7/7/2018 19:51

Gabriel celebra a marca de 100 jogos pelo Corinthians, elenca principais momentos e lê carta à Fiel

Volante falou ao LANCE! sobre a marca que alcançará neste domingo, contra o Grêmio: 'Não vai cair a ficha, porque é um clube que eu ia no estádio ver jogar'

Foto: Daniel Augusto Jr

O volante Gabriel completará 100 jogos pelo Corinthians neste domingo, às 11h, no amistoso contra o Grêmio, em Itaquera. Corintiano desde criança, o jogador leu uma carta para a Fiel (veja no vídeo abaixo). Em entrevista ao LANCE!, ele comemorou a marca que será alcançada, lembrou das partidas mais marcantes até agora e projetou novas metas.


- É especial para mim, é uma marca que é um sonho desde criança. Não vai cair a ficha, porque é um clube que eu ia no estádio ver jogar, sou torcedor, e poder completar 100 jogos pelo clube que torço é realmente especial. Não tenho nem palavras para descrever a emoção que será esse momento - afirmou Gabriel.

- No primeiro dia que eu pisei aqui, esperava bater metas e chegar a marcas expressivas. Não sabia que ia ser tão rápido assim, foi um período curto. Me sinto muito feliz, agora é buscar mais - acrescentou o volante, que chegou ao Timão no início do ano passado.

Gabriel elencou seus os jogos mais especiais entre os 99 até agora. No topo da lista está a vitória que deu o título paulista deste ano, sobre o Palmeiras, no Allianz Parque. Outro Dérbi marcante para Gabriel foi o na primeira fase do Paulistão do ano passado, quando o volante foi expulso injustamente (a falta foi cometida por Maycon), mas Timão venceu por 1 a 0 e arrancou na temporada. Ele ainda lembrou do gol marcado na vitória por 3 a 2 no clássico contra o São Paulo, pelo Brasileirão do ano passado. Ao todo, ele soma quatro gols pelo Corinthians.

- O melhor jogo acho que foi contra o Palmeiras. Teve o da minha expulsão injusta, que para mim não foi o melhor, mas foi especial por tudo que aconteceu. O contra o São Paulo na nossa Arena no Brasileiro foi um dos melhores jogos que o Corinthians fez e que eu fiz no ano passado, pude fazer um gol em um clássico com a Arena lotada, isso me marcou. E o jogo do Allianz, os 2 a 0 para nós no Brasileiro. Foram jogos que marcaram - elencou Gabriel, que ainda falou sobre suas próximas metas.

- Minhas metas pessoais acabam enquadrando o coletivo, porque é ganhar título. Virar ídolo desse clube, sei que é difícil, é só o tempo que vai dizer. Estou bem tranquilo quanto a isso. Procuro dar a vida em todos os jogos e fazer meu melhor sempre. Jogando bem e mantendo uma regularidade, penso em vestir a camisa da Seleção Brasileira, que para mim é um sonho. Estou com 25 anos e acredito que tenho possibilidade, ainda mais jogando em um clube como o Corinthians - projetou o volante.

4209 visitas - Fonte: Lance

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Amo meu Corinthians

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias