10/10/2018 16:21

Corinthians promete maior prêmio de sua história por título

Após despachar Flamengo, Timão decide Copa do Brasil com Cruzeiro (Djalma Vassão/Gazeta Press)


Um bicho nunca antes pago na história do Corinthians, no valor de R$ 26 milhões. É com esse combustível extra que os jogadores do Timão começam a decidir na noite desta quarta-feira a final da Copa do Brasil com o Cruzeiro. O Blog apurou que jogadores, comissão técnica e staff vão ficar com os R$ 26 milhões em caso de conquista do título. Presidente alvinegro, Andrés Sanchez disse que as cifras são “mais ou menos” essas.



Se derrubarem o favorito Cruzeiro, os atletas ficarão com aproximadamente 70% desse montante, ou seja, R$ 18,2 milhões, divididos de acordo com o número de partidas disputadas. Isso representa mais de R$ 1 milhão para cada um dos atletas que tiverem atuado nos oito jogos – até aqui, Cássio, Henrique, Gabriel, Jadson, Romero e Mateus Vital estiveram nas seis partidas.

Outros 20%, que equivalem a R$ 5,2 milhões, devem ser repartidos entre membros da comissão técnica, enquanto 10% (R$ 2,6 milhões) ficarão com funcionários do CT do Parque Ecológico e membros do staff, como seguranças.

A ousadia de Andrés em relação ao prêmio tem a ver com as cifras milionárias envolvidas na final da Copa do Brasil. Graças ao novo acordo dos direitos de transmissão do torneio, o campeão receberá R$ 50 milhões da CBF, contra R$ 20 milhões do vice.

Desta maneira, na pior das hipóteses, o Timão já assegurou R$ 31,9 milhões pela chegada à decisão – R$ 20 milhões de um eventual vice-campeonato, R$ 6,5 milhões pela semifinal, R$ 3 milhões pelas quartas de final e R$ 2,4 milhões pelas oitavas de final – vale lembrar que as equipes que disputaram a Libertadores já entraram nesta fase da Copa do Brasil.

Se derrubar o Cruzeiro, o Corinthians fica com um total de R$ 61,9 milhões pela participação nos quatro mata-matas da Copa do Brasil. Assim, é possível afirmar que Andrés está disposto a repassar 42% do dinheiro, algo incomum entre os clubes brasileiros. Além de motivar o grupo, o presidente também sabe que o título da Copa do Brasil é possivelmente sua última chance de levar o Alvinegro para a Libertadores de 2019.

Hoje, o Timão é apenas o 11º colocado do Brasileirão, com 35 pontos. O Atlético-MG, sexto e último dos classificados para a Libertadores via torneio nacional, tem dez pontos a mais, com 45. Se Grêmio ou Palmeiras vencessem a Libertadores, o G6 viraria G7 e a distância alvinegra cairia consideravelmente, já que o Santos, sétimo colocado, tem 39 pontos.


7029 visitas - Fonte: Blog Jorge Nicola

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Ano passado até o início deste divulgaram que seria em torno de 65 mi à 69mi, dependendo de qual fase o clube entraria. Alguém sabe me dizer o porquê da diminuição?

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias