13/11/2017 13:39

Kazim festeja gol, agradece apoio da torcida e espera foco do Corinthians diante do Fluminense

Atacante não quer que o Alvinegro entre em campo pensando que o Brasileirão está decidido

A vitória sobre o Avaí por 1 a 0 no último sábado (11) foi importante para deixar o Corinthians próximo do título do Campeonato Brasileiro, mas para o atacante Kazim o duelo foi ainda mais especial. Substituto de Jô, o turco foi o autor do gol - o seu primeiro na competição – que deixou a equipe a um passo da taça. Com isso, o camisa 18 tirou um peso que estava em suas costas.



“Quando fiz o gol, fiquei emocionado e orgulhoso por fazer o gol na frente da torcida, com essa camisa, para ajudar o time que me dá muita confiança... quando fiz o gol, eu explodi. Não programei a bandeira, normalmente eu chuto ela, fico bravo, fico feliz, não consigo explicar, não tenho palavras. Esse momento é único. É muito decisivo para mim. Fico feliz não só pelo gol, mas por ajudar o time. Não gosto só de falar, gosto de fazer também. Não reclamei, só trabalhei e a oportunidade chegou", falou Kazim em coletiva após o treino desta segunda-feira (13).

Porém, antes mesmo de entrar em campo o atacante já estava confiante. Isso porque contou com muito apoio de seus companheiros de equipe e da torcida, que foram fundamentais para deixar Kazim confortável dentro de campo.

“Meus amigos me dão confiança, essa é a diferença. Eles falam: 'Kazim, sua hora vai chegar'. Essa é a diferença. Nos primeiros 20 minutos, eu não tenho muito ritmo, precisa aquecimento. Depois eu fiz um-dois com o Fagner e me senti bem. Torcida ficou de lado e depois é o que Deus quiser. Não penso muito em fazer gol, pensei mais nos 3 pontos. O jogo era importante", explicou o jogador.

"Sinto eles [torcedores] muito. Dentro e fora do estádio. Eles estão sempre no meu Instagram e Twitter, obrigado. Precisamos de vocês mais agora, nossa hora vai chegar, nosso objetivo vai chegar. Para mim, obrigado. Vocês ficam ao meu lado e me dão força", exaltou Kazim.

O resultado conquistado pelo Corinthians aliado ao empate entre Grêmio e Vitória deixaram o Alvinegro a um triunfo do heptacampeonato a quatro jogos para o fim do Brasileirão. Nem por isso o turco quer a equipe em clima de festa contra o Fluminense.

"Estou acostumado, jogo futebol há 15 anos. O objetivo é futebol competitivo. O Fluminense não vai deixar nada para nós, se eles quiserem podem ganhar também. Vamos continuar trabalhando. Se ganhar, pode fazer festa com torcida, com família, mas agora é focar no objetivo. Ficar em primeiro o ano inteiro é muito difícil, mas ainda não ganhamos nada, é jogo a jogo. Se ganharmos, vamos fazer festa", finalizou ele.

354 visitas - Fonte: Site Oficial

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias