16/2/2018 10:30

Em recuperação no Corinthians, Lima vê falta de camisas 9 e diz: "Ainda tenho gás"

Sem jogar há mais de um ano, atacante afirma que seria interessante ficar no Timão

Foto: Reprodução

Desde o fim do ano passado, o centroavante Lima, de 34 anos, utiliza o CT Joaquim Grava, do Corinthians, para se recuperar de uma cirurgia no joelho direito. A presença dele na casa do Timão gerou especulações e pedidos de torcedores alvinegros nas redes sociais para que o jogador fosse contratado.



Até o momento, porém, Lima garante não ter falado com nenhum dirigente do clube, mas não esconde que vê com bons olhos uma eventual permanência.

A situação dele não é simples. Embora o Corinthians procure um camisa 9, o centroavante não entra em campo há mais de um ano e ainda deve levar, pelo menos, mais dois meses até estar liberado para jogar.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, o jogador, que teve passagem de sucesso por Portugal, em especial pelo Benfica, revelou que esteve próximo de se aposentar, explicou como chegou ao Corinthians e falou sobre os planos para o futuro. Veja abaixo:

GloboEsporte.com: Você treina no CT Joaquim Grava desde o fim de 2017. Como chegou ao Corinthians?
Lima: – No ano passado eu parei um pouco, fiquei com a família, passei 2017 sem fazer nada. Aí o meu empresário me convenceu a passar em uma consulta com o Joaquim Grava (consultor médico do Corinthians). Ele me passou uma confiança enorme, falou que abriria as portas com o Corinthians para tratar com a equipe dele no CT.

Antes disso você já havia operado o joelho, certo?
– Sim, a primeira eu fiz em dezembro de 2015, em Dubai, quando jogava nos Emirados Árabes. Só que o processo de reabilitação não foi adequado. Voltei a jogar quatro ou cinco meses depois e aí voltou a inchar o joelho e doer. Fiz um procedimento de limpeza em Portugal no fim de 2016 e foi quando decidi voltar ao Brasil.

Você estava pensando em se aposentar?
– Eu fiquei desiludido, triste, pois foi minha primeira lesão na carreira, me afetou um pouco. Agora tudo mudou, meu foco é voltar a jogar.

Qual foi o seu problema?
– Minha lesão é de cartilagem, e a recuperação varia muito de jogador para jogador. No meu caso, como fiquei um tempo sem tratar, dei um tempo na recuperação para aproveitar mais a família em Belém, é preciso de ainda mais calma. Mas acredito que em mais dois meses eu já estarei em ordem, tranquilo para voltar a treinar. Até porque a evolução está sendo boa.

Foi o Joaquim Grava que fez você repensar a decisão de se aposentar?
– Sim. Ele me disse que já tratou casos idênticos ao meu e que poderia me ajudar nessa parte com a equipe dele que trabalha no Corinthians. Isso foi importante. Tratar numa clínica particular qualquer, com fisioterapeutas sem experiencia, é diferente. Quando ele falou que abriria as portas do Corinthians para eu me tratar lá foi preponderante. Está sendo muito bom, porque o Corinthians tem uma estrutura fantástica. Devo muito ao Joaquim, agradeço a ele.

Acha que ainda pode jogar em alto nível?
– Tenho 34 anos, estou firme, disponível para jogar.

– O único empecilho vinha sendo essa lesão chata. Agora, tratando dessa forma, já treinando o condicionamento físico, noto que ainda tenho muito gás.

Torcedores ligam a sua presença no clube a uma possível contratação no futuro. Isso pode acontecer?
– Não tem relação. Tanto que não sou só eu, o Corinthians já fez isso com outros jogadores. Sou só mais um que está sendo ajudado.

No seu Instagram há muitos torcedores do Corinthians pedindo a sua permanência.
Eu acho engraçado, fico feliz, se trata de uma massa grande. Recebi muitos comentários, mensagens no "direct" perguntando a possibilidade, falando para eu ficar... Dá uma satisfação, mas no momento não passa do tratamento mesmo. Vou evoluindo a cada semana, não tem nem como o clube fazer um vínculo comigo já nesse estágio. Nunca conversei com nenhum dirigente do Corinthians. São todos educados, me cumprimentam quando me veem, mas nunca teve conversa nenhuma.

Você já está de olho em clubes para voltar a jogar?
Meu foco é me tratar, voltar da melhor maneira e quem sabe no futuro... É óbvio que vou procurar clube, algumas pessoas da Europa me ligaram, de Portugal, mas é muito cedo. Não quero vínculo com ninguém, primeiro tenho que ficar 100%. Como tive esse histórico negativo, não quero voltar meia-boca. Entrego o futuro nas mãos de Deus.

Permanecer no Corinthians seria uma boa possibilidade?
É obvio que, como tenho feito toda a recuperação lá com os fisioterapeutas e eles sabem todo o histórico da minha lesão, seria muito cômodo para mim o acompanhamento deles. A equipe do Joaquim Grava sabe os exercícios que faço, minhas limitações, onde posso render mais... Seria interessante eu continuar com o acompanhamento deles, mas até o momento a única situação entre eu e o clube é o tratamento.

Além do Corinthians, outros clubes buscam um camisa 9 no mercado. Você vê carência de opções nessa posição?
Infelizmente, sim. Não tenho acompanhado tanto essa última safra de atacantes porque joguei muito tempo fora, mas vejo uma escassez de camisa 9, de caras que decidem.

– É impressionante em um país como o nosso ter essa dificuldade. A gente percebe que os clubes estão procurando um cara que faça gols. Eu tenho que voltar mesmo a jogar (risos).

Você acredita que ainda pode atuar por quanto tempo?
– Tenho mais dois ou três aninhos de carreira

31821 visitas - Fonte: Globoesporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

se for pra contratar veterano então traz o casagrande o viola ,pelo amor vamos contratar jogador e não master

Luis Fernando     

Não sobrou nada ninguém !! Parabéns Diretoria ?? É Agora !!!! Vamos com Lucas e SHEIK no ataque e seja que Deus quiser!!!

Dione Oliveira     

Alexandre pato e bom jogador

jose cicero     

VOCÊ QUE ESTÁ CANSADO DE TER POUCA PROGRAMAÇÃO DE TVV ASSSINATURA E NÃO CONCORDA COM OS VALORES COBRADOS
FAÇO LIBERAÇÃO E DIMINUÍMOS O VALOR DA CONTA
PARA TODO BRASIL
WHATZSAP 11 958694345

trás Alexandre Pato de novo por

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias