21/10/2017 10:48

Balbuena evita falar em renovação de contrato: 'Foco é o título'

Balbuena conversa com Guilherme Arana em treino do Corinthians

O Corinthians vive um final de ano com busca incessante pelo título do Campeonato Brasileiro, mas já pensa em como manter o seu elenco para a próxima temporada, principalmente visando à disputa da Taça Libertadores da América de 2018. Preocupado em segurar nomes como o goleiro Cássio, o lateral direito Fagner e o zagueiro Balbuena, o clube já iniciou conversas para renovações de contrato, mas não deve ter vida fácil.



“Minha vontade é tentar sair campeão agora, não posso pensar no futuro, não sei o que pode acontecer”, despistou o paraguaio, um dos poucos jogadores que tem 100% dos seus direitos ligados ao clube. Com vínculo válido até dezembro do ano que vem, ele já foi alvo de propostas do exterior e é visto como um nome que pode dar dinheiro ao clube em caso de venda.

Dessa forma, a renovação de contrato, além de assegurar o vínculo com o clube, também significaria um aumento na multa rescisória de um dos titulares mais visados da equipe. Ciente da possibilidade de ser negociado ao final da temporada, porém, Balbuena estabelece o título nacional como única meta no momento.


Nosso foco total é ser campeão, ganhar os próximos jogos, depois a gente vê o que vai acontecer. Não só eu, meus companheiros também pensam da mesma forma. Depois a gente vai ter tempo para analisar as coisas que vão acontecer no ano que vem”, observou o jogador, preocupado em manter a ponta do torneio.

Atualmente com 59 pontos, o Timão tem nove de vantagem sobre Grêmio, Palmeiras e Santos, todos com 50. Ainda que faltem apenas nove jogos para o encerramento da competição, Balbuena acredita que o clube não pode jogar pensando na diferença construída daqui para frente.

“A vantagem não é muito grande para fazer isso, não. Tem muito ponto em disputa, restam nove jogos, 27 pontos na disputa, muita coisa para ficar jogando assim. Estamos indo jogo a jogo e buscando ganhar”, anaisou, confiante na capacidade dos alvinegros.

“É uma vantagem boa, não muito grande, mas também não muito pequena também. Estamos pensando em ir jogo a jogo até o final. Não vai ser fácil, não tem jogo fácil, todo mundo vai brigar por alguma coisa, seja pelo título, seja Libertadores, seja rebaixamento. Sempre entraremos em campo com a vontade de ganhar”, concluiu.

11595 visitas - Fonte: espn

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias