25/4/2019 15:20

Em 1990, Neto brilhou e Corinthians conquistou o primeiro Brasileirão

A temporada de 1990 está marcada na história do Sport Club Corinthians Paulista. Naquele ano, o Timão conquistou o seu primeiro título do Campeonato Brasileiro. Depois de uma primeira fase instável, que teve até troca de treinador, o Alvinegro cresceu na reta final e levantou o caneco após bater o São Paulo na grande decisão.

Comandado pelo técnico Zé Maria, o Corinthians não teve bom início no Brasileirão. O Timão perdeu os dois primeiros jogos que disputou: 3 a 0 para o Grêmio, fora de casa, na estreia; e 1 a 0 para o Cruzeiro, no Pacaembu, na segunda rodada.

Na terceira rodada, já com Nelsinho Baptista à frente da equipe, o Corinthians começou a conquistar bons resultados. Na estreia do novo técnico, o Timão enfrentou o Vitória, em Salvador, e empatou em 0 a 0. Na sequência, pegou o Palmeiras no estádio do Morumbi e conquistou a primeira vitória na competição: 2 a 1, com gols de Neto e Wílson Mano. O camisa 10 ainda perdeu um pênalti e o placar poderia ter sido mais elástico para o Alvinegro.

A sequência inicial de Nelsinho Baptista foi animadora: o Corinthians acumulou uma série invicta de 11 jogos e começou a aparecer como um dos candidatos à conquista da competição. Antes do início do mata-mata, uma derrota por 3 a 0 para o Internacional preocupou a Fiel.

Classificado na primeira fase na quarta colocação, o adversário do Corinthians nas quartas de final foi o Atlético-MG. No primeiro jogo, no Pacaembu, Neto fez chover. A equipe visitante fez 1 a 0, mas o camisa 10 brilhou, marcou dois gols e garantiu, de virada, a vitória corinthiana. No segundo, no Mineirão, o Timão segurou o empate em 0 a 0 e garantiu a vaga.



Na semifinal, o Corinthians pegou o Bahia. O primeiro duelo foi novamente no Pacaembu. O adversário, mais uma vez, saiu na frente. O Timão não se abalou e, empurrado por 40 mil torcedores, buscou a virada com gols de Paulo Rodrigues (contra) e Neto. Na volta, o capítulo das quartas de final se repetiu: o Alvinegro segurou o 0 a 0 e se classificou para a final.



No dia 13 de dezembro de 1990, com 85.463 torcedores no Morumbi, Corinthians e São Paulo fizeram a primeira final. O Timão foi escalado com Ronaldo, Giba, Marcelo, Guinei e Jacenir; Márcio, Wilson Mano, Tupãzinho e Neto; Fabinho e Mauro. Com um gol marcado por Wilson Mano, logo aos quatro minutos de jogo, o Alvinegro saiu na frente no confronto: 1 a 0.



Três dias depois, em 16 de dezembro, Corinthians e São Paulo voltaram a se enfrentar pela segunda – e decisiva – partida. Mais de 100 mil torcedores compareceram ao estádio do Morumbi. A escalação foi a mesma do duelo inicial e o placar, para delírio da Fiel, se repetiu: 1 a 0, com gol de Tupãzinho aos nove minutos do segundo tempo.



Números gerais da campanha

Durante o Campeonato Brasileiro de 1990, o Corinthians disputou 25 partidas e somou 12 vitórias, oito empates, cinco derrotas, 23 gols marcados e 20 sofridos. Neto, que balançou as redes adversárias em nove oportunidades, foi o artilheiro corinthiano na competição – ficou dois gols atrás de Charles, maior goleador do torneio.

Corinthians, Neto, Brasileirão



VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Farelos Jurídicos preparou para você


LEIA TAMBÉM:Mauro Boselli é testado como titular no treino do Corinthians

LEIA TAMBÉM:DEIXE SUA MENSAGEM DE BOAS VINDAS! Gil é o novo reforço do Timão!

LEIA TAMBÉM: Lucca é aguardado em Salvador para assinar com o Bahia

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>

1185 visitas - Fonte: Site Oficial

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Que saudade de bons batedores de faltas!!!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias