22/4/2018 20:52

Há 12 anos o Corinthians não vencia por quatro gols de diferença como visitante no Brasileirão

Corinthians venceu o Paraná na manhã de hoje

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians goleou o Paraná Clube por 4 a 0 na manhã deste domingo, em confronto válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Uma diferença de gols que chamou atenção em meio à tradição de resultados mais justos. E que não acontecia há mais de uma década.


A última vez que o Timão goleou por quatro gols de diferença como visitante na competição nacional foi há quase 12 anos. Mais precisamente no dia 1º de novembro de 2006, contra o Fortaleza, no Castelão. Os gols foram marcados por Renato, Roger, César e Wilson.

Detalhe fica por conta da presença de Fagner naquele jogo. O jovem lateral-direito, então com 17 anos, fazia naquela noite de quarta-feira sua estreia na equipe profissional do Corinthians. Neste domingo, Fagner esteve novamente em campo, em Curitiba, aos 28 anos.

Após aquela goleada contra o Fortaleza, o Corinthians voltou a fazer quatro ou mais gols como visitante no Campeonato Brasileiro apenas quatro vezes. Em todas, porém, levou ao menos um gol e a diferença foi menor do que essa dos quatro gols na capital parananense.

Foram eles: Sport 1x4 Corinthians (BR-14), Atlético-PR 1x4 (BR-15), Santa Cruz 2x4 Corinthians (BR-16) e Vasco 2x5 Corinthians (BR-17).

Carille comemorou a postura ofensiva de todos seus jogadores em Curitiba, que ajudou a render mais uma goleada para o Corinthians na história do Brasileirão.

"Essa está sendo a nossa cobrança, de que jogar sem 9 tem de aparecer dentro da área. Sem o nove, esses caras das pontas, os meias, os volantes são importantes", lembrou.

7653 visitas - Fonte: Meu Timão

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias