIDENTE irresponsável...se tivéssemos pessoas com capacidade, o Corinthians pagaria...infelizmente a arena é uma caixa preta...só sabemos de uma coisa...do débito...esse tem dono..e o corintiano...!!!

O Corinthians tem que pagar só a caixa e já era porque a Odebrecht sujou o nome do Corinthians e deixou de fazer algumas obras

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Dom - 18:00 - Nilton Santos - GloboePremiere
Botafogo
Corinthians

Último jogo - Campeonato Brasileirão

Dom - 18:00 - Arena Corinthians
Corinthians
0 0
Internacional
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Palmeiras
3 Santos
4 Grêmio
5 Atletico Paranaense
6 São Paulo
7 Internacional
8 Corinthians
9 Bahia
10 Vasco DA Gama
11 Fortaleza EC
12 Goiás
13 Atletico-MG
14 Botafogo
15 Ceará
16 Fluminense
17 Cruzeiro
18 CSA
19 Chapecoense-sc
20 Avai
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
81 34 25 6 3 73 30 43 VVVEV
68 33 19 11 3 52 25 27 VVVEE
65 33 19 8 6 49 29 20 VVVVE
56 33 16 8 9 55 33 22 VVVVD
53 33 15 8 10 46 31 15 EVEVV
53 33 14 11 8 33 24 9 DVDDE
50 33 14 8 11 37 32 5 EDDVE
50 33 12 14 7 36 29 7 DDVEE
44 33 11 11 11 36 34 2 DEEDE
43 33 11 10 12 35 41 -6 DEDVE
42 33 12 6 15 42 44 -2 VEDVV
42 32 12 6 14 34 50 -16 DEVDD
41 33 11 8 14 39 44 -5 DEVEE
36 33 11 3 19 28 41 -13 DDDVD
36 33 10 6 17 32 33 -1 VDVDD
35 33 9 8 16 33 44 -11 DEVDE
35 32 7 14 11 26 36 -10 EVEEE
29 33 7 8 18 21 50 -29 VDDDD
25 33 5 10 18 26 48 -22 VDEDV
17 32 3 8 21 16 51 -35 DDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota