14/12/2018 11:09

Diretoria entrega reforços pedidos por Carille

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O planejamento do Corinthians para a temporada 2019 ganhou mais um capítulo na última quinta-feira. O clube anunciou a contratação do meia Ramiro, um dos pedidos de Fábio Carille, que deixou oficialmente o comando do Al-Wehda. Com a confirmação do reforço, o técnico alvinegro ganha opções táticas para a montagem do time.



Ramiro é capaz de exercer três funções na equipe, característica que agrada Carille. No Grêmio, o jogador de 25 anos começou a sua trajetória como volante, assim como fez no Juventude. A partir de 2016, porém, ele passou a atuar como meia aberto à direita - o atleta também já defendeu o time gremista como lateral direito.

Carille, que se despediu do Al-Wehda na última quinta-feira, desembarcará no Brasil no início da semana que vem - o voo de volta está marcado para o dia 17, segunda-feira. Em seguida, o treinador irá intensificar o planejamento para a temporada que vem. Vale lembrar que esse processo foi iniciado há 20 dias, de acordo com o presidente Andrés Sanchez.

Buscar os reforços pedidos por Carille foi, inclusive, um modo de o clube alvinegro assegurar o retorno do treinador menos de sete meses após a saída rumo à Arábia Saudita. Ainda segundo o mandatário corintiano, outros clubes brasileiros sondaram o técnico, com salários mais altos que o oferecido pelo Corinthians.

A diretoria alvinegra ainda busca pelo menos mais quatro jogadores: o meia equatoriano Sornoza, o zagueiro Leandro Castán, o atacante Luan e o lateral esquerdo Uendel - os dois últimos foram pedidos por Carille, enquanto os dois primeiros foram avalizados pelo treinador. O clube também já acertou com os atacantes Gustavo Mosquito e André Luis, o volante Richard e o lateral direito Michel Macedo.

A vinda de Sornoza ajudaria o treinador, por exemplo, na montagem do meio-campo. O atleta de 24 anos poderia ser substituto para Jadson no 4-2-3-1, mas também teria como atuar ao lado do camisa 10. Isso aconteceria no esquema 4-2-4, sem centroavante, idealizado por Carille após a saída de Jô. Foi dessa forma que o time se sagrou campeão paulista contra o Palmeiras em abril deste ano, com Rodriguinho e Jadson na mesma linha dos meias abertos.



Se Carille optar escalar um centroavante, que também é um dos alvos no clube no mercado da bola, Sornoza poderia atuar centralizado, com Jadson pelo lado direito, assim como fez na campanha dos títulos paulista e brasileiro de 2017. Naquela oportunidade, Rodriguinho jogava por dentro do meio-campo, com Jadson aberto.



VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos do Corinthians da temporada


LEIA TAMBÉM: Diretor do Corinthians tem cautela sobre acerto com o zagueiro Gil

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Quais foram os erros do técnico Fábio Carille na derrota de ontem?

LEIA TAMBÉM: Folga, treinos e amistosos: veja como o Corinthians vai se preparar na pausa para Copa América

22206 visitas - Fonte: UOL

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Paulo Moreira     

Cade o centroavante?

jose charnoski     

Parabéns é bem isso mesmo

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias