14/4/2019 09:52

Herói no Timão e ídolo tricolor, Jorge Wagner lembra final 'inesquecível'

Autor de dois gols na última final entre os dois clubes no Paulistão, ex-jogador fala sobre o carinho que tem pelos rivais paulistas. Ele foi bicampeão brasileiro no São Paulo

Jorge Wagner foi o principal jogador da última final de Campeonato Paulista entre Corinthians e São Paulo. Ele marcou dois gols na vitória por 3 a 2 que deu ao Timão o título de 2003, quatro anos antes de iniciar uma trajetória brilhante no Tricolor.



A final que os dois rivais começarão a disputar às 16h deste domingo, no mesmo Morumbi de 16 anos atrás, obviamente faz o agora ex-atleta, aposentado desde 2017, relembrar daquele dia que ele classifica como inesquecível.



- Foi uma emoção muito grande marcar dois gols em uma final de campeonato. Disputei várias finais ao longo da minha carreira, mas nunca fiz dois gols. Por isso foi um momento único e marcante da minha vida. Tive uma passagem muito rápida no Corinthians, porém intensa. Tudo que acontece no clube tem uma proporção muito grande. Fico feliz pelo reconhecimento e respeito que o torcedor tem por mim. O título paulista de 2003 é inesquecível - disse Jorge, hoje com 40 anos.

O Corinthians havia vencido o primeiro jogo por 3 a 2, também no Morumbi, e precisava de um empate para ser campeão. Se o São Paulo vencesse por um gol de diferença, o título seria decidido nos tribunais, já que o regulamento da época não era claro sobre a vantagem de dois resultados iguais.

- Lembro que nos dias que antecederam o jogo foram feitos vários comentários sobre o regulamento, mando de campo... Graças a Deus deu tudo certo e nós conquistamos o título. Lembro de muita coisa. Muita rivalidade dentro e fora de campo, o Morumbi estava lotado... Tínhamos um grande time, mas falar de favoritismo em um clássico, uma final de Campeonato Paulista, não seria o ideal - recorda Jorge Wagner.

O Corinthians, comandado por Geninho, abriu o placar com Liedson aos 20 minutos e ampliou com Jorge Wagner nos acréscimos do primeiro tempo. Aos 16 minutos da etapa final, Luis Fabiano e Fabiano já haviam empatado a partida para o São Paulo de Oswaldo de Oliveira. Jorge Wagner, que jogava como meia naquela equipe e vestia a camisa 9, fez o gol da vitória ao alvinegra aos 43 minutos do segundo tempo.

Após apenas seis meses no Corinthians, com 28 jogos e cinco gols, ele foi para o Lokomotiv (RUS). Ainda passou por Internacional e Bétis (ESP) antes de chegar ao São Paulo, clube que mais marcou sua carreira e pelo qual, apesar de não dizer, ele provavelmente estará torcendo nesta tarde.

- O São Paulo foi o clube em que mais atuei profissionalmente. Foi o clube onde conquistei dois títulos brasileiros e isso representou muito na minha carreira. Tenho muitos amigos no clube e mantenho essas amizades até hoje. Acompanhei os últimos jogos. Acho que as duas equipes chegam em igualdade de condições para a final - diz ele, que disputou 191 jogos com a camisa tricolor entre 2007 e 2010 e anotou 17 gols.



Corinthians, Timão, Campeonato Paulista, final, Jorge Wagner



VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos do Corinthians da temporada


LEIA TAMBÉM: Diretor do Corinthians tem cautela sobre acerto com o zagueiro Gil

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Quais foram os erros do técnico Fábio Carille na derrota de ontem?

LEIA TAMBÉM: Folga, treinos e amistosos: veja como o Corinthians vai se preparar na pausa para Copa América

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>

468 visitas - Fonte: Lance!

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias