20/3/2019 11:04

Gigante histórico: Cássio completa 400 jogos pelo Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Com mais de sete anos de Corinthians, Cássio está prestes a alcançar mais uma marca histórica no clube do Parque São Jorge. Se entrar em campo contra o Ituano, pela 12ª rodada da fase de grupos do Paulistão 2019, nesta quarta-feira (20) em Itu-SP, o goleiro fará o 400º jogo pelo Timão.

Contratado no fim de 2011, Cássio se juntou ao elenco alvinegro em 2012, para ser opção no gol junto com Júlio César – que era titular na época – e Danilo Fernandes. Em um jogo com uma equipe alternativa no Paulistão daquele ano, o arqueiro teve a oportunidade de estrear na vitória sobre o XV de Piracicaba por 1 a 0 no Pacaembu, no dia 28 de março.



Depois daquela noite de quarta-feira, Cássio teve de esperar pouco mais de um mês para receber outra chance. Mas a partir da segunda oportunidade, o goleiro nascido em Veranópolis-RS tomaria conta das traves alvinegras.

Era uma prova de fogo. Tite, então técnico do Corinthians, deu a titularidade a Cássio na partida de ida das oitavas de final da Libertadores de 2012, contra o Emelec, em Guayaquil, no Equador. O arqueiro confirmou as expectativas do treinador fechando o gol naquela partida, ajudando o Timão a sair de campo com o empate em 0 a 0. Era o começo de uma longe história.

Desde então, Cássio se tornou um ídolo da Fiel pelas grandes defesas no gol corinthiano. Ninguém mais se esquece da intervenção no chute de Diego Souza que manteve a equipe alvinegra viva na partida de volta contra o Vasco pelas quartas de final da Libertadores 2012, no Pacaembu.

Libertadores que o goleiro ajudou a trazer pela primeira vez ao Parque São Jorge sete anos atrás, de forma invicta. Mas não foi a única taça conquistada na trajetória dele. São oito títulos no total. Tiveram o Bi do Mundial de Clubes da FIFA também em 2012 – igualmente com uma defesa sensacional em chute de Moses e vencedor da Bola de Ouro como melhor jogador da competição –, uma Recopa Sul-Americana (2013), dois Brasileiros (2015 e 2017) e três Paulistas (2013, 2017 e 2018).

Como capitão da equipe, Cássio levantou os últimos três troféus conquistados pelo Corinthians: o Hepta do Brasileirão os estaduais de número 28 e 29 da história do clube. Uma justa homenagem a quem tem muito tempo de casa e uma histórica rica de vitórias no Timão.

Como jogador do Corinthians, Cássio ainda foi convocado para a disputa da Copa do Mundo FIFA Rússia 2018. O goleiro não entrou em campo durante o Mundial, mas integrou a lista de jogadores comandados pelo técnico Tite que chegou às quartas de final do torneio.



Cássio se consolidou como um grande ídolo da torcida, fascinada pelas defesas que ajudam o Corinthians a construir vitórias e títulos. Essa história deve ganhar o 400º capítulo nesta quarta-feira (20) e muitos outros pela frente.



Leia também: [ENQUETE] Você concorda que a torcida do Corinthians deveria evitar gritos homofóbicos?

Leia também: Direto do CT: preparação concluída para a grande final

Leia também: Cássio x Volpi: o duelo particular dos goleiros na final do Paulista

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Parabens ao Cassio.por tudo que tem feito pelo Corinthians.mais uma vez eu faço um pedido para que ele saia mais nas bolas cruzadas na area.o rrsto e completo.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias