24/2/2018 10:52

Zagueiros de Corinthians e Palmeiras fazem duelo de vira-casacas

Corinthians e Palmeiras terão as suas defesas protegidas no Derby deste sábado, em Itaquera, por dois vira-casacas. Pelo time da casa, o experiente Henrique buscará a sua primeira vitória como corintiano justamente diante do clube que o tornou conhecido no futebol paulista. Do outro lado, o ainda jovem Antônio Carlos espera mostrar valor contra o time pelo qual se profissionalizou.



Mais velho, Henrique encara o confronto com naturalidade. Questionado sobre a identificação com o Palmeiras desde a chegada ao Corinthians, o zagueiro não altera o tom de voz e a feição tranquila quando fala sobre o Derby, a saída traumática do Fluminense (sem condições de arcar com os seus salários, o clube carioca o incluiu em uma lista de dispensas) ou o mau momento coletivo. Com ele em campo, a equipe de Fábio Carille perdeu por 1 a 0 para o São Bento e empatou por 1 a 1 com o Red Bull Brasil.

“Sabíamos das dificuldades que enfrentaríamos nos últimos jogos. Agora, vamos virar a chave e acertar as coisas que deixamos de fazer”, disse Henrique, calmamente, mas ansioso para mostrar mais futebol do que pelo Palmeiras. “É o que espero. Vou me doar em campo para dar alegrias à torcida”, discursou o atleta campeão paulista de 2008 e da Copa do Brasil de 2012, ano em que acabou rebaixado, a serviço do grande rival.

Antônio Carlos, mesmo tendo atuado pouco como corintiano, também levantou um troféu vestido de alvinegro. Vindo do Fluminense para as categorias de base do Corinthians, o zagueiro formou dupla de zaga com Marquinhos (hoje, no francês Paris Saint-Germain e na Seleção Brasileira) na Copa São Paulo de 2012. E anotou de cabeça os dois gols do seu time naquela decisão do torneio sub-20, exatamente contra o Flu, no Pacaembu.

Como profissional do Corinthians, porém, Antônio Carlos só enfrentou Grêmio Osasco, Guarani, Comercial, Fluminense, Grêmio e Ponte Preta. Acabou emprestado a Oeste e Avaí e rodou ainda por Flamengo e Ponte até chegar ao Palmeiras no ano passado, por empréstimo. A permanência no clube paulistano esteve ameaçada em 2018, após ser pouco aproveitado em 2017, mas o defensor conquistou a confiança do técnico Roger. No Derby, estará novamente à prova.

“É um clássico, um dos mais falados no Brasil. Não tem como não se envolver. Só que estamos acostumados com isso. É claro que, para mim, existe a diferença de ter jogado lá, mas não muda nada. Tenho respeito e agradeço sempre por tudo o que fizeram por mim. Agora, sou Palmeiras e vou fazer tudo para vencermos”, bradou Antônio Carlos.

891 visitas - Fonte: Gazeta Esportiva

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias