23/10/2017 22:22

Corinthians sofre dois gols de escanteio e perde para o Botafogo

Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

O Corinthians mais uma vez não soube parar a boa arma do seu adversário e acumulou outro resultado adverso no Campeonato Brasileiro, nesta segunda-feira. Depois de um primeiro tempo morno, o Alvinegro paulista viu o Botafogo abrir o placar em escanteio, com Brenner. Jô ainda empatou, mas Igor Rabello, aos 31, fez o 2 a 1. No último lance da partida, Jô ainda reclamou de pênalti, mas o juiz ignorou e o placar foi definido no Nilton Santos, no Rio de Janeiro.



Com o resultado, o Timão permanece com 59 pontos conquistados, na liderança da competição, mas vê Santos e Palmeiras, ambos com 53, encurtarem a distância. Os cariocas, por sua vez, chegam aos 47 pontos, ultrapassam o Flamengo e assumem a sexta colocação.

Na próxima rodada, os comandados de Fábio Carille terão pela frente a Ponte Preta, em duelo marcado para as 17h (de Brasília) do domingo, no estádio Moisés Lucarelli. Já Jair Ventura e a sua trupe farão uma visita ao Independência, casa do Atlético-MG, rival no mesmo dia e horário.

Boas chances, zagueiros salvadores

O primeiro tempo no Nilton Santos foi bastante movimentado, principalmente em comparação com os últimos jogos do Corinthians. Apostando em Marquinhos Gabriel para ter uma opção mais ofensiva pelo lado esquerdo, Carille viu o meia criar a primeira boa chance de gol. Aos 15 minutos de bola rolando, ele pegou sobra de bola na entrada da área, cortou para o meio e acertou no travessão.

Dez minutos depois, os donos da casa, que não conseguiam finalizar com perigo, fizeram uma boa jogada para assustar Cássio. Em cobrança de escanteio, João Paulo bateu para trás, quase na linha do meio-campo. Arnaldo dominou e, em meio às reclamações da torcida, completou o lance ensaiado com belo lançamento para Victor Luís, que dominou e bateu cruzado, exigindo boa defesa de Cássio.

Pouco depois, com as defesas ainda mais ligadas, dois chutes de fora da área ameaçaram Gatito e Cássio. O primeiro com Gabriel, que arriscou da intermediária e viu o arqueiro rival espalmar para o lado. Na resposta, Marcos Vinícius recebeu na entrada da área, limpou a marcação e bateu com o pé esquerdo. Cássio, no meio do gol, defendeu em dois tempos.

O duelo só foi zerado para o intervalo, porém, por duas grandes intervenções dos zagueiros. O primeiro foi Balbuena, que viu um lançamento de João Paulo encobri-lo e chegar a Pimpão. O atacante colocou na frente e bateu cruzado, mas o paraguaio, de carrinho, fez belo desarme. Pelo lado corintiano, no último lance, Rodriguinho se livrou de dois rivais, tabelou com Marquinhos Gabriel e cruzou para Maycon. O volante dominou e chutou, mas Igor Rabello, também de carrinho, travou o lance.

Escanteio resolve para o Fogão

Na volta para o segundo tempo, o pesadelo recente do Corinthians voltou a se materializar na forma de bolas paradas. No primeiro escanteio que teve o Botafogo, logo aos sete minutos do recomeço da partida, João Paulo bateu na primeira trave, Rodrigo Pimpão desviou para trás e Brenner, livre de marcação, só complementou para a rede, em posição legal.

Quando parecia que o Alvinegro paulista se complicaria todo, o gol ao menos fez com que o time trocasse passes com calma no ataque. Em uma boa descida pela esquerda, Jô recebeu na frente de Gatito e girou para chutar, mas mandou fraco, facilitando para o goleiro. Logo na sequência, porém, o centroavante recebeu em lance parecido e chutou cruzado, rasteiro. Gatito chegou a encostar na bola, mas não evitou o gol.

O gol fez bem ao Timão, que passou a ficar mais com a bola, rodar no seu ataque e ameaçar o adversário. Em duas ocasiões, porém, Romero não conseguiu ganhar na disputa direta com os zagueiros. Quando o Botafogo parecia já sem forças para fazer gol, porém, outra vez apareceu o escanteio. Igor Rabello, pelo alto, ganhou de Rodriguinho e cabeceou no canto de Cássio, que nem se mexeu.

No desespero, Carille acionou Clayson e Kazim para tentar mudar o panorama da partida. Já dedicado apenas a se defender, os donos da casa ganharam a maioria das disputas pelo alto, menos no último lance. Após desvio de Rodriguinho, Jô dominou na área e girou sobre a marcação de Igor Rabello, que lhe deu um carrinho. O juiz, porém, nada marcou.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de outubro de 2017 (Segunda-feira)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF)
Público: 7.566 pagantes
Cartões amarelos: Pimpão, Marcos Vinícius, Rodrigo Lindoso (Botafogo); Gabriel e Jô (Corinthians)
Gols:
BOTAFOGO: Brenner, aos sete. e Igor Rabello, aos 31 minutos do segundo tempo
CORINTHIANS: Jô, aos 15 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Marcos Vinícius (Valencia); Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Brenner (Gilson)
Técnico: Jair Ventura

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Fabián Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel (Clayson), Maycon, Jadson (Romero), Rodriguinho e Marquinhos Gabriel (Kazim); Jô
Técnico: Fábio Carille

4311 visitas - Fonte: GAZETA ESPORTIVA

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Mônica Yanishi     

Qdo disputavam tb a Sulamericana jogavam melhor. Segundo turno fazem corpo mole. Motivo deve ser político internamente.

Edson Zn     

Perder pr time que leva 7.000 torcedores em casa,,, se liga né ,tao entregando o campeonato,,

Fabio Alves     

vamos ganhar ponte eganhar do palmerdas e vamos ver resultado so do sao que corintiano nao torce tem que ir serie b

Fabio Alves     

mais sou cor

o empresario desse rodrimerda deve ser maior q o clube porq o carille não tem peito pra tirar esse bosta

esse carille é um cagão não sei oq ele tem com esse bosta lixo de rodriguin não tira esse merda nunca

Osmar Pereira     

num tá jogando nada faz tempo só ficam dando desculpa desferrapada Rodriguinho e Jadson banco urgente acorda carile

Guto Araújo     

Time ruim da disgraça

Guto Araújo     

Time ruim da disgraça

Guto Araújo     

Time ruim da disgraça

Guto Araújo     

Time ruim da disgraça

Guto Araújo     

Time ruim da disgraça

bando de pipoqueiros, só falta perde o título que já estava ganho

eles vão dar esse título pro palmeiras essa cabaré de desgraça sem vergonha talvez eles estão sem receber essa diretoria só sabe roubar

juliano azali     

cadê o Corinthians do primeiro turno são os mesmos jogadores ok está acontecendo com o time !!! vamos perder o título de besteira !!!! affffff

Fabio Alves     

se peder o titulo vai ser vechame o time campeao do premeiro turno ta deste jeito acho que o salario ta atrasado so pode

Inaldo Silva     

o time não está merecendo ser campeão levar 2 gols de escanteio não deu um chute no gol nenhum escanteio no segundo tempo vai perder esse título.

_|_

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias