19/1/2019 08:21

Sem aumentar folha salarial, Corinthians altera política de contratações

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians

Se em 2018 a estratégia do Corinthians foi apostar em jovens e jogadores mais baratos, neste ano o clube adota outra política. Até agora, o Timão já contratou oito reforços e só um deles tem menos de 24 anos: o atacante Gustavo Silva, ex-Coritiba.



A prioridade tem sido pagar menos pelos direitos dos jogadores e mais em salários e bonificações. Foi assim, por exemplo, que o Corinthians contratou Boselli e Ramiro.

Isso não quer dizer, porém, que o Timão tenha aumentado a sua folha salarial. O clube conseguiu manter o gasto mensal em aproximadamente R$ 11 milhões, como já era em 2018.

O Corinthians conseguiu isso com a saída de diversos jogadores que aliviaram a folha. Foi o caso, por exemplo, de Emerson Sheik e Vilson, aposentados, Danilo, que foi para o Vila Nova, Jonathas, devolvido ao Hannover, da Alemanha, entre outros.

– Vários contratos chegaram ao fim, inclusive de jogadores que estavam emprestados, mas nós pagávamos uma parte dos salários – explicou Matias Romano Ávila, diretor financeiro do Timão, em entrevista recente.

Depois de enfrentar dificuldades financeiras em 2018, o Corinthians espera uma situação mais confortável nesta temporada. O clube estima ter fechado o ano passado com déficit de R$ 18 milhões e projeta terminar 2019 no azul em R$ 650 mil.

Parte dessa confiança se deve ao fato de, após quase dois anos, o Corinthians voltar a ter um patrocínio máster. Na última quinta-feira o Banco BMG foi anunciado como parceiro, em contrato que pode render até R$ 42 milhões ao Timão.



O clube segue de olho em reforços. Atualmente, a diretoria alvinegra mantém negociações para contratar Guilherme Arana do Sevilla e tenta trocar Luan, do Atlético-MG, por Romero. Além deles, Vagner Love pode fechar com o Corinthians se conseguir rescindir com o Besiktas, da Turquia.



Leia também: Com contrato assinado, Bruno Méndez se torna 11º reforço do Timão

Leia também: Love admite que não é fácil jogar ao lado de Gustagol e Boselli

Leia também :Corinthians sofre até o fim, vira sobre o Avenida-RS e se classifica

Leia também :Carille estabelece ajuste mais urgente no Corinthians: "Parar de tomar gol"



834 visitas - Fonte: Globoesporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Sidney Campos     

Qualquer um ainda que não tenha experiência em negocio assinaria com a Caixa e negociaria em paralelo um contrato melhor com outro patrocinador. Mas os dirigentes inteligentes optaram por ficar quase dois anos sem patrocinio, perdendo 2,5 mi por mês. Aplausos...

aguinaldo morais     

Esse ano nós vamos arrebentar! O timão vai arrebentar a boca do balão, ... pra cima deles timão, vai Corinthians!

Valnir Lucas     

Chega de sofrimento. Vamos esquecer 2018 e comecar 2019 com tudo.começando com a copinha São Paulo. Vai Corinthians você representa uma nação.

Adeirton Melo     

Depois de sofrerem tanto estao aprendendo ate que emfim.bom dia nacao corintiana.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias