18/4/2018 23:54

Resumo da partida: Independiente 0 x 1 Corinthians

Corinthians joga bem, bate o Independiente e dá passo importante por vaga

Foto: Juan Mabromata

O Corinthians teve uma boa atuação, mas gigante mesmo foi o cabeceio de Jadson, 1,68m de altura, ganhando disputa com Amorebieta, 1,91m, e conseguindo o único gol da partida contra o Independiente, na noite desta quarta-feira, no estádio Libertadores de América, em duelo válido pelo Grupo 7 da competição.


Com o resultado, o Timão chega a sete pontos conquistados na disputa, abrindo três de vantagem sobre o Millonarios, segundo colocado, e quatro sobre os argentinos e os venezuelanos do Deportivo Lara. Agora, serão dois jogos em casa e apenas um como visitante, um grande passo rumo à vaga nas oitavas.

Na próxima rodada da chave, os dois times voltam a se enfrentar, dessa vez na Arena, às 21h45 (de Brasília) do dia 2 de maio. Antes disso, porém, os comandados de Carille têm alguns jogos para resolver em cenário nacional. O primeiro deles no domingo, às 11h (de Brasília), contra o Paraná, na Vila Capanema, em Curitiba.

Jogo parelho e bem disputado

O primeiro tempo da partida pouco mostrou de semelhanças entre um duelo de argentinos contra brasileiros, normalmente carregados de rivalidade. Com um clima cordial, pouca reclamação e jogo bastante corrido, principalmente pelo critério liberal do árbitro Daniel Fedorczuk, o duelo poderia ter ido para o intervalo com ambos os times em vantagem.

A primeira boa oportunidade foi do Independiente, quando Silvio Romero recebeu a bola nas costas de Balbuena, conseguiu ludibriar o paraguaio e, antes da chegada de Henrique, bateu cruzado, com o pé esquerdo. A bola passou rente à trave de Cássio. Logo depois, Maycon chutou cruzado e Campaña fez defesa segura..

Em boa escapada de Romero, Rodriguinho achou o atacante livre desde o campo corintiano. O camisa 11 arrancou pela direita, percorreu quase 60m e, dentro da área, acabou chutando fraco. Pouco depois, em jogada trabalhada entre os mesmos atores, Clayson recebeu bom passe na área, mas errou o domínio e permitiu o corte da defesa.

Fazendo jus ao jogo corrido, o Independiente chegou bem no contragolpe do contragolpe, com Benítez cruzando, Cássio cortando e Verón, na sobra, chutando por cima do gol. No último lance da partida, Benítez tabelou bonito com Romero e chutou forte de fora da área, mas mandou ao lado do gol de Cássio.

Jadson se agiganta e auxiliar ajuda

O segundo tempo mostrou um Independiente lançando mão de Gigliotti e Meza, dois jogadores que eram titulares na conquista da Copa Sul-Americana do ano passado, mas acabaram ficando como suplentes para o técnico Ariel Holan. Carille, por sua vez, apostou nos mesmos que iniciaram a partida após um desempenho seguro na metade inicial.

O duelo caiu em relação ao ritmo intenso imposto na etapa inicial, com os dois times passando a segurar mais a bola do que puxar os ataques de forma mais vertical. Mais uma vez com boas chances em contra-ataques, o Timão pecou pelo excesso de passes. Em grande chance para os argentinos, Meza chutou livre na entrada da área, mas carimbou Balbuena.

Carille, então, viu que Clayson não desempenhava mais grande função em campo e optou pela entrada de Mateus Vital. O jovem, mais uma vez, mostrou-se decisivo. Em bom cruzamento pelo lado esquerdo, achou Jadson, menor corintiano em campo àquela altura, grande o bastante para ganhar da zaga e abrir o placar, com direito a toque na trave e na cabeça do goleiro.

Em vantagem, o Corinthians recuou demasiadamente e abdicou de puxar contragolpes, dando ao Independiente um tempo com a bola como poucas vezes havia ocorrido. Na melhor chance, Meza, em posição legal, desviou chute de Romero e marcou, mas o juiz marcou impedimento e decretou o triunfo alvinegro. Apesar do erro da arbitragem, a falta que originou esse lance, no entanto, foi questionável.

FICHA TÉCNICA

INDEPENDIENTE 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Libertadores da América, em Avellaneda (Argentina)
Data: 18 de abril de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Daniel Fedorczuk (Uruguai)
Assistentes: Carlos Pastorino e Richard Trindad (ambos do Uruguai)
Cartões amarelos: Verón, Domingo e Bustos (Independiente); Henrique e Fagner (Corinthians)
Gols:
CORINTHIANS: Jadson, aos 36 minutos do segundo tempo

INDEPENDIENTE: Campaña; Bustos, Figal, Amorebieta e Silva; Gaibor e Domingo, Verón (Fernández), Menéndez (Meza) e Benítez (Gigliotti); Romero

Técnico: Arial Holan

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf, Maycon, Romero (Júnior Dutra), Jadson (Marquinhos Gabriel), Rodriguinho e Clayson (Mateus Vital)

Técnico: Fábio Carille

1674 visitas - Fonte: Gazeta Esportiva

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias