13/4/2019 20:40

Último Majestoso eliminatório teve polêmica de Carille e classificação Alvinegra

Neste domingo, às 16h (de Brasília), São Paulo e Corinthians entram em campo para a primeira de duas partidas pela decisão do Campeonato Paulista. E na última vez em que houve um Majestoso eliminatório, há pouco mais de um ano, justamente na competição estadual, o duelo foi marcado de polêmica, principalmente à beira do campo. Dentro das quatro linhas, o Alvinegro levou a melhor.



LEIA TAMBÉM: Carille tenta fazer história, Cuca busca primeira taça no Paulista

Na última edição do Paulistão, Tricolor e Timão mediram forças pela semifinal do torneio. Em cenário semelhante ao atual, com o primeiro jogo na casa Tricolor e a definição na Arena de Itaquera, o São Paulo venceu a partida de ida por 1 a 0, com gol marcado. No segundo jogo, o time comandado por Diego Aguirre sustentou a vantagem até o último minuto, quando Rodriguinho marcou de cabeça. Nos pênaltis, os comandados de Carille saíram classificados.

E foram justamente os treinadores que causaram a principal polêmica do confronto, iniciada ainda no duelo na casa Tricolor antes mesmo do apito inicial. Recém-chegado ao São Paulo, Diego Aguirre saiu do vestiário rumo ao seu banco de reservas, passando direto por Carille. Após a partida, o comandante Alvinegro se mostrou incomodado com a situação e revelou ter dado uma bronca ao fim do jogo.

“Dei uma dura nele, sim. Ele passou na minha frente e não me cumprimentou. Isso me deixou muito chateado”, reclamou o comandante corintiano na época. “Sempre protejo a qualidade dos profissionais, sejam de onde forem, e falo que as portas do Brasil estão abertas para todos. E ele teve cara de pau de falar que não me conhecia”, completou.

Do outro lado, o são-paulino evitou polemizar e se limitou a dizer que não prestou atenção e não notou a presença de Carille por estar focado nos aspectos do jogo. “Foi uma coisa normal. Eu estava focado no jogo, pensando em coisas do jogo. Não estava nem olhando para ele. É verdade que não o reconheci, até porque não estava pensando nisso”, respondeu Aguirre em sua entrevista coletiva no Morumbi, depois da primeira partida.



Agora, para o duelo deste domingo, o treinador do Corinthians chega em meio a uma nova polêmica, dessa vez com a imprensa. Isso porque Carille revelou ter ficado sabendo da presença de um suposto “espião”, que teria passado informações quanto a bola parada do Alvinegro. O caso ganhou os bastidores e levou até a uma discussão entre o comandante e um repórter após a semifinal contra o Santos.

Dono da melhor campanha entre os finalistas, o Corinthians poderá decidir a final do Campeonato Paulista. A primeira partida, no Estádio do Morumbi, deve contar com casa cheia. O segundo jogo está marcado para o dia 21 de abril, na Arena de Itaquera, local onde o São Paulo jamais venceu.

Corinthians, Majestoso, Final, Paulistão



Leia também: Carille não revela escalação em último treino aberto do Corinthians antes da final

Leia também: Direto do CT: treino técnico na manhã de sexta-feira

Leia também: Capitão na final, Cássio reclama de excesso de críticas ao Corinthians

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Jova Santana     

Nice

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias