16/8/2018 20:15

[ENQUETE] O que vocês acham do Palmeiras continuar pedindo julgamento da final do Paulistão?

O Palmeiras está recorrendo de novo para impugnar a final do Campeonato Paulista, perdida para o Corinthians em 8 de abril, a história teve novo capítulo nesta quinta-feira (16), no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), no Rio de Janeiro. Ao contrário do TJD paulista, o órgão nacional entendeu que o clube cumpriu os prazos previstos para fazer o pedido e, portanto, deveria julgar o mérito do caso – se houve ou não interferência externa no jogo. Mas não tomou uma decisão definitiva. Três auditores pediram mais prazo para analisar a situação, e o caso terá novo julgamento.


No julgamento, o STJD entendeu que era aceitável julgar o mérito do pedido de impugnação, contrariando o entendimento anterior do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP). O órgão paulista, após abrir inquérito para investigar o caso e determinar seu arquivamento, negou um requerimento posterior do Palmeiras pedindo a impugnação, alegando que o clube havia perdido o prazo legal para entrar com a ação.

As próximas sessões do Pleno do STJD serão itinerantes: dia 31 de agosto, em Curitiba, e em 12 de setembro, em Manaus. Uma nova sessão para resolver o impasse paulista só ocorrerá depois disso.

Relembre o caso

Para tentar provar interferência externa na anulação da marcação de um pênalti de Ralf em Dudu, no segundo tempo do jogo de volta da final – vencido no tempo normal por 1 a 0 e também nos pênaltis pelos corintianos –, a diretoria do Palmeiras contratou uma empresa de investigação. Depois disso, o clube protocolou no TJD um documento de cerca de 100 páginas com o pedido de impugnação da partida.

O Palmeiras questiona a atuação de Dionísio Roberto Domingos, diretor de arbitragem da Federação Paulista de Futebol, e de Márcio Verri Brandão, membro da equipe de arbitragem da entidade paulista, dentro de campo da arena alviverde no momento da marcação da penalidade. Após confusão que parou o jogo por cerca de oito minutos, o árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza voltou atrás na decisão e optou pela marcação de escanteio.



9996 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Eles tem que aprender que petdedores; perdem!

Ridiculo, coisa de time de pequeno e com pessoas incopetentes no comando !!

É uma pouca vergonha isso que o palmeiras ta fazendo. É coisa de time que não sabe perde.

Palmeiras perde título na bola e quer ganhar de todo jeito no tribunal. Falta de humildade é osso!!!!

Justiceiro com um penalt QUÊ NÃO houve,palmerda ridículo.

FAZEMOS DESBLOQUEIO DOS CANAIS PREMIERE TELECINE HBO COMBATE E CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBÉM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA. SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO WHATSAPP 11 962751796

...fazendo o favor de lembrar a todos que sao fregueses de carteirinha com esse chororô!

Não entendo o palmeiras.Não houve penalti no lance,seja lá como for a justiça foi feita.Eles só estã

Cada ve mais aumenta a chacota.

Sabe o que o Palmeiras tem mais do que o Corinthians... Tem mais é que se fuder

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias