20/2/2019 12:27

Jô pede atenção do Corinthians ao Avenida e relembra do Brusque

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Após avançar para a segunda fase da Copa do Brasil com um empate suado diante do Ferroviário, o Corinthians recebe o Avenida, às 21h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira, querendo evitar mais um sufoco.



Em 2017, também na segunda fase da Copa do Brasil, o Timão só conseguiu passar pelo Brusque nos pênaltis, após um empate sem gols no tempo normal. ídolo da Fiel, Jô esteve em campo na oportunidade, e em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, ressaltou a necessidade de foco para o jogo desta noite, a fim de que uma situação parecida não ocorra.

“É um jogo de cautela, é um jogo de cuidado. Todo cuidado é pouco, porque esses jogos te surpreendem. Então o Carille vai ter que dar uma injeção de ânimo para o pessoal porque é um jogo complicado. Assim como foi em 2017 contra o Brusque, que por pouco a gente não sai fora…Graças a deus daquela vez deu tudo certo, mas acho que o principal é a motivação, é o psicológico. Tem que estar bem, como se fosse uma final. Tem que tirar motivação lá de dentro mesmo. Mas tenho certeza que o Fabio está fazendo isso muito bem, e os jogadores que estão ali são muito experientes, sabem da importância do jogo”, disse.

O atacante, que hoje defende o Nagoya Grampus, do Japão, contou também quais foram as orientações de Fabio Carille para o time diante da situação adversa contra o Brusque, e fez questão de exaltar o trabalho do treinador.



“Ele sempre fala em manter o nível de concentração alto, pois é um jogo de detalhe. O campo estava ruim, tinha que ter atenção nos passes e muita atenção na bola parada, que sempre acaba decidindo jogo. Disse também pra gente ter calma, pois ainda tinha os pênaltis. Falou pra gente não se desesperar e não acabar tomando o gol. O Fabio sabe trabalhar esse aspecto psicológico, ele deixa o jogador bem calmo, bem tranquilo para fazer bem feito aquilo que precisa ser executado…Ele já deve estar trabalhando isso desde depois do clássico. Pelo o que eu conheço do Fabio, ele está trabalhando essa parte psicológica”, completou



Leia também: Gigante histórico: Cássio completa 400 jogos pelo Corinthians

Leia também: Corinthians avalia Martinelli como caro, e foca atenções para Boselli

Leia também: Timão tem melhor média de público em primeiras fases do Paulistão na Arena Corinthians

Leia também: [ENQUETE] Michel tem condições de disputar a titularidade com Fagner?



3930 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Fabio Pescinelli     

Essa zaga do corinthians tem que mandar embora,principalmente esse henrique

Toninho Santos     

Que vergonha este time e da quinta divissao si for eliminada tem quebrar tudo no pau bando de sem vergonha timinho saudade onde jogava homems de verdade

Carlos Parafuso     

Estamos na nossa casa... Tem que ir pra cima no primeiro tempo... Faz 3 e administra o segundo tempo... Pára daquele futebolzinho de 1 a 0 e retranca... Esse papinho de ficar trocando bola no meio de campo já está manjado...

Lindalva Santos     

E isso ai vamos focar galera. Vocs tem time pra ganhar vai gusta gol

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias