25/2/2018 07:57

Mesmo filme? Corinthians vê vitória sobre Palmeiras como "divisor de água

Uma vitória do Corinthians sobre o Palmeiras que pode mudar os rumos de uma temporada, assim como aconteceu em duas oportunidades no ano passado. É o que acredita o elenco do time alvinegro após o triunfo por 2 a 0, neste sábado (24), em Itaquera. Os jogadores corintianos exaltaram o resultado e disseram que o resultado ajudará novamente o time.

A vitória corintiana neste sábado foi conquistada depois de a equipe do técnico Fábio Carille ficar três jogos sem vencer. O Palmeiras, em contrapartida, estava invicto em 2018.

O roteiro da atual temporada é similar ao do ano passado também nos quesitos contratações e expectativa. O Palmeiras novamente reforçou o time com apostas milionárias, enquanto o Corinthians foi menos agressivo no mercado.

Em Itaquera, porém, empurrado por 42 mil torcedores, os corintianos conseguiram igualar forças dentro de campo e vencer o quarto clássico contra o Palmeiras consecutivo depois de 33 anos.

"Jogar clássico sempre tem uma pressão e a gente estava muito pressionado para conseguir a vitória. Acho que saiu na hora certa. Um grande jogo para retomar a confiança", disse o meio-campista Jadson.

"Sempre é importante vencer clássicos, para nós era muito importante, porque a gente vinha de três jogos sem vitórias. Ganhando esse jogo a confiança volta, a tranquilidade volta", completou o jogador.

Em fevereiro do ano passado, o Corinthians também estava desacreditado e arrancou para o título paulista a partir de uma vitória por 1 a 0 sobre o rival em Itaquera. No fim do ano, outro triunfo no clássico quando o time vinha de uma série negativa no Brasileirão recolocou o time de Carille na rota da taça,

"Não pode duvidar do Corinthians nunca. Quando entra em campo, o Corinthians é o campeão paulista e o campeão brasileiro. É claro que vivíamos um momento conturbado na competição, mas esse clássico é um divisor de águas", afirmou o volante Gabriel.

Palmeiras sofreu com derrotas
Para o palmeirense, o filme de 2017 também passa pela cabeça após a derrota no clássico deste sábado, na Arena Corinthians. Mas as lembranças não são nada positivas.

Na sequência do revés diante do arquirrival do ano passado, o time passou a ter um rendimento abaixo do esperado e não conquistou títulos, apesar do alto investimento para montar o elenco.

Desta vez, a equipe também gastou bastante para formar o seu plantel e estava invicta. No futebol, no entanto, treinadores e jogadores preferem não focar em retrospectos e tabus. No caso do Palmeiras, a história não é diferente.

Roger Machado encara a situação de maneira positiva e acredita que a equipe possa se recuperar já na quinta-feira, quando faz a sua estreia na Copa Libertadores, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia.

"Foi a primeira derrota e em um clássico sempre tem um peso grande. Tem um impacto. As circunstâncias do que aconteceu mudam. Mas vamos seguir sabendo que foi o clássico da fase classificatória. Temos uma estreia na Libertadores no meio da semana, que a gente tire as lições e leve de forma positiva para essa competição importante. Prefiro ver o copo cheio, e não vazio", disse o treinador Roger Machado, o discurso de que lições devem ser tiradas do clássico também foi adotado pela diretoria.

"É hora de ir para casa, aprender para não fazer mais o que fez de errado", disse o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos.

4035 visitas - Fonte: UOL

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

VOCÊ QUE ESTÁ CANSADO DE TER POUCA PROGRAMAÇÃO DE TVV ASSSINATURA E NÃO CONCORDA COM OS VALORES COBRADOS
FAÇO LIBERAÇÃO E DIMINUÍMOS O VALOR DA CONTA
PARA TODO BRASIL
WHATZSAP 11 958694345

chupa cambada de chorão

todo poderoso timão chupa peppas kkkkkk
chegou em Itaquera já eraaaaaaa

chupa Palmeiras......

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias